s
Portal Café Brasil
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Roberto Motta e Luciano Pires numa manhã de conversas ...

Ver mais

Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
A Declaração de Independência dos Estados Unidos foi um ...

Ver mais

Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Tomar decisões é uma parte essencial do dia a dia, ...

Ver mais

Café Brasil 929 – Desobediência Civil
Café Brasil 929 – Desobediência Civil
O livro "Desobediência Civil" de Henry David Thoreau é ...

Ver mais

Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Láááááááá em 2004 eu lancei meu livro Brasileiros ...

Ver mais

LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
Hoje trazemos Cristiano Corrêa, um especialista no ...

Ver mais

LíderCast 323 – Sérgio Molina
LíderCast 323 – Sérgio Molina
O convidado de hoje é Sérgio Molina, – atual CEO do ...

Ver mais

LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
Rodrigo Rezende, carioca, empreendedor raiz, um dos ...

Ver mais

LíderCast 321 – Rafael Cortez
LíderCast 321 – Rafael Cortez
Tá no ar o #LC321 O convidado de hoje é Rafael Cortez, ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial   “O capitalismo é, essencialmente, um processo de mudança econômica (endógena). O capitalismo só pode sobreviver na ...

Ver mais

Inteligência de mercado (Business intelligence)
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A importância da inteligência de mercado[1] Considerações iniciais Este artigo tem por objetivo ressaltar a importância da inteligência de mercado no competitivo mundo contemporâneo, por se ...

Ver mais

Americanah
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Americanah   “O identitarismo tem duas dimensões, uma dimensão intelectual e uma dimensão política, que estão profundamente articuladas, integradas. A dimensão intelectual é resultado ...

Ver mais

Cafezinho 328 – Crimes de Honra
Cafezinho 328 – Crimes de Honra
A Corte Constitucional da França recentemente declarou ...

Ver mais

Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
O físico Richard Feynman tem uma frase ótima: "A ...

Ver mais

Cafezinho 626 – A Globo já era?
Cafezinho 626 – A Globo já era?
A internet mudou tudo. Ela acabou com os ...

Ver mais

Cafezinho 625 – Fake news que matam
Cafezinho 625 – Fake news que matam
Há tempos eu digo que saímos da Sociedade da Informação ...

Ver mais

Café Com Leite Especial – A Lenda dos Tambores Africanos

Café Com Leite Especial – A Lenda dos Tambores Africanos

Luciano Pires -

 

Babica: Bárbara, eu gostei muito da historinha passada, que veio da África.

Bárbara: A do Ubuntu?

Babica: Sim. Tem mais dessas?

Bárbara: Claro que tem, Babica. A cutura africana é muito rica. Vou contar para você a Lenda dos Tambores Africanos!

tambores

Babica: Tambor! Eu tenho na minha bateria!

Virada da bateria

Bárbara: Eu sou a Bárbara Stock

Babica: E eu sou a Babica, o avatar da Bárbara que mora no celular dela.

Bárbara: Somos as apresentadoras do Podcast Café Com Leite

Babica: Um podcast para famílias com crianças inteligentes…

Bárbara: …e pais que se importam! Vamos à história?

Babica: Vamoooosssss

__________________________________________

Bárbara: A historinha de hoje vem lá da Guiné Bissau.

Babica: Guiné Bissau?

Bárbara: Sim. A Guiné-Bissau é um país na África Ocidental, onde as pessoas são amigáveis e têm culturas diferentes. É como um jardim tropical cheio de natureza, com comidas deliciosas, uma história interessante de independência de Portugal e muita música e dança. É um tesouro escondido esperando para ser descoberto!

Babica: Lá tem tambores?

Bárbara:  Há milhares de anos, em lugares como África, Ásia e Oriente Médio, as pessoas já usavam tambores muito antigos, Babica. Em gravuras nas paredes antigas da Grécia e da Síria, ou em esculturas de antigas sociedades como a Mesopotâmia e a Suméria, podemos ver tambores e pratos — que são a base das baterias modernas.

Babica: Uau!

Virada de bateria

Bárbara: Até na China antiga, durante a Idade da Pedra, as pessoas descobriram maneiras de fazer tambores usando pele de animais. Então, de um lado para o outro do mundo, as pessoas sempre deram um jeito de criar tambores com a pele dos animais.

Babica: Tambores são como instrumentos mágicos usados para se comunicar, contar histórias e se divertir em festas, não é?

Bárbara: É sim. E a lenda de hoje explica como surgiram os tambores, instrumentos tão importantes na cultura de toda a África.

Babica: Conta, conta!

Bárbara: Uma vez, os macaquinhos de nariz branco da Guiné Bissau quiseram trazer a Lua para perto da Terra.

Babica: Mas Bárbara, pra quê?

Bárbara: Ué, por curiosidade. Mas eles não sabiam como fazer isso. Até que o macaco menor sugeriu que uns subissem nos ombros dos outros até  alcançar a Lua.

