s
Portal Café Brasil
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil 741 – A cascata de disponibilidade
Café Brasil 741 – A cascata de disponibilidade
De quando em quando certos temas tomam a sociedade de ...

Ver mais

Café Brasil 740 – O tempo passou na janela
Café Brasil 740 – O tempo passou na janela
O tempo passou na janela. Você viu?

Ver mais

Café Brasil 739 – O deleite – Revisitado
Café Brasil 739 – O deleite – Revisitado
Hoje tratamos da importância de divertir-se enquanto ...

Ver mais

Café Brasil 738 – O encantador de Millennials
Café Brasil 738 – O encantador de Millennials
Todo mês, publicamos no Café Brasil Premium um ...

Ver mais

LíderCast 206 – Alessandro Loiola
LíderCast 206 – Alessandro Loiola
Médico, segunda aparição no LíderCast, por conta de seu ...

Ver mais

LíderCast 205 – Lorenzo Ridolfi
LíderCast 205 – Lorenzo Ridolfi
Um “nerd” fascinado por matemática e por big data, que ...

Ver mais

Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Nos 14 anos em que produzimos podcasts, esta talvez ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

A Dialética do Confinamento
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
O pensamento, como o próprio real, é dialético: a escolha de um caminho sempre revela mais sobre nós mesmos do que sobre a paisagem. A escuridão sempre ilumina o que está oculto na nossa alma. A ...

Ver mais

Prêmio Nobel de Economia 2020
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nobel de Economia 2020 Um prêmio em consonância com seu tempo “A teoria dos leilões é uma das construções mais coletivas da teoria econômica, tendo recebido a contribuição de grande número de ...

Ver mais

A lição de Giordano
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O médico Joseph Giordano esperava um dia tranquilo de trabalho naquele longínquo 30 de março de 1981, como cirurgião-chefe da equipe de traumatologia da Universidade George Washington, situado na ...

Ver mais

Em pauta, a verdade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Em pauta, a verdade “O mundo do século XXI remete aos navegadores que conquistaram novas terras no século XVI: eles sabiam onde estavam e tinham apenas uma pálida indicação de onde chegariam. ...

Ver mais

Cafezinho 327 – A cascata da disponibilidade
Cafezinho 327 – A cascata da disponibilidade
Como funciona uma cadeia de eventos que pode provocar ...

Ver mais

Cafezinho 326 – O atalho
Cafezinho 326 – O atalho
Enriquecer seu processo de julgamento e tomada de decisão

Ver mais

Cafezinho 325 – Os 35 MLA
Cafezinho 325 – Os 35 MLA
Demos a largada num projeto ambicioso que chamamos de ...

Ver mais

Cafezinho 324 – A regra das 48 horas
Cafezinho 324 – A regra das 48 horas
Quando chega uma notícia bombástica, eu só me pronuncio ...

Ver mais

Tião Carreiro e Pardinho

Tião Carreiro e Pardinho

Luciano Pires -

José Dias Nunes começou cantando com o nome de Zezinho em parceria com Lenço Verde. A dupla não fez muito sucesso e ele trocou o nome para Palmeira e passou a fazer dupla com Coqueirinho. Posteriormente, passou a chamar-se Zé Mineiro e formou dupla com Tietezinho.

Já Antonio Henrique de Lima iniciou fazendo dupla com Miranda e posteriormente com Zé Carreiro.

A dupla Tião Carreiro e Pardinho formou-se em 1954. A dupla se apresentou em circos e praças públicas. Venceram o torneio de violeiros patrocinado pela Rádio Tupi de São Paulo em 1956 com o cururu “Canoeiro”, de Zé Carreiro. 

A apresentação chamou a atenção de Teddy Vieira, compositor e então da Colúmbia, que os convidou para gravarem um disco. Foi Teddy Vieira quem criou os nomes da dupla, mudando o nome de Carreirinho para Pardinho e o de Tião Mineiro para Tião Carreiro.

No mesmo ano, gravaram seu primeiro disco pela Colúmbia. Era um 78 rpm com as músicas “Urutu cruzeiro” e “Resposta de bombardeio”.

Ainda em 1956, começaram a trabalhar na Rádio Tupi de São Paulo onde permaneceram por seis anos. O primeiro grande sucesso da dupla foi “Cavaleiro do Bom Jesus”, de João Alves, Nhô Silva e Teddy Vieira. Gravaram, também, “Facão do Cristiano”, de Dito Mineiro e Zé Carreiro, e “Boiadeiro feliz”, de Zé Carreiro e Pardinho.

Tião Carreiro é considerado juntamente com Lourival dos Santos o criador do pagode sertanejo, um estilo especial de tocar, dedilhando a viola de 10 cordas, assim como um jeito especial no versejar.

Em 1970, foram os principais intérpretes do filme “Sertão em festa”, de Oswaldo de Oliveira, que ficou 32 semanas em cartaz no Cine Art Palácio em São Paulo.

A dupla separou-se por seis vezes. Uma delas em 1978, iniciando o maior período de afastamento, que terminou quando a dupla se reuniu em 1982, para gravar um novo LP. Gravaram mais de 55 discos com cerca de 700 músicas. Trabalharam nas Rádios Nacional, Record e Globo.

No início dos anos 90, a dupla ainda fazia de três a quatro shows por semana nos Estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo. Em 1991, a dupla separou-se definitivamente.

Tião Carreiro faleceu em 1993, sem conseguir gravar nenhuma música de Luiz Gonzaga, conforme pretendia.

Em 1996, ele foi homenageado no CD “Tião Carreiro e seus amigos”, lançado pela Continental, em que suas músicas foram cantadas por artistas como Sérgio Reis, Zezé di Camargo e Luciano, Irmãs Galvão, Almir Sater e Chitãozinho e Xororó. 

[youtube]X2GuweLKKvE[/youtube]

[youtube]QmhmiZTcd84[/youtube]

[youtube]LBDxuJqWp10[/youtube]