s
Artigos Café Brasil
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
A Declaração de Independência dos Estados Unidos foi um ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

LíderCast 325 – Arthur Igreja
LíderCast 325 – Arthur Igreja
O convidado de hoje é Arthur Igreja, autor do ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial   “O capitalismo é, essencialmente, um processo de mudança econômica (endógena). O capitalismo só pode sobreviver na ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

Cafezinho 629 – O luto político
Cafezinho 629 – O luto político
E aí? Sofrendo de luto político? Luto político é quando ...

Ver mais

O lugar da média

O lugar da média

Luciano Pires -

Em artigo recente falei da Vergonha Alheia como ferramenta para audiência, com as várias mídias apelando para mostrar indivíduos em situações de constrangimento como forma de atrair o maior número possível de ouvintes, telespectadores e leitores. E recebi comentários dizendo que “é assim mesmo”, com aquela postura conformada que é o principal mal do Brasil.

Fazendo uma experiência a respeito dessa atração pelo irrelevante, publiquei uma postagem numa das mídias que domino, o Facebook, perguntando:

– Por onde você começa a comer a coxinha? Pela parte pontuda ou pela parte grossa? Em questão de minutos a postagem pegou fogo, recebendo centenas de curtidas, comentários e compartilhamentos, uma coisa de louco.

Esta semana fiz uma postagem seríssima tratando do fim do blog do jornalista Fabio Pannunzio. Era um blog de caráter político no qual Pannunzio fazia uma série de denúncias dando nomes aos bois e demonstrando sua independência de pensamento: foi processado pela “esquerda”, pela “direita” e pelo “centro”. Tem que botar entre aspas, pois no Brasil esses conceitos são, digamos, fluidos…

O blog do Pannunzio era independente, sem patrocínios, e não estava hospedado em nenhum portal importante. Pannunzio estava só, e de uma hora para outra se viu diante de oito processos. Foi ganhando as causas, mas desmotivado com o tempo e dinheiro perdidos para se defender, preferiu calar a voz e tirou o blog do ar. Desistiu. Como muitos outros antes, foi impedido de forma indireta de praticar seu ofício. Comentei que isso é um tipo de censura não explícita que precisa ser conhecida, discutida e combatida. Botei uma foto do jornalista e fiz a postagem, cheio de esperança.

Tive 4 (quatro!) curtidas, 1 (um!) compartilhamento e 0 (nenhum!) comentários.

Tratasse do novo corte de cabelo do Ronaldo ou da bunda da Larissa Riquelme seriam centenas de curtidas, comentários e compartilhamentos.

O Facebook, como o Twitter, funcionam sob um velho dito: a mídia é o lugar da média. E “média” é irmã gêmea do “medíocre”.

Isso explica muita coisa.

Luciano Pires