s
Artigos Café Brasil
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
É improvável – embora não impossível – que os ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
O convidado de hoje é Bruno Gonçalves, um profissional ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Rubens Ricupero
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Memórias de um grande protagonista   “Sem as cartas, não seríamos capazes de imaginar o fervor com que sentíamos e pensávamos aos vinte anos. Já quase não se escrevem mais cartas de amor, ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Cafezinho 633 – O Debate
Cafezinho 633 – O Debate
A partir do primeiro debate entre Trump e Biden em ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

Pelo exemplo

Pelo exemplo

Luciano Pires -

As mídias sociais entram em polvorosa com o vídeo do morador de rua apanhando do guarda municipal em São Paulo. É realmente uma das imagens mais angustiantes que vi nos últimos tempos: a desesperança de quem nada tem vendo suas “traia” sendo levadas, enquanto é agredido por uma força, sem ajuda, sem dó. Cara, que porrada…

E as mídias sociais pegam fogo com as acusações à guarda, à polícia e ao Doria.

E o que é que o Doria faz? Publica um vídeo no mesmo dia manifestando sua indignação, dizendo que pediu para o guarda agressor ser afastado, que mandou investigar.

https://www.youtube.com/watch?v=OoF55WTBj9s

No vídeo, Doria diz o nome do morador de rua, informa que ele está recebendo cuidados e que isso não vai se repetir.

Vai sim, prefeito. Mas esse não é ponto deste post.

Imediatamente após o vídeo do Doria, as mídias sociais fervem novamente: “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”!

Doria volta à carga com novo vídeo no dia seguinte: arrumou emprego na prefeitura para o morador de rua e para sua esposa.

https://www.youtube.com/watch?v=uQ32RrnvsDk

E as mídias sociais enlouquecem: “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”!

O que chama atenção é a simples comparação entre as respostas de Doria e as que estamos acostumados a ouvir: a culpa é da sociedade; tem de acabar com a polícia; tem de aumentar os impostos; vamos criar um grupo de estudos; estamos mandando uma comissão para aprender na Finlândia; isso é o capitalismo etc e tal.

O Doria faz como um gestor no setor privado: reconhece a cagada, pune o culpado e tenta compensar a vítima. É assim que se faz “gestão”. Quem não está acostumado diz que ele é “populista”, “demagogo”, “marqueteiro”…

É assim que se faz “gestão”: reconheça o erro + puna o culpado + compense a vítima. Repita o procedimento e conte para todo mundo. Dê o exemplo.

Dá pra fazer o que o Dória fez, com os 35.865,36 casos que acontecem todo dia em São Paulo? Não. Mas dá para criar uma cultura pelo exemplo, dá para fazer com que seus subordinados façam o mesmo. Inclusive o chefe da Guarda Municipal.

Isso é um processo de educação contínua, de mudança cultural, lento, penoso, e que exige especialmente a coerência nas atitudes do líder.

Em vez de ficar vociferando nas mídias sociais, deveríamos estar é elogiando a atitude do Dória, quem sabe assim estimulamos mais gente a fazer o mesmo.

E quando ele fizer uma cagada, a gente critica.

Na verdade, você deve ficar é preocupado com o que acontecerá se o Dória sair. Em seu lugar entra Bruno Covas, um perfeito representante da velha, ultrapassada, enferrujada e odiosa política, que provavelmente pouco ou nada terá para deixar como exemplo.

Todo líder é um professor de ética. Para o bem e para o mal.

Escolha com qual você quer aprender.