Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Olha, os dias andam um saco! Todo mundo nervoso, ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

5 ações de marketing para ajudar a superar a crise do coronavírus
Michel Torres
Negócios em todo o mundo estão sentindo os efeitos da pandemia: menos clientes, menor receita e o medo de não ter condições de aguentar esse tempo de prejuízo. Precisamos salvaguardar a saúde e o ...

Ver mais

Brasis
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Brasis  “Quanto tempo um homem deve virar a cabeça, fingindo não ver o que está vendo?” Bob Dylan Minha primeira lembrança pra valer do que vou focalizar neste artigo é de quando li Os dos ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Qual janela você escolheu para ver o mundo?

Ver mais

Abundância

Abundância

Luciano Pires -

ABUNDÂNCIA

 Tempos atrás escrevi um artigo chamado “Bundalelê” em que falava da importância da bunda na cultura brasileira, inspirado no presidente Lula, que nos mandou mexer o traseiro para reduzir os juros. Pois li recentemente uma notícia segundo a qual o Instituto de Medicina Preventiva de Copenhagem descobriu que as mulheres com quadris mais largos estão menos propensas a sofrer ataques cardíacos. Os pesquisadores dizem que a gordura dos quadris contém um antiinflamatório natural, chamado adiponectina, que evita o entupimento das artérias. Os dinamarqueses examinaram quase 3 mil mulheres e homens de 35 a 65 anos, entre 1987 e 1988. As mulheres com quadris mais largos apresentaram 87% menos casos fatais. Elas também apresentaram 86% menos probabilidades de sofrer enfarte e 46% menos de vir a sofrer de doenças cardiovasculares.


“Gordura nos quadris é diferente de gordura no abdômen. Quem não tem o suficiente dessa gordura, corre o risco de sofrer enfarte” disse um dos pesquisadores.


Uia! Era o pretexto que faltava! Bunda é saúde!


Então aquela bunduda que trabalha na sua seção possivelmente vai viver mais que a gostosinha que tem aquela bundinha!


Proponho que iniciemos imediatamente uma campanha nacional pela bunda grande. Já somos o país dos bundões, não somos? Pois vamos fazer juz à fama. Seremos o país dos bundudos. Bundudos mas saudáveis.


Assim não teremos mais problemas com as malditas poltronas dos aviões. Os banheiros públicos serão mais generosos. E nas praias, teremos um show inesquecível. Sem contar que as bundas avantajadas serão o perfeito contraponto aos seios siliconados. Finalmente, o equilíbrio!


E quando um bunda-magra vier com piadinha sobre seu bundão, chame-o de cardíaco!


A indústria têxtil crescerá com o aumento das calças, calcinhas e calções. Mais tecido, mais caras. Gugu, Faustão e similares escalarão ainda mais bundas para seus programas, com a desculpa de apoio à saúde pública. Surgirá uma nova especialidade médica, o bundologista. E as próteses de bunda venderão como nunca, pois todos estarão interessados em parecer saudáveis. Os planos de saúde passarão a avaliar os clientes pelo tamanho da bunda. Quanto maior a bunda mais desconto no plano. Nas entrevistas de emprego, os candidatos de bunda grande entrarão de costas. Mas a longo prazo, teremos um problema. Os bundudos terão mais tempo de vida. E aumentarão o rombo da previdência. E a política econômica do arrocho vai permanecer. Juros altos, aperto, falta de investimentos… O dinheiro todo canalizado para o sistema financeiro. Quem tem dinheiro terá cada vez mais, quem não tem continuará sem… E continuaremos mergulhados em crises… Tudo por causa dos bundões.


Comentei essa preocupação com meu filho e ele foi mortífero:


– Ué. Então não vai mudar nada!