s
Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 726 – Gently Weeps
Café Brasil 726 – Gently Weeps
Olha, algumas canções são tão sagradas que eu me sinto ...

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Tempo é vida

Tempo é vida

Luciano Pires -

E então… dentro de algumas horas será outro ano. Depois que passamos dos 40, o tempo voa numa velocidade inacreditável. Tempo é o único recurso que não pode ser renovado e, portanto, o mais valioso, mas só percebemos isso quando ele nos falta, especialmente depois que passamos dos 40.

Eu, por exemplo, nunca consegui passar horas praticando qualquer atividade que sirva para “passar o tempo”. Já me acusaram de CDF, de só pensar em trabalho, de não curtir o lazer, mas não é assim. Não tenho nenhum problema em curtir o lazer lendo um bom livro, assistindo um bom filme, uma peça de teatro, jantando com amigos interessantes ou numa praia. A questão é outra.

 

O que sempre compreendi é que o tempo é valioso demais para ser trocado por qualquer coisa. Se vou fazer uma troca, que valha a pena. Por isso, quando vou escrever um texto, gravar um Podcast ou montar uma palestra, a primeira coisa que me vem à cabeça é: será que minha obra valerá o tempo que a pessoa dedicará para consumi-la? A palestra valerá os 30, 60 ou 90 minutos que a pessoa dedicará para ela? O texto valerá os 5 minutos de leitura? O Podcast valerá os 25 minutos de audição?

 

Esse é meu mote: farei com que seu tempo valha a pena?

 

Desenvolvi essa ideia em minha palestra GENTE NUTRITIVA (que você encontra no www.lucianopires.com.br). Tente se lembrar das pessoas que chegam para conversar com você, dão prazer, têm o dom de nutrir com simpatia, conhecimento, humor.

 

Lembrou?

 

Agora pense naquelas pessoas que, quando chegam, você preferia estar trocando o pneu do carro numa rua escura, na chuva. Gente chata, desinteressante, que tem o dom de nos sugar energia.

 

Sabe a diferença entre uma e outra? É a convicção que você tem de que as primeiras, nutritivas, não estão desperdiçando seu tempo. Com elas você ganha algo, faz uma troca justa, enquanto com as outras, joga fora minutos preciosos de sua vida. Minutos que nunca mais terá de volta.

A melhor coisa que você pode fazer é substituir a palavra “tempo” por “vida”. Experimente! Fale “me falta vida” em vez de “me falta tempo”. “Passavida” em vez de “passatempo”. “Me dê uns minutos da sua vida”.

 

Tempo é vida.

 

E é essa consciência que faz com que a gente reflita muito antes de decidir gastar nosso tempo, ou o tempo dos outros.

 

Assim, quando percebo que dentro de algumas horas 2016 chegará, me dá um frio na barriga. O que é que fiz com meu tempo durante 2015? Valeu a pena?

 

Fica assim então: que em 2016, cada minuto de seu tempo valha a pena. E que você faça com que cada segundo que alguém dedicar a você, também valha a pena.

 

Tempo é vida. O que é que você está fazendo com sua vida? E com a vida dos outros?

 

Feliz 2016.