s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

A aparente contradição entre desemprego e escassez de mão de obra
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Esclarecendo a aparente contradição entre desemprego e escassez de mão de obra “Antes, as habilidades não eram tão amplas. Hoje, o profissional precisa conhecer e estudar a fundo vários assuntos. ...

Ver mais

Pax Aeterna
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Maquiavel é, com alguma freqüência, considerado o primeiro cientista político moderno: nas suas análises, ele teria sido um dos primeiros a rejeitar tanto uma concepção metafísica da natureza ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Regras de Definição (parte 5)
Alexandre Gomes
  Para cumprir a função de DEFINIÇÃO, esta deve atender alguns requisitos. Do contrário, será apenas enrolação ou retórica vazia. Os requisitos são: 1. CONVERSÍVEL em relação ao sujeito, à ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Cafezinho 432 – O vencedor
Cafezinho 432 – O vencedor
As pessoas não se importam com o que você diz, desde ...

Ver mais

Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Descobri o que acontece com aquela gente enfática, que ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Difícil de entender

Difícil de entender

Luciano Pires -

Esta semana coloquei uma singela postagem no Facebook: “Que época é esta em que ‘verdade’ ou ‘mentira’ dependem da conveniência?”. Apareceram dezenas de comentários, a maioria dizendo que sempre foi assim. Eu sei, mas tá demais. O Brasil está ficando impossível de entender. Quer ver só o começo de 2013? Olha como tá difícil:

São Paulo: O Governador baixa decreto proibindo que policiais militares prestem os primeiros socorros às vítimas de violência física, especialmente nos casos de tiroteio com a polícia. Tentam assim evitar que os policiais adulterem a cena do tiroteio, encobrindo possíveis casos de violência policial. Tem que chamar o atendimento e aguardar. Ainda bem que São Paulo só tem 3 mil habitantes e o socorro chega em 3 minutos em qualquer lugar da cidade.

Brasília: a Juventude Petista organiza jantar numa galeteria com venda de ingressos entre R$ 100 e R$ 1000. O objetivo é angariar fundos para ajudar Zé Dirceu, Zé Genoino, João Paulo Cunha e Delúbio Soares a pagar as multas que receberam ao serem condenados como mensaleiros pelo STF. O objetivo era vender 170 ingressos e até o dia anterior ao jantar já teriam vendido 110, vários para políticos, cujos salários é você quem paga. Ou seja, você está ajudando na vaquinha dos mensaleiros.

Macaé, RJ: um juiz manda apreender uma série de livros dessa onda de “pornografia para mamães”, tipo “50 Tons de Cinza”. A alegação é que os livros contêm material pornográfico e só podem ser vendidos lacrados e com classificação indicativa na capa, proibidos para menores de 18 anos. E, para cumprir a medida, policiais armados entraram nas livrarias à cata dos livros. Na sequência, o juiz também solicita a fiscalização em bibliotecas e estabelecimentos de ensino, públicos e particulares, e similares. Não sei de mais detalhes, pois fui assistir à pegação no Big Brother Brasil.

Brasília 2: os favoritos para Presidente do Senado e da Câmara dos Deputados são, respectivamente, Renan Calheiros e Henrique Eduardo Alves. Ambos não têm currículo, têm folha corrida. Calheiros, seis anos depois de renunciar ao mesmo cargo de Presidente para não ter seus direitos políticos cassados quando se descobriu que uma empreiteira pagava a pensão de um filho que ele teve com uma… uma… uma amiga íntima. Henrique Alves, deputado há mais de 40 anos, envolvido em acusações de desvios e maracutaias sem fim. Mas estão firmes, favoritos para presidir as casas. Se cruzar com eles, você terá que chamá-los de Vossa Excelência.

Em minhas palestras falo do mundo cheio de contradições, volátil, incerto, complexo e ambíguo, e de como precisamos desenvolver a visão para enxergar o caminho em meio ao nevoeiro; a capacidade de entendimento para perceber relações de causa e efeito; a clareza para encontrar o simples e a agilidade para responder imediatamente às mudanças. Mas tá difícil, viu? Acho que vou recorrer a Paulo Coelho, que conta que em um remoto bar da Espanha, perto de uma cidade chamada Obite, existe um cartaz escrito por seu dono:

“Justamente quando consegui encontrar todas as respostas mudaram todas as perguntas”.

O Brasil tá assim.

Luciano Pires