s
Artigos Café Brasil
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
É improvável – embora não impossível – que os ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
O convidado de hoje é Bruno Gonçalves, um profissional ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Rubens Ricupero
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Memórias de um grande protagonista   “Sem as cartas, não seríamos capazes de imaginar o fervor com que sentíamos e pensávamos aos vinte anos. Já quase não se escrevem mais cartas de amor, ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Cafezinho 633 – O Debate
Cafezinho 633 – O Debate
A partir do primeiro debate entre Trump e Biden em ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

70:20:10

70:20:10

Luciano Pires -

Um leitor me escreve dizendo das dificuldades para escolher seus candidatos para as eleições, pois parece que todo o processo está dominado pelos postulantes à presidência. Quando fui responder, uma coincidência me fez lembrar da relação 70:20:10 que está tão em moda no ambiente empresarial. Se você não sabe o que é, é simples.

Normalmente achamos que nosso aprendizado vem prioritariamente do estudo formal, com aulas, leituras e professores, não é? Mas a partir de pesquisas realizadas no Center for Creative Leadership, entidade global voltada ao treinamento executivo, pesquisadores concluíram que os líderes bem sucedidos aprendem as lições de forma efetiva utilizando a seguinte relação: 70% do aprendizado se dá no dia a dia, com a mão na massa; 20%  se dá a partir do contato com outras pessoas e apenas 10% vem de cursos e leituras. Assim, as empresas mais antenadas estão trazendo para o dia a dia, para a responsabilidade de cada um, as oportunidades de aprendizado, com grande sucesso.

Bem, e as eleições? Vamos lá:

Hoje ao lidar com a escolha dos candidatos, até pela pressão da mídia, normalmente focamos nos cargos mais importantes e glamorosos, deixando pra lá os de menor expressão. É até natural que seja assim, pois candidatos a Vereador e Deputado Estadual, por exemplo, são pessoas que circulam por nosso dia a dia, que provavelmente conhecemos há muito e de quem pouco ou nada esperamos. Não tem graça. Votamos no Palhaço Perereco e na Maria Sapatão sem preocupação só para tirar um sarro, manifestar nosso desprezo pelo processo eleitoral, agradar um amigo ou nos livrar do voto o mais rápido possível.

Mas quem age dessa forma não considera que esses Vereadores e Deputados Estaduais são a matéria prima para os próximos Deputados Federais, Senadores, Prefeitos, Governadores e Presidentes da República. Se alimentamos o processo com matéria fecal, como reclamar do resultado depois? É da “escolinha” composta de Vereadores e Deputados que daqui a alguns anos sairá o próximo Senador, Governador ou Presidente. Qualquer processo de depuração tem que começar, portanto, pela base!

Passei então a receita para o leitor:

Inverta a fórmula que você usa hoje! Dedique 70% do seu tempo à escolha dos Vereadores, Deputados Estaduais e Federais ; 20%  aos Senadores e Governadores e nada mais que 10% ao Presidente da República. Dessa forma você terá a chance de expurgar parte dos bandidos e oportunistas ainda no ninho, ajudando a elevar o nível dos candidatos que um dia disputarão os mais altos cargos da nação. Sem contar que, agindo assim, você melhorará o nível das decisões que essas pessoas tomarão na sua comunidade.

Voltando ao aprendizado: esta será a sétima eleição pós redemocratização do Brasil. E parece que não aplicamos aquela regra de aprender 70% com a prática. Pois tá na hora de começar.

Ah, é demorado? É. Por isso tem que começar já para ver resultado dentro de 20 anos.

Dica: http://www.excelencias.org.br/quemquer/ . Aqui estão todos os candidatos, com histórico, doadores de campanha, declaração de bens, quase tudo que você precisa para aplicar seus 70:20:10.

Tá esperando o quê?