s
Artigos Café Brasil
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil 736 – Coisas Sobre Você
Café Brasil 736 – Coisas Sobre Você
A Bianca Oliveira é jornalista, apresentadora de ...

Ver mais

Café Brasil 735 – Morrer de quê?
Café Brasil 735 – Morrer de quê?
Fala a verdade, quem é que não se pegou pensando sobre ...

Ver mais

Café Brasil 734 – Globalização e Globalismo
Café Brasil 734 – Globalização e Globalismo
Olha, vira e mexe a gente ouve falar em globalização e ...

Ver mais

Café Brasil 733 – Agro Resenha
Café Brasil 733 – Agro Resenha
O agronegócio, que talvez seja o mais espetacular caso ...

Ver mais

Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Nos 14 anos em que produzimos podcasts, esta talvez ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

O turismo e a economia
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O turismo e a economia A indústria do turismo passou certamente pelo maior desafio das últimas décadas, mas é forte o bastante para superar. Esteja atento às possibilidades tecnológicas e agregue ...

Ver mais

O boom no turismo regional no mundo pós-pandemia do coronavírus
Michel Torres
Estratégias para diferenciação e melhor aproveitamento da imensa demanda por hotéis e pousadas Um detalhe sobre a pandemia do coronavírus em curso é que as áreas com focos concentrados são ...

Ver mais

Boicote, Coelhinho?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O britânico Charles Cunningham entrou pra História de um jeito muito diferente. Em 1880, foi à Irlanda dirigir os negócios de um grande proprietário de terras local. Acabou entrando em desavenças ...

Ver mais

Aquém do potencial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Aquém do potencial  “A economia está sujeita a conveniências políticas que a levaram por maus caminhos. Por isso enfatizo tanto a gravidade da situação, na esperança de levar seus responsáveis ao ...

Ver mais

Cafezinho 320 – IV Sarau Café Brasil
Cafezinho 320 – IV Sarau Café Brasil
Um convite para o IV Sarau Café Brasil

Ver mais

Cafezinho 319 – A cizânia
Cafezinho 319 – A cizânia
Fique de olho nos Tullius Detritus que infestam sua vida.

Ver mais

Cafezinho 317 – Declaração de Princípios
Cafezinho 317 – Declaração de Princípios
Quando decidi que lançaria meu primeiro curso on-line, ...

Ver mais

Cafezinho 316 – Não somos estúpidos
Cafezinho 316 – Não somos estúpidos
Não, não é para mergulhar no otimismo cego, que é tão ...

Ver mais

Pelo exemplo

Pelo exemplo

Luciano Pires -

As mídias sociais entram em polvorosa com o vídeo do morador de rua apanhando do guarda municipal em São Paulo. É realmente uma das imagens mais angustiantes que vi nos últimos tempos: a desesperança de quem nada tem vendo suas “traia” sendo levadas, enquanto é agredido por uma força, sem ajuda, sem dó. Cara, que porrada…

E as mídias sociais pegam fogo com as acusações à guarda, à polícia e ao Doria.

E o que é que o Doria faz? Publica um vídeo no mesmo dia manifestando sua indignação, dizendo que pediu para o guarda agressor ser afastado, que mandou investigar.

No vídeo, Doria diz o nome do morador de rua, informa que ele está recebendo cuidados e que isso não vai se repetir.

Vai sim, prefeito. Mas esse não é ponto deste post.

Imediatamente após o vídeo do Doria, as mídias sociais fervem novamente: “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”!

Doria volta à carga com novo vídeo no dia seguinte: arrumou emprego na prefeitura para o morador de rua e para sua esposa.

E as mídias sociais enlouquecem: “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”!

O que chama atenção é a simples comparação entre as respostas de Doria e as que estamos acostumados a ouvir: a culpa é da sociedade; tem de acabar com a polícia; tem de aumentar os impostos; vamos criar um grupo de estudos; estamos mandando uma comissão para aprender na Finlândia; isso é o capitalismo etc e tal.

O Doria faz como um gestor no setor privado: reconhece a cagada, pune o culpado e tenta compensar a vítima. É assim que se faz “gestão”. Quem não está acostumado diz que ele é “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”…

É assim que se faz “gestão”: reconheça o erro + puna o culpado + compense a vítima. Repita o procedimento e conte para todo mundo. Dê o exemplo.

Dá pra fazer o que o Dória fez, com os 35.865,36 casos que acontecem todo dia em São Paulo? Não. Mas dá para criar uma cultura pelo exemplo, dá para fazer com que seus subordinados façam o mesmo. Inclusive o chefe da Guarda Municipal.

Isso é um processo de educação contínua, de mudança cultural, lento, penoso, e que exige especialmente a coerência nas atitudes do líder.

Em vez de ficar vociferando nas mídias sociais, deveríamos estar é elogiando a atitude do Dória, quem sabe assim estimulamos mais gente a fazer o mesmo.

E quando ele fizer uma cagada, a gente critica.

Na verdade, você deve ficar é preocupado com o que acontecerá se o Dória sair. Em seu lugar entra Bruno Covas, um perfeito representante da velha, ultrapassada, enferrujada e odiosa política, que provavelmente pouco ou nada terá para deixar como exemplo.

Todo líder é um professor de ética. Para o bem e para o mal.

Escolha com qual você quer aprender.