s
Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Nossa pátria tão bela e perdida

Nossa pátria tão bela e perdida

Luciano Pires -

A ópera Nabucco, composta por Giuseppe Verdi, evoca o episódio dos judeus escravos na Babilônia, tendo como ponto alto a famosa canção Va Pensiero, entoada pelo coro dos escravos. Na Itália, essa canção é um símbolo da busca pela liberdade das pessoas que, em 1842, quando a ópera foi escrita, estavam oprimidas pelo império austríaco, contra o qual lutaram até a criação de uma Itália unida.

Em 2011, por ocasião da comemoração dos 150 anos da unificação da Itália, a ópera foi apresentada no Teatro dell’Opera di Roma, sob condução do maestro Riccardo Muti. Antes do início da ópera, Gianni Alemanno, prefeito de Roma, subiu ao palco e fez um discurso denunciando os cortes que o governo havia feito no orçamento para o setor cultural. Essa intervenção política num momento cultural emblemático da Itália, sobretudo pela presença do primeiro ministro Silvio Berlusconi no teatro, produziu um efeito inesperado.

No princípio houve fortes aplausos do público. E então começou a ópera. Foi tudo muito bem, até chegar na famosa Va Pensiero. De imediato o maestro sentiu que o ambiente era tenso na audiência. “Há coisas que não se pode descrever, mas que se sentem”, disse ele mais tarde.

Aconteceu então uma comunhão, um fervor entre o coro cantando “Oh, minha pátria, tão bela e perdida” e as lamentações do público na plateia.

Quando Va pensiero chegava ao final, enquanto algumas pessoas gritavam “Bis! Bis” e “Viva a Itália. Viva Verdi!”, outras jogaram pedaços de papéis dos pisos superiores do teatro. Os gritos despertaram o sentido patriótico do maestro que, num gesto teatral, se virou para o público e, parece que olhando para onde estava Berlusconi, disse:

– Sim, estou de acordo com isso de “Viva itália”, mas…

Aplausos

– Não tenho mais 30 anos e já  vivi minha vida. Mas como um italiano que viaja extensamente por todo o mundo, me envergonho do que está acontecendo em meu país. Assim, aceito o pedido de vocês para tocar Va Pensiero mais uma vez. E não apenas pela alegria patriótica que sinto, mas porque esta noite, enquanto eu dirigia o coro cantando ‘ Oh, minha pátria bela e perdida’, pensei que se continuar assim, se não ajudarmos a cultura, nossa pátria será verdadeiramente ‘bela e perdida’.

Muitos aplausos, inclusive dos artistas no palco. E o maestro continua:

– Me mantive em silêncio durante muitos anos. Eu gostaria agora… devemos dar um sentido a esta canção, já que estamos em nossa casa, no teatro da capital, e com um coro que canta muito bem e é muito bem acompanhado pela orquestra. Se vocês não se importarem, sugiro que se unam a nós e que cantemos juntos.

E então acontece um momento mágico na ópera. As pessoas se levantam e cantam junto com o coro e a orquestra, produzindo um momento emocionante que sempre, sempre, me leva às lágrimas.

Fiz questão de relembrar esse acontecimento, neste momento, como uma inspiração para nós, brasileiros, entrarmos em 2016 dispostos a recolocar o país nos trilhos.

Convido você a ouvir o Podcast Café Brasil onde conto essa história em detalhes: http://portalcafebrasil.com.br/podcasts/457-va-pensiero/ .

Ouça, se emocione e parta pra cima de 2016.

O Brasil, tão belo e perdido, precisa ser salvo. E só quem pode fazer isso é você.