Babica: Mas haja macaco, hein?

Bárbara: Ahahahahah. O grupo de macacos colocou o plano em ação e o macaquinho menor foi o último a subir, conseguindo chegar no céu e se agarrar na Lua.

Babica: Um macaco lunar!

Bárbara:  Mas antes que os macacos conseguissem puxar a Lua, a pilha de macacos que era muito, mas muuuiiito alta, desmoronou.

Macacos gritando

Babica: Nossa!

Bárbara: Todos caíram, menos o macaquinho, que ficou lá pendurado na Lua.

Babica: E o que aconteceu com ele?

Bárbara: O macaquinho acabou ficando amigo da Lua, que eu para ele de presente um maravilhoso tambor branco, que ele logo aprendeu a tocar.

Tambor tocando

Babica: Olha que legal!

Bárbara:  O macaquinho ficou por muito tempo morando na Lua.

Babica: Sózinho?

Bárbara: Sozinho. Por isso um dia começou a sentir saudades da Terra, de seus amigos, de sua família e da natureza. Ele então pediu à sua amiga Lua que o ajudasse a retornar para sua casa.

Babica: Ah, a Lua deve ter ficado chateada, né?

Bárbara: Ficou e respondeu assim:

— Mas por que você quer voltar para a Terra? Aqui é tão legal! Você não está feliz com o tamborzinho que eu te dei?

O macaquinho explicou que gostava muito, mas que tinha saudades.

Babica: Tadinho…

Bárbara: A Lua ficou assim como você, Babica, com pena. E prometeu ajudar o macaquinho. E ela disse assim:

— Não toque o tambor enquanto não estiver com os pés na terra. Toque apenas quando chegar lá embaixo, assim saberei que chegou e poderei cortar a corda. Então você estará livre.

Babica: Xiiiiiii

Bárbara: Xiii o quê?

Babica: Esse macaco vai aprontar. Macacos sempre aprontam!

Bárbara: O macaquinho concordou. Ele sentou em seu tambor e foi amarrado a uma corda, que começou a descer… descer… descer…

Babica: E o macaco…

Bárbara: Enquanto descia, o macaquinho olhava seu tambor e começou a sentir uma vontade irresistível de tocar.

Babica: Boa, a Lua avisou pra não tocar!

Bárbara: Ele começou a tocar bem baixinho, para que a Lua não ouvisse.

Tum tum tum

Babica: Bárbara, nós estamos ouvindo! Então a Lua vai ouvir!

Bárbara: E não é que a Lua ouviu?

Babica: Eu disse!

Bárbara: Lua ouviu o tambor e cortou a corda, conforme o combinado.

Babica: E o macaco caiu, que nem o sapo caiu da viola na festa no céu!

Barulho da queda tooooiiimmmmmmm

Bárbara: Caiu, não, despencou lá no alto. Bateu no chão e morreu.

Babica: Eu sabia! Não dá pra confiar em macacos!

Bárbara:  Uma menininha que passeava por perto viu a queda. Correu até o macaquinho que, antes de morrer, disse assim:

— Isso é um tambor. Por favor, entregue ao povo de seu país.

Babica (triste): O tambor que ele tanto amava!

Bárbara:  A menina pegou o tambor e correu para entregar às pessoas de sua família, contando o que havia acontecido. Todos adoraram o tambor e começaram a tocá-lo.

Tambores tocando

Babica: Já sei! Desde então, o povo africano começou a construir seus próprios tambores!

Bárbara: Isso mesmo. E sempre que possível toca e dança ao som deles.

Tambores tocando

Bárbara: Babica, o que aprendemos com essa história?

Babica: Que não devemos desobedecer às regras combinadas, mesmo quando estamos ansiosos para fazer algo que gostamos. O macaquinho da Lua não seguiu as instruções e acabou enfrentando consequências muito tristes.

Bárbara: Uma lição sobre respeitar os compromissos que assumimos. O que mais?

Babica: A história nos mostra como algo bonito, como a música dos tambores, pode surgir de uma situação triste, como a queda do macaquinho.

Bárbara: Isso! Mesmo nas situações difíceis, as pessoas podem encontrar maneiras de criar algo especial e compartilhar com os outros.

Babica: Bárbara, essa história é triste por causa do fim do macaquinho. Mas é bonita por causa das lições.

Bárbara: É mesmo. Agora, toque o tambor!

Virada da bateria

As duas: ahahahahahahhaha

____________________________

Bárbara: Olha, de onde veio esta história, tem muito mais! De quando em quando vamos contar outras. E você que está nos ouvindo, precisa conhecer o Podcast Café Com Leite!

Babica: Isso mesmo! Em podcastcafecomleite.com.br

Bárbara: Café Com Leite! O podcast para famílias com crianças inteligentes…

Babica: … e pais que se importam!

As duas: tchaaaaaaaaauuuuu!