s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

A Muvuca

A Muvuca

Luciano Pires -

Depois de assistir pela televisão os últimos acontecimentos político-carnavalescos, dormi mal. E tive um sonho que quero compartilhar com você. Conforme eu for descrevendo, tente imaginar a cena…
.
No ano passado participei de passeatas contra a corrupção na Avenida Paulista. Na primeira vez, éramos cerca de 3 mil pessoas. Na segunda, talvez umas mil. E da terceira eu nem soube. Um fiasco. Ninguém parece interessado em mobilizações contra a corrupção. Em meu sonho, um grupo decidiu recorrer a quem sabe juntar gente. E surgiu a primeira Marcha GLS-Evangélica Contra a Corrupção!
Usando o poder de mobilização daquela turma, o grupo reuniu 6 milhões de pessoas na Paulista, gritando contra a corrupção!
A ala GLS reuniu-se em frente à boate “The Week” e subiu a Augusta. Eram 23 trios-elétricos tendo à frente Alexandre Frota e Marta Suplicy, com o grito de guerra:
– Relaxa! E goza!
O grupo GLS entrou na Paulista e seguiu em direção ao Parque Trianon, enquanto o grupo evangélico veio lá das bandas do Jabaquara. Eram outros tantos trios elétricos entoando hinos gospel. À frente, a coligação Edir Macedo-R.R. Soares com o grito de guerra:
– Em nome! Do Senhor!
E então os dois grupos se encontraram em frente ao Masp. Sob os olhares desconfiados dos evangélicos, a turma colorida entrou em êxtase aos primeiros acordes de “I will survive”, com Gloria Gaynor. E metade da Paulista explodiu aos gritos de:
– Bibas! Unidas! Jamais serão vencidas!
Os líderes dos dois grupos se revezavam em discursos inflamados:
– Corrupção, que nojo! – gritou Isabelita dos Patins.
– Contra a corrupção, deposite cinqüentão! – suplicou o bispo Macedo.
Seis milhões de brasileiros, brasileiras e derivados unidos contra a corrupção! Mas a coisa esquentou mesmo quando uma biba reconheceu um bofe na turma de lá.
– O quêêê? Fazendo o quê desse lado, querida?
– Pastor, que é issoooo?
– Ah, sei lá. Sai desse corpo, Satanás! Ele não te pertence!
– Ai… Pertence sim. Comprei tudinho, ó…
Um pote de purpurina é arremessado na testa do pastor quando o sistema de som anuncia a chegada do senador Eduardo Suplicy para cantar “Blow in the wind”.
– Senador, não é “Blowing”?
– É. Mas fiz uma adaptação… Marta, querida! Como vai você?
– Ah, Eduardo, por enquanto tô relaxando… E você? Tá fazendo o quê aqui?
– Sou evangélico! Sou evangélico!
E então os presentes assinaram a “Carta do Trianon”. Um documento GLS-Evangélico pedindo o fim da corrupção, a prisão dos criminosos e a limpeza ética no Senado. Com seis milhões de assinaturas, o manifesto não passaria em branco pelo Congresso. Por iniciativa do deputado Clodovil, uma caravana com representantes dos dois grupos foi para Brasília entregar o documento em mãos para o presidente do Senado.
E foi então que aconteceu…
A caravana GLS-Evangélica encontrou uma outra caravana, do MST. Bíblias, purpurina, lantejoulas, enxadas, foices, bonés vermelhos e um empurra-empurra daqueles…
– Que é isso, tchê? – disse o Stédile.
– Volta pro mar, oferenda! – exclamou uma drag queen.
– O sangue do Senhor tem poder! – bradou o pastor.
No plenário, um senador cabeludo interrompe o inflamado discurso de Mão Santa sobre o Senado da Roma Antiga e anuncia:
– Senhores, tá a maior muvuca lá fora! Tem um grupo de gays, lésbicas, travestis, simpatizantes, evangélicos e sem-terra aí pra falar com a gente!
Todos olham imediatamente para Renan Calheiros. E o honrado senador, fechando os olhos e fazendo biquinho, balança a cabeça como quem nega e diz:
– Abissolutamente!


E então eu acordei. Ou não ?