Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Sim Senhora

Sim Senhora

Luciano Pires -

Cena um: fui palestrar no Congresso do Saber, organizado pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de São Paulo. Quando terminei a palestra, saí do auditório e tomei um susto. Os corredores do Centro de Convenções Imigrantes estavam tomados por milhares de educadores que entupiam os estandes em busca de livros, materiais de ensino e serviços. Era muita gente. E o que chamou a atenção: 95% eram mulheres…

Parece que os homens delegaram definitivamente para as mulheres a educação dos brasileiros. No entanto, dos 46 ministros da Educação que tivemos desde 1930, apenas um foi mulher: Esther de Figueiredo Ferraz.

Será que isso não explica algumas coisas?

Cena dois: fui palestrar para um dos grandes escritórios de advocacia de São Paulo. Quando as portas dos ônibus se abriram, começaram a descer mulheres. Mulheres, mulheres e mais mulheres, numa proporção de dez para cada homem. Perguntei para um diretor se havia alguma política privilegiando a contratação de mulheres e a resposta foi reveladora:

– Não. É que elas é que passam nos testes de seleção.

Cena três: ontem palestrei na Bahia para o Boticário, num evento dedicado às consultoras que trabalham nas lojas da rede. Eram 1300 mulheres na plateia, reagindo com energia às apresentações da nova linha de produtos, da nova campanha publicitária. Era contagiante ver aquele mundo de gente pegar fogo a cada provocação. Mas o que mais chamou a atenção: quando fui tratar com o pessoal “da ténica”, encontrei uns 30 ogros responsáveis por toda a estrutura técnica de imagem, som e luz, como em 99% dos eventos a que compareço. Mas no meio deles, dirigindo o evento… uma mulher. Seu braço direito, outra mulher. Duas mulheres comandando um exército de Orks.

Cena quatro: estive com a Chevrolet realizando dez eventos pelo Brasil. Todos eles a cargo da Regina, a produtora que cuidava de todos os detalhes, dava as ordens, tratava da logística, da recepção, dos brindes, dos equipamentos, da minha hospedagem. Nos bastidores, outra mulher, a Natália, cuidando de todos os detalhes. Impecáveis.

Cena cinco: Angela Merkel acaba de vencer as eleições legislativas na Alemanha, assumindo o terceiro mandato à frente da maior economia europeia, enquanto todos os chanceleres, primeiros ministros ou presidentes de outros países europeus que tentaram reeleição, fracassaram.

Cinco situações distintas em que as mulheres ocuparam os espaços, seja pela capacitação, pela opção ou pela reunião de atributos que as fizeram ideais para as posições que ocupam. Nas quatro ocasiões em que estive envolvido, tratei com homens apenas quando o assunto era estratégico, quando tudo estava pronto, quando era hora do palhaço entrar no picadeiro. Quem colocou o circo em pé foram elas, as mulheres. Sem ironia…

Que diferença dos tempos em que comecei minha vida profissional, no final dos anos setenta. As mulheres foram chegando devagarinho, mais sérias, mais compenetradas, mais dispostas a sacrifícios, mais detalhistas, mais comprometidas, mais duras nas negociações. O mundo mudou com elas e por causa delas, e tenho a convicção de que foi para melhor. Logo mais elas estarão ocupando o lugar dos homens também nas decisões estratégicas. E você estará dizendo: sim, senhora.

É por isso que ainda tenho esperança.

Mas por que será que elas continuam não dando passagem pra gente no trânsito?

Luciano Pires

PS: Não falei da Dilma, pois não a considero mulher. Ela é o Lula.