Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Moralidade e Capitalismo 5: O Humanitarismo

Moralidade e Capitalismo 5: O Humanitarismo

Alessandro Loiola -

Como mencionado anteriormente, os reformistas sociais enxergam na ganância e na ambição os traços mais detestáveis das entranhas capitalistas. Mas estas características ancestrais são inerentes à condição humana e jamais serão extintas. Qualquer sistema político e econômico terá que lidar com elas.

Os defensores do capitalismo gostam de salientar que ele é o sistema que mais atende às necessidades humanas dentro dos recursos limitados que temos: a teoria da eficiência do mercado afirma que cada transação é mutuamente benéfica (ou, caso contrário, não ocorreria), levando a proveitos recíprocos. Mas a movimentação de capital não necessariamente resulta em melhor saúde, melhor educação, melhor tecnologia ou avanço científico. Além disso, o livre comércio possui seus próprios demônios: a estagnação dos lucros, a acentuação das desigualdades, a concentração de renda e uma busca desenfreada por um sucesso baseado em recordes cada vez maiores. O balé da especulação financeira, uma das festas mais concorridas do capitalismo, não tem qualquer preocupação em ser humanitário – mas tampouco deveria ser punido de alguma forma por isso.

Uma economia eficiente, para servir realmente a uma causa humanitária, deveria ter alguma forma de regulação para direcionar a criatividade rumo à produção de benefícios reais. Sem este tipo de Consequencialismo Utilitarista, a Moralidade do sistema capitalista tem o sério risco de tornar-se apenas um teatro de hedonistas.

Leis humanitárias devem ser negativas (elas dizem o que não deve ser feito, ao invés do que pode ou deve ser feito), gerais (abstratas o suficiente para serem aplicadas em situações futuras) e permanentes (só devem ser modificadas quando conflitarem com outras leis de maior valor). Uma conduta justa, portanto, consistiria em agir de acordo com estas leis, e uma sociedade justa seria aquela que funcionasse em obediência a elas. O capitalismo acomoda bem esta noção de justiça: as instituições de propriedade privada e livre mercado, por exemplo, protegem a vida e a liberdade de todos, a despeito de seu nível social.

O debate Moral em torno do capitalismo deveria centrar-se então não em uma condenação completa e irreversível do sistema, mas em como manter um livre mercado garantindo eficiência econômica com dignidade humanitária e discussões honestas sobre as gafes do modelo.

Ver Todos os artigos de Alessandro Loiola