s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Hoje as narrativas familiares perderam espaço para uma ...

Ver mais

Pânico nas hostes

Pânico nas hostes

Luciano Pires -

Numa semana que começa com centenas de milhares de brasileiros nas ruas em manifestações contra as lambanças que assolam o país, é preso João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, o Tribunal de Contas da União considera que existe crime nas manobras fiscais do governo e os partidos da oposição (Democratas, PPS, PSDB e PSB) conseguem reunir 199 assinaturas para a instalação de uma CPI para investigar o BNDES.

E ainda é quinta-feira…

Os milhares nas ruas demonstram que a insatisfação popular continua, que os diversos grupos estão se organizando e gerando ações efetivas, como a carta apresentada pela Aliança dos Movimentos de Rua no Congresso.

Vaccari na cadeia é uma bomba para o PT que, além de já ter visto a maioria do alto escalão atrás das grades, tem mais uns na mira da PF.

A decisão do TCU abre um flanco importante para os que entendem que há condições de propor o impeachment de Dilma Rousseff. É a primeira argumentação sólida que, se comprovada, coloca a presidente para valer na berlinda.

O BNDES tem uma carteira de 400 bilhões de reais, que ajudou a financiar muitas das empresas investigadas pela operação Lava Jato, além de proporcionar estranhíssimos empréstimos secretos para países amigos na América do Sul e África. A CPI pretende investigar esses empréstimos e financiamentos. Será a segunda CPI em funcionamento para investigar desvios do governo petista.

Pânico nas hostes.

Na semana passada um cidadão entrou com denúncia de crime de responsabilidade contra o ministro Dias Toffoli. A denúncia não foi aceita pela mesa do Senado, sendo arquivada por Renan Calheiros. Agora o cidadão em questão, Matheus Faria, vai ao STF. Depois à Corte Interamericana. Em seguida à Corte Internacional de Justiça em Haia. E prepara outro pedido de impeachment, desta vez contra Luiz Inácio Adams, advogado geral da União. E na esteira dele, outros entrarão com outras ações.

Naquela rua a mulher bate panela na varanda gourmet. O motorista de táxi em Recife está revoltado. As páginas do Facebook estão pegando fogo. Mais jornalistas mostram-se indignados. O povo reage mal nas ruas quando bandeiras vermelhas se erguem. As pesquisas de satisfação com o governo despencam.

Pânico nas hostes.

Aí surgem os de sempre com o “não vai dar em nada”, ” tá tudo combinado”, “são coxinhas da elite branca”, blablabla, mimimi…

O negócio é o seguinte: por menos que dê em alguma coisa, essa sequência de iniciativas está tirando a paz dos que tranquilamente pintavam e bordavam com a coisa pública. Está tirando o foco dos que estavam confortavelmente aboletados no poder, está drenando suas forças, abrindo frentes de combate, derrubando argumentos, explicitando mentiras, educando as pessoas e, principalmente, motivando para que mais gente, inclusive políticos, se engaje na luta pela moralidade.

E os de sempre que continuam com a chorumela do “vai dar em nada” não perceberam que acabou a indiferença.

Acabou a indiferença.

O Brasil está mudando.