s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

A aparente contradição entre desemprego e escassez de mão de obra
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Esclarecendo a aparente contradição entre desemprego e escassez de mão de obra “Antes, as habilidades não eram tão amplas. Hoje, o profissional precisa conhecer e estudar a fundo vários assuntos. ...

Ver mais

Pax Aeterna
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Maquiavel é, com alguma freqüência, considerado o primeiro cientista político moderno: nas suas análises, ele teria sido um dos primeiros a rejeitar tanto uma concepção metafísica da natureza ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Regras de Definição (parte 5)
Alexandre Gomes
  Para cumprir a função de DEFINIÇÃO, esta deve atender alguns requisitos. Do contrário, será apenas enrolação ou retórica vazia. Os requisitos são: 1. CONVERSÍVEL em relação ao sujeito, à ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Cafezinho 432 – O vencedor
Cafezinho 432 – O vencedor
As pessoas não se importam com o que você diz, desde ...

Ver mais

Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Descobri o que acontece com aquela gente enfática, que ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Imprecisos desejos

Imprecisos desejos

Luciano Pires -

Minha nova palestra “Pessoas Criativas, Empresas Lucrativas” começa ao som de “Os Argonautas” com Caetano Veloso, focando especialmente o refrão: “Navegar é preciso. Viver não é preciso.” Foi lendo Rubem Alves que entendi que o “preciso” daqueles versos escritos originalmente pelo poeta português Fernando Pessoa, vinha de “exatidão” e não de “necessidade”:

– Antes da precisão da ciência de navegar vem o impreciso desejo de navegar.

Em 2005 tive o impreciso desejo de fazer um programa de rádio, por minha conta e risco. O resultado é o Café Brasil, que se transformou em 2006 num podcast, com 224 programas produzidos. São mais de 90 horas de conteúdo, uma trabalheira infernal! Uns amigos consultores usam a ciência do navegar para fazer uma continha e mostrar que se eu tivesse investido em ações o dinheiro que coloquei nesse projeto em cinco anos, poderia ter levantado uma pequena fortuna. Pois é. Então eu mostro a eles um cartaz que preparei anos atrás para colar na porta de minha sala:

“Se você tem uma reclamação, me mande uma carta. Se você tem um sonho, me envie um email. Se você tem uma idéia, me fale por telefone. Se você tem um projeto, pode entrar. Mas se você tem uma causa, sente-se e me conte. Sem pressa.”

Não gosto de julgar as coisas somente pela descrição das coisas, pelo impreciso desejo. Quero ver, tocar, experimentar, cheirar, sentir. Talvez isso seja uma deformação profissional de cartunista, que antes de descrever, vê as coisas. Resultado: em vez de uma gaveta cheia de idéias, tenho um armário cheio de projetos, modelos e amostras que custaram um monte de dinheiro, tempo e energia. Para meus amigos consultores, recursos mal empregados. Mas para mim, sementes que transformaram imprecisos desejos de navegar em causas a serem defendidas.

A qualquer momento uma das sementes germina. E minha vida muda.

Mas reconheço que não é fácil agir assim. Precisa de sangue frio, paciência, fé e coragem para investir no impreciso (e arriscado) desejo e torná-lo algo palpável, real. Mas será que existe outra forma de fazer?

Pois bem, de uma daquelas sementes, acabam de nascer dois brotinhos.

Fui convidado por um diretor de uma grande editora, fã do podcast Café Brasil, para gravar o audiolivro de um bestseller! Começo já.

E o Itaú Cultural acaba de fechar a primeira programação de patrocínio para o podcast. Modesta, mas que, mais que dinheiro, proporciona a satisfação de ver que aquele sonho impreciso tornou-se real.

Se eu tivesse apenas os imprecisos desejos para mostrar, sem a precisão da ciência e o esforço pessoal para transformá-los em sementes, nada teria acontecido. 

Antes da precisão da ciência de navegar vem o impreciso desejo de navegar. Mas sem a precisão da ciência, sem a execução, o impreciso desejo não passa de um sonho. Lindo, inspirador e necessário.

Mas sonho.

Luciano Pires