s
Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Pânico nas hostes

Pânico nas hostes

Luciano Pires -

Numa semana que começa com centenas de milhares de brasileiros nas ruas em manifestações contra as lambanças que assolam o país, é preso João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, o Tribunal de Contas da União considera que existe crime nas manobras fiscais do governo e os partidos da oposição (Democratas, PPS, PSDB e PSB) conseguem reunir 199 assinaturas para a instalação de uma CPI para investigar o BNDES.

E ainda é quinta-feira…

Os milhares nas ruas demonstram que a insatisfação popular continua, que os diversos grupos estão se organizando e gerando ações efetivas, como a carta apresentada pela Aliança dos Movimentos de Rua no Congresso.

Vaccari na cadeia é uma bomba para o PT que, além de já ter visto a maioria do alto escalão atrás das grades, tem mais uns na mira da PF.

A decisão do TCU abre um flanco importante para os que entendem que há condições de propor o impeachment de Dilma Rousseff. É a primeira argumentação sólida que, se comprovada, coloca a presidente para valer na berlinda.

O BNDES tem uma carteira de 400 bilhões de reais, que ajudou a financiar muitas das empresas investigadas pela operação Lava Jato, além de proporcionar estranhíssimos empréstimos secretos para países amigos na América do Sul e África. A CPI pretende investigar esses empréstimos e financiamentos. Será a segunda CPI em funcionamento para investigar desvios do governo petista.

Pânico nas hostes.

Na semana passada um cidadão entrou com denúncia de crime de responsabilidade contra o ministro Dias Toffoli. A denúncia não foi aceita pela mesa do Senado, sendo arquivada por Renan Calheiros. Agora o cidadão em questão, Matheus Faria, vai ao STF. Depois à Corte Interamericana. Em seguida à Corte Internacional de Justiça em Haia. E prepara outro pedido de impeachment, desta vez contra Luiz Inácio Adams, advogado geral da União. E na esteira dele, outros entrarão com outras ações.

Naquela rua a mulher bate panela na varanda gourmet. O motorista de táxi em Recife está revoltado. As páginas do Facebook estão pegando fogo. Mais jornalistas mostram-se indignados. O povo reage mal nas ruas quando bandeiras vermelhas se erguem. As pesquisas de satisfação com o governo despencam.

Pânico nas hostes.

Aí surgem os de sempre com o “não vai dar em nada”, ” tá tudo combinado”, “são coxinhas da elite branca”, blablabla, mimimi…

O negócio é o seguinte: por menos que dê em alguma coisa, essa sequência de iniciativas está tirando a paz dos que tranquilamente pintavam e bordavam com a coisa pública. Está tirando o foco dos que estavam confortavelmente aboletados no poder, está drenando suas forças, abrindo frentes de combate, derrubando argumentos, explicitando mentiras, educando as pessoas e, principalmente, motivando para que mais gente, inclusive políticos, se engaje na luta pela moralidade.

E os de sempre que continuam com a chorumela do “vai dar em nada” não perceberam que acabou a indiferença.

Acabou a indiferença.

O Brasil está mudando.