s
Artigos Café Brasil
Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Como se proteger da manipulação das mídias
Como se proteger da manipulação das mídias
Descubra o passo a passo para se proteger das mentiras, ...

Ver mais

Café Brasil 774 – Adversário x Inimigo
Café Brasil 774 – Adversário x Inimigo
Publiquei um post em minha página do Facebook, dizendo ...

Ver mais

Café Brasil 773 – Falando sobre nação – Revisitado
Café Brasil 773 – Falando sobre nação – Revisitado
O Brasil é um grande país, que precisa de um povo unido ...

Ver mais

Café Brasil 772 – ComunicaAgro – Live com Tejon
Café Brasil 772 – ComunicaAgro – Live com Tejon
Um dia, descobri que grande parte dos ouvintes do ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Há muito tempo tínhamos a ideia de trazer para o ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Continente dividido
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
América do Sul: Continente dividido “Depois de perder força -com as eleições de Mauricio Macri na Argentina e de Jair Bolsonaro no Brasil -a esquerda volta a ganhar espaço na América do Sul. Com ...

Ver mais

Direita, volver!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Direita, volver! “O que testemunhamos hoje no Ocidente não são as dificuldades temporárias de um desenvolvimento progressivo; não se trata de ‘pausa’, mas de retrocesso. É o desmanche do mundo ...

Ver mais

Entulho? Só quando convém
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Nestes tempos estranhos, algumas expressões da moda são muito ridículas, reverberadas principalmente pelas redes sociais; as politicamente corretas geralmente são as piores. Mas há outras, como o ...

Ver mais

Conhecendo a história do Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Conhecendo a história do Brasil… por meio dos que contaram a história “A história é a justiça imparcial, mas tem a mania de chegar tarde.” Roberto Campos[1] Em artigo intitulado Livros para ...

Ver mais

Cafezinho 396 – Relativismo absoluto
Cafezinho 396 – Relativismo absoluto
A busca pela verdade e as ideias corretas por meio do ...

Ver mais

Cafezinho 395 – Ervas daninhas
Cafezinho 395 – Ervas daninhas
Afinal, em que tipo de solo você acha que brota a ...

Ver mais

Cafezinho 394 – Seu trabalho não nos interessa
Cafezinho 394 – Seu trabalho não nos interessa
Isso é o que eu chamo de “celebrar o fracasso”: ...

Ver mais

Cafezinho 393 – Velhos Ranzinzas
Cafezinho 393 – Velhos Ranzinzas
Se no reino animal é a degeneração física que torna os ...

Ver mais

O agora

O agora

Luciano Pires -

Se pudéssemos transformar nossas vidas numa linha que começa no nascimento e termina na morte, daria para dividir em três partes. A principal seria um ponto em algum lugar da linha, que representa o agora, o presente. A parte que estivesse para trás desse ponto, em direção ao momento do nosso nascimento, é o passado. A parte que vai do ponto presente até o momento de nossa morte é o futuro. E é nessa linha que nossa mente navega, hora aqui, hora nas lembranças do passado, hora nos sonhos do futuro.

Agora pense o seguinte: o passado já foi, só serve como lembrança, como ferramenta para nos educar sobre o que deu certo e o que não deu. Não podemos fazer nada para mudá-lo. E o futuro é simplesmente uma consequência do que você já é. Do agora. No futuro você viverá no corpo que está construindo agora. Tomará decisões com base no repertório que está reunindo agora.

Portanto, o momento mais importante de sua vida é o agora.

Esta semana fiz contato com um pessoal que se denomina CASA DO PRESENTE, um grupo de profissionais preocupado exatamente com o conceito de “formar jovens para o futuro”.  Essa turma se juntou para criar um movimento de conscientização para que os jovens descubram oportunidades que provavelmente lhes serão ocultadas pelo sistema educacional e profissional. O tal que “forma para o futuro”. Não! Os jovens precisam se formar para o agora!

O texto de apresentação deles diz: “O que você quer ser quando crescer? Essa é uma pergunta inocente, mas que esconde uma verdade inconveniente: estamos encaixotando o futuro das nossas crianças e adolescentes. Nem precisamos falar que o sistema de ensino para os nativos digitais é ultrapassado e que o mercado de trabalho é cruel. Mas precisamos sair da problematização e partir para uma solução rápida e definitiva. Como resolver isso?”

O pessoal da Casa do Presente reuniu um time de especialistas nos mais diversos campos do conhecimento para compartilhar voluntariamente aprendizados com os jovens. Serão aulas práticas, imersivas e democráticas, um papo reto sobre os nossos superpoderes. O formato dos cursos é (e sempre será) beta. Assim como o mundo e os jovens, eles estão em constante transformação.

O projeto ainda está em gestação e eles pretendem reunir 40 estudantes de escolas públicas e privadas (entre 14 a 17 anos) para a realização do Hackathon de Educação da Casa do Presente, um dia de experiências, consultas e conversas para ouvir quem realmente será beneficiado.

“Hackathon” é a denominação que se dá para uma maratona que reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software, cujo objetivo é desenvolver programas inovadores. O Hackaton da Casa do Presente desenvolverá não um software, mas um programa educacional inovador, envolvendo disciplinas como falar em público (com gente do TED), alimentação saudável, empreendedorismo, educação financeira, despertar da criatividade e até aulas de programação. Tudo organizado de uma forma que a escola tradicional não oferece.

Esse Hackaton será gratuito e acontecerá no sábado, dia 20 de agosto, em São Paulo. Será um dia inteiro de atividades e metodologias de participação para fazer com que a Casa do Presente tenha um modelo co-criado com os jovens.

A Casa do Presente é independente, apartidária e sem vínculos com qualquer entidade privada ou estatal. Conheço alguns dos envolvidos, é gente de vários segmentos – vários educadores – querendo fazer acontecer, vale dar uma olhada!

Se você gostar da proposta, existem duas formas de participar: adultos podem se cadastrar como voluntários e jovens entre 14 e 17 anos podem se cadastrar como participantes. E depois torcer para serem selecionados. Lembrando: o evento é gratuito.

Olha, tem muita gente se mexendo, viu? Saindo do ressentimento passivo para a ação ativa, trabalhando o agora para transformar o futuro sem ficar esperando pelo Estado.

Que tal fazer parte?

Para mais informações e para participar desse movimento, inscreva-se!

https://www.facebook.com/events/200495993686575/

Jovens (14-17 anos): https://mltubio.typeform.com/to/ZAFWal
Pessoas >18 anos: https://mltubio.typeform.com/to/Jn5J2r