s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

Os eles

Os eles

Luciano Pires -

“Agora eles já não querem mais atacar a Dilma. Agora eles já estão pensando é que tem que balear o Lula pensando que o Lula vai voltar em 2018. Eu nem sei se vou estar vivo”.

Esse foi Luis Inácio Lula da Silva representando mais uma vez o papel de mártir e atacando os “eles”. Lula ataca os “eles” desde os anos setenta.

Mas quem seriam esses eles? Lula já deu pistas. Talvez sejam os louros de olhos azuis. Mas tem um monte de louros de olhos azuis com Lula.

Talvez sejam os milionários banqueiros. Mas tem um monte de banqueiros com Lula.

Acho então que são os milionários empreiteiros. Mas tem um monte de empreiteiros com Lula.

Ah! São os barões da mídia! Mas… a maioria deles está com o Lula!

Devem ser então os milionários industriais. Mas tem um monte de industriais com Lula.

Pô, então quem são os eles?

Ah, já sei! Deve ser aquela turma que foi às ruas no domingo, dia 16, pedindo a retirada do PT do poder. Só podem ser aqueles. Aliás, apresentaram até uma pesquisa feita por petistas, que determinou o perfil dos que estavam nas ruas no domingo. Será que ela mostra quem são os eles? Vejamos: 57% são homens, 64% têm ensino superior e 73% se declaram brancos.

Pô, mas tem um monte de gente assim com o Lula!

Hummmm… então não dá pra classificar os “eles” pela aparência física. Nem pelo grau de educação ou classe social. Nem pela geografia. Deve ser então pela ideologia?

Talvez quem sempre associamos como direita? Mas o Maluf e o Sarney estão com o Lula! E tem um monte de esquerdistas, especialmente os hidrófobos, contra o Lula.

Então deve ser uma questão moral. Os honestos estão contra o Lula. Mas tem um monte de gente honesta ao lado dele, eu mesmo conheço alguns!

Não é por sexo também. Nem pelo time do coração.

Pô, quem são esses “eles”?

Ah, claro, existe uma nova designação que talvez sirva como pista!

Coxinhas. Os “eles” são os coxinhas!

Mas peraí… a definição de “coxinha” diz que são pessoas com certo poder aquisitivo, preocupadas com a aparência, que gostam do bom e do melhor, usam roupas de marca, têm cabelo impecável e um cachorrinho de raça chamado Igor.

Mas caramba, no domingo a maioria das pessoas que estava na rua não correspondia a essa descrição. E tem um bocado de gente assim com o Lula. Não… “eles” não são só os coxinhas.

Ah, serão eles os burgueses? Mas qual a diferença entre “coxinha” e “burguês”? Não existe.

Uia! Serão os militares? Não, não podem ser. Esses estão recolhidos aos quartéis e obedecem aos amigos do Lula.

Não podem ser os professores, os médicos, os advogados, os jornalistas, os engenheiros, os garçons, as massagistas, os profissionais liberais…

Só sobrou uma explicação.

“Eles”são todos os que estão de saco cheio das mentiras e do populismo barato de Lula e Cia.

Então “eles” são os que foram às ruas no domingo,16, sim senhor. Os que trabalham em dias úteis (e muitos, nos não úteis também), pagam impostos, criam empregos, fazem o mercado girar, estudam, vão ao clube, à missa, ao templo, andam de carro e de busão, votam nas eleições…

Lula, o nome deles é “povo”.