Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

O egoismo

O egoismo

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

“A juventude acaba quando termina o egoísmo, a velhice começa com a vida para os outros…” –  Herman Hesse

Há duas semanas fui indagado por uma leitora qual seria o pior defeito de uma pessoa, o que traz mais problemas em seu desenvolvimento pessoal, psicológico, social, profissional, espiritual. Em mais de duas décadas de experiência clínica diária pude notar que as pessoas egoístas têm enorme dificuldade para aprenderem, compartilharem sua experiência, apresentam enorme rigidez e inflexibilidade, intolerância a frustração, mergulham com facilidade em transtornos de ansiedade com intensa somatização. Se hoje temos no mundo 2 bilhões de pessoas com transtorno de ansiedade, e 350 milhões de pessoas com depressão devemos isto ao egoísmo.

Egoísmo é o auto centramento, a introversão da energia psíquica, a distorção do narcisismo, o descarte da empatia – a não percepção das necessidades do outro, o excesso de auto-importância, do personalismo, o pensar só em você próprio, a busca desenfreada de prazer. Egoísmo é viver para si próprio sem pensar nos outros. É o querer intenso e excessivo.

Em nosso pós modernismo o mercado de consumo transformou a política, a religião, a socialização em valores ficcionais em  uma gigantesca fábrica de seres hedônicos. Competir! Pensar em si próprio, o mote de toda era moderna. O vizinho é um inimigo. A era moderna tornou instável os preceitos da função da personalidade moldando de forma maleável os valores e virtudes. Na pós modernidade a instabilidade criada pela necessidade de consumo, no emprego da tecnologia acentuou o auto centramento. As experiências compartilhadas são existentes pelo auto centramento. As experiências das redes sociais evidenciam a crise do pouco contato físico na era do virtual, o descarte da presença física real dos outros. A consequência, mais egoísmo. “Estamos a construir uma sociedade de egoístas(…) … que importa é o que compras, e segundo o que compras têm mais ou menos consideração por ti”… testemunha José de Sousa Saramago.

Todo egoísta é um sofredor nato. Sofre e não aprende, buscando novas experiências, e novamente sofrer do calote ao chifre passando pelas doenças, é o ser que vive dando cabeçadas, resmungando da vida, sem uma socialização genuína. São a crise da afetividade da pós modernidade, ou seja, são amigos desprezíveis, péssimos amantes, são a carência, a frustração, solidão e isolamento, o fim programado de namoro, noivado, casamento. Tudo em nome do eu que esquece o querer do outro.

O egoísta necessita de uma psicoterapia profunda para não adoecer mais. Tratar o egoísmo é simples: auto- conhecimento, doação, caridade, compaixão, e persistência. Neste mundo no atual estágio de nossa civilização este deve ser um exercício constante, rotineiro diário para todos. É o único caminho para uma felicidade genuína, para evolução psicológica e espiritual.

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima