Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Abaixo a polícia, viva o bandido!

Abaixo a polícia, viva o bandido!

Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas -

Não, pára. Tudo bem que nós, viventes dessa nau dos insensatos chamada Brasil, estamos com o couro grosso de tanta asneira, e achávamos que discursos de Dilma seriam o ápice da fronteira entre a insanidade e a comédia do absurdo. Mas aqui, em se plantando, tudo dá – até maluquices tão oligofrênicas que fazem do (meio esquecido, mas ainda genial) Febeapá, de Stanislaw Ponte Preta uma mera tirinha da Turma da Mônica.

O público pagante pode ficar sossegado: Pra distribuição de dinheiro do BNDES aos amigos de Lula e fabricação de besteira, o País desconhece limites. Sem dó nem piedade.

Eis que, respeitável público, um deputado estadual de Goiás, major da polícia militar, teve a brilhante ideia de desarmar a própria PM por meio de projeto de lei na Assembleia Legislativa goiana – tão estúpido quanto inconstitucional.

Não, não precisa esfregar os olhos nem lançar mão de algum remédio tarja preta. É isso mesmo que você entendeu: O nobre deputado quer desarmar a PM. E os motivos são pra rir, chorar, babar, buscar o auxílio de Deus, porque não há outra saída pra sandices dessa magnitude. A brilhante ideia não é nova, mas o sujeito insiste nela como solução para a violência ou, ao menos, para impedir a morte de bandidos. Confira: https://www.youtube.com/watch?v=pN0EDqcN6w4

O pândego sujeito, que atende pelo nome político de Major Araújo, resolveu explicar a quadratura do círculo com o seguinte raciocínio: Já que bandidos e PM trocam tiros e não dá pra desarmar os bandidos, vamos desarmar os policiais, assim ninguém morre! Olha que simples, que ideia maravilhosa! Como ninguém pensou nisso antes!? Taspariu.

Olavo de Carvalho, com a sutileza de um dinossauro com dor de dente e ressaca, deu uma resposta bem direta ao nobre deputado e demais defensores da proposta demente, bem como outros tantos entusiastas de leis que permitam armas somente para bandidos: https://www.youtube.com/watch?v=ITauLojzEUs

É de assustar: Gente que se diz “intelectual” adora tratar de assuntos extremamente complexos com simplicidade acaciana – e a solução é sempre tão simples quanto errada. Vide o lulismo. Ou seja: Essa turma adora pregar o desarmamento, mas dos cidadãos honestos. Os bandidos permanecem armados porque, afinal, é difícil convencer essas pobres vítimas da sociedade a não roubar, não matar, não estuprar, não atirar na polícia, não é verdade? Na dificuldade, eles escolhem o caminho mais fácil. Não é genial?

A lei do desarmamento em vigor no Brasil, outra das imundícies criada por Lula e sua gangue em 2003, é uma tragédia, mas uns e outros, lulistas de maior ou menor vezo, tentam piorá-la ainda mais, exatamente como fazem com as drogas: Adoram rotular a luta contra o narcotráfico de “inútil”, pregando o “liberou geral” como panaceia. Ah, vão pro meio do inferno!

O mais engraçado é que todos os que defendem ardorosamente o desarmamento dos cidadãos de bem transitam a bordo de caríssimos carros blindados, rodeados de muitos seguranças armados até os dentes. Pode isso, Arnaldo?

Países sérios, como Inglaterra e Japão, só desarmaram a população DEPOIS de desarmar a bandidagem. O resto é conversa mole. Pense diferente: Vá vestir uma farda da PM e sair por aí desarmado, no meio dos bandidos, na boca de fumo mais perigosa da região; quero ver se esse sujeito ou outro do mesmo tipo mantém esse discursinho de esquerda de boteco. O papinho de amante da paz só com flores e boas intenções acaba em 20 segundos.

Ou mandem esse brilhante sujeito, cheio de ideias fantásticas, pacificar o lindo e sofrido Rio de Janeiro, de mãos limpas.

***

Lula (que se diz pobre) tem inexplicáveis 9 milhões de reais (nove milhões!!!) bloqueados pela Justiça; Morre Marco Aurélio top-top Garcia, aquele sujeito que tripudiou dos 199 mortos no acidente aéreo da TAM em 2007 na capital paulista, comemorando o fato com o top-top obsceno. A Justiça realmente está sendo feita. A dos homens e a de Deus.

Ver Todos os artigos de Fernando Lopes