s
Artigos Café Brasil
Pelé e os parasitas.
Pelé e os parasitas.
Meu herói está lá, a Copa de 1970 está lá, o futebol ...

Ver mais

Branding a preço de banana.
Branding a preço de banana.
Quanto vale o branding? Pelo que estou vendo acontecer ...

Ver mais

O Tigre Branco. Ou poderia ser Cidade de Budah…
O Tigre Branco. Ou poderia ser Cidade de Budah…
Um grande comentário sócio-político sobre a divisão em ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Café Brasil 759 – Karl Popper e os negacionistas
Café Brasil 759 – Karl Popper e os negacionistas
Não devemos aceitar verdades universais a partir de ...

Ver mais

Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Há muito tempo tínhamos a ideia de trazer para o ...

Ver mais

Café Brasil 757 – O dono da firma
Café Brasil 757 – O dono da firma
Vamos então a mais um programa que fala do empreendedor ...

Ver mais

Café Brasil 756 – Netiqueta e as mulas digitais
Café Brasil 756 – Netiqueta e as mulas digitais
Usar a internet de forma responsável, é isso que trata ...

Ver mais

LíderCast 217 – Amyr Klink
LíderCast 217 – Amyr Klink
Meu nome é Amyr Klink, tenho 65 anos e eu construo viagens.

Ver mais

LíderCast 216 – Denise Pitta
LíderCast 216 – Denise Pitta
Empreendedora digital, dona do site Fashion Bubbles, ...

Ver mais

LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
Historiador, professor, comentarista polêmico em rádio ...

Ver mais

LíderCast 214 – Bianca Oliveira
LíderCast 214 – Bianca Oliveira
Jornalista e apresentadora, hoje vivendo na Europa, ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

A guerra dos pelados
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
De 1912 a 1916 o Estado de Santa Catarina sofreu a Guerra do Contestado, conflito armado que opôs, de um lado, posseiros e pequenos produtores rurais, e de outro militares federais e estaduais. ...

Ver mais

A americanização do Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O imperialismo sedutor     “Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor Eu fui à  Penha, fui pedir à Padroeira para me ajudar Salve o Morro do Vintém, pendura a saia que eu quero ...

Ver mais

Economia da desigualdade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Economia da desigualdade “Os valores que conferem ao capitalismo sua legitimidade são prosperidade e liberdade para todos. […[ Se você concentra poder e renda em um pequeno grupo, o ...

Ver mais

Autonomia do Banco Central
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Caminhando rumo à autonomia do Banco Central ˜O desejo parece ser o de que a política econômica saia de uma vez por todas da alçada dos presidentes da república. […]. Delega-se para a diretoria ...

Ver mais

Cafezinho 365 – (IN)segurança Nacional
Cafezinho 365 – (IN)segurança Nacional
Nem precisa prender o Danilo Gentili, a simples ameaça ...

Ver mais

Cafezinho 364 – Isolacionismo intelectual
Cafezinho 364 – Isolacionismo intelectual
O viés de confirmação leva ao isolacionismo ...

Ver mais

Cafezinho 363 – Chapeuzinho Vermelho 4.0
Cafezinho 363 – Chapeuzinho Vermelho 4.0
No Chapeuzinho Vermelho 4.0, tá cheio de lobo se ...

Ver mais

Cafezinho 362 – Na bala!
Cafezinho 362 – Na bala!
Se a constituição brasileira não proíbe que o deputado ...

Ver mais

Brazil-zil-zil

Brazil-zil-zil

Luciano Pires -

Desde o início fui contra esse mega evento esportivo no Brasil. Ele me lembra o pai desempregado organizando uma festa de debutante cinematográfica para a filha…

A organização dos jogos dá espaço para a expressão máxima do Lado Negro da Cultura Brasileira:

1. Assumir compromissos sem certeza de conseguir cumprir;
2. Chutar orçamentos baixos e ganhos altos para obter a simpatia popular;
3. Se achar o máximo apenas pela capacidade de dizer que se é o máximo;
4. Priorização das aparências em detrimento do conteúdo, da organização e dos processos;
5. Fazer propaganda em cima de feitos futuros e, portanto, incertos;
6. Absoluta incapacidade de priorização e, por consequência, de planejamento;
7. Contar com ajuda divina para os recursos que hão de chegar;
8. Empurrar para terceiros a responsabilidade dos compromissos por si assumidos;
9. Jamais reconhecer os erros ou fazê-lo tarde demais;
10. Arrogância;
11. Desperdício do dinheiro público;
12. Roubo do dinheiro público;
13. Mobilização de estruturas do Estado para atender emergencialmente a segurança do evento. Depois dos jogos e de autoridades dizendo “viu como foi seguro?”, volta tudo ao normal;
14. Após o evento, esquecimento total, não prestação de contas, nenhuma responsabilização sobre os problemas, nenhum aprendizado;

e, por fim.

15. Quando alguém falar mal da bagunça, falta de planejamento e incompetência, rotular como falta de patriotismo, mal humorado, indivíduo desagregador ou elite/coxinha/fascista e outros.

No fim, assim como no carnaval, os jogos terão sido uma grande festa, as cagadas encobertas/esquecidas por qualquer brasileiro com um copo de cerveja na mão; dois ou três atletas que ganharão algumas medalhas serão endeusados; turistas nacionais e estrangeiros serão depenados e ficarão encantados com o Pão de Açúcar e o Corcovado; a Rede Globo vai se esgoelar com aquele pseudo-patriotismo típico; alguns políticos vão tentar tirar lasquinhas; a culpa das obras inacabadas será da crise internacional; começam as reformas dos equipamentos inaugurados para os jogos e alguém descobrirá que não tem grana para a manutenção anual milionária desses equipamentos, que serão abandonados. E a população sofrerá as consequências, enquanto eu e você pagamos as contas.

Calma.

Estou falando da Copa do Mundo de Futebol.