s
Portal Café Brasil
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Roberto Motta e Luciano Pires numa manhã de conversas ...

Ver mais

Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
Café Brasil 931 – Essa tal felicidade
A Declaração de Independência dos Estados Unidos foi um ...

Ver mais

Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Tomar decisões é uma parte essencial do dia a dia, ...

Ver mais

Café Brasil 929 – Desobediência Civil
Café Brasil 929 – Desobediência Civil
O livro "Desobediência Civil" de Henry David Thoreau é ...

Ver mais

Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Láááááááá em 2004 eu lancei meu livro Brasileiros ...

Ver mais

LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
Hoje trazemos Cristiano Corrêa, um especialista no ...

Ver mais

LíderCast 323 – Sérgio Molina
LíderCast 323 – Sérgio Molina
O convidado de hoje é Sérgio Molina, – atual CEO do ...

Ver mais

LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
Rodrigo Rezende, carioca, empreendedor raiz, um dos ...

Ver mais

LíderCast 321 – Rafael Cortez
LíderCast 321 – Rafael Cortez
Tá no ar o #LC321 O convidado de hoje é Rafael Cortez, ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial   “O capitalismo é, essencialmente, um processo de mudança econômica (endógena). O capitalismo só pode sobreviver na ...

Ver mais

Inteligência de mercado (Business intelligence)
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A importância da inteligência de mercado[1] Considerações iniciais Este artigo tem por objetivo ressaltar a importância da inteligência de mercado no competitivo mundo contemporâneo, por se ...

Ver mais

Americanah
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Americanah   “O identitarismo tem duas dimensões, uma dimensão intelectual e uma dimensão política, que estão profundamente articuladas, integradas. A dimensão intelectual é resultado ...

Ver mais

Cafezinho 328 – Crimes de Honra
Cafezinho 328 – Crimes de Honra
A Corte Constitucional da França recentemente declarou ...

Ver mais

Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
O físico Richard Feynman tem uma frase ótima: "A ...

Ver mais

Cafezinho 626 – A Globo já era?
Cafezinho 626 – A Globo já era?
A internet mudou tudo. Ela acabou com os ...

Ver mais

Cafezinho 625 – Fake news que matam
Cafezinho 625 – Fake news que matam
Há tempos eu digo que saímos da Sociedade da Informação ...

Ver mais

Café Com Leite Especial – Os pregos na cerca

Café Com Leite Especial – Os pregos na cerca

Luciano Pires -

Bárbara: Babica, hoje vou contar uma história especial para crianças que sempre ficam nervosas.

Babica: Crianças nervosas?

Bárbara: É. Daquelas que ficam bravas, falam coisas duras para as pessoas, até se acalmarem.

Babica: Aiaiaiai, só quero ver…

Bárbara: Eu sou a Bárbara Stock

Babica: E eu sou a Babica, o avatar da Bárbara que vive dentro do celular dela.

Bárbara: Somos as apresentadoras do Podcast Café Com Leite

Babica: Um podcast para famílias com crianças inteligentes…

Bárbara: …e pais que se importam! Vamos à história?

Babica: Vamoooosssss

__________________________________________

Bárbara: Era uma vez um menino que estava sempre bravo.

Babica: Bárbara, sabe que eu adoro quando as histórias começam com “era uma vez”?

Bárbara: Ah, tem uma razão para isso, Babica. Antes da popularização da escrita, muitas histórias eram transmitidas oralmente de geração em geração.

Babica: os mais velhos contando para os mais novos?

Bárbara: Isso mesmo. A expressão “era uma vez” serve como uma indicação que a narrativa que se seguirá é uma história distante, situada em um tempo e lugar indefinidos.

Babica: É mesmo. Dá impressão de uma história que vem cheia de magia e fantasia. Parece que vamos para um ambiente mágico com personagens incomuns. Isso cria vontade de ouvir.

Bárbara: Pois é. E como a frase “era uma vez” não faz referência a um local ou época específicos, permite que contemos histórias de qualquer tempo ou lugar.

Babica: Eu adoro. Era uma vez…

Bárbara: Era uma vez um menino que ficava bravo com tudo e dizia coisas maldosas para as pessoas. Seu pai e sua mãe tentaram ensiná-lo a controlar a raiva, mas o menino nunca ouvia.

Babica: Hummmm… eu conheço uns avatares assim. É muito complicado lidar com eles. Eles ofendem as pessoas!

Bárbara: Ah, isso é muito ruim, Babica. Mas um dia, o pai teve uma ideia. Deu ao menino um saco de pregos e um martelo, e pediu que ele pregasse os pregos na cerca sempre que estivesse com raiva.

Babica: Pregos na cerca? Mas que doido isso!

Bárbara: Sim, mas o pai queria ensinar uma lição para o menino.

Babica: E ele pregou os pregos?

Bárbara: Pregou. No primeiro dia, o menino martelou muitos pregos na cerca.

Babica: E a raiva passou?

Bárbara: Com o exercício a raiva passava. E a cada dia, ele martelava menos.

Babica: Porque ficava com menos raiva?

Bárbara: Sim. E um dia, o menino disse ao pai que não sentia mais necessidade de pregar pregos na cerca.

Babica: Ele estava curado da raiva?

Bárbara: Não necessariamente. Sabe o que o pai dele disse?

Babica: O quê? O quê?

Bárbara: Pediu para ele retirar um prego por cada dia que não sentisse raiva.

Babica: Como assim? A cada dia sem raiva ele tinha de tirar um prego que tinha pregado na cerca?

Bárbara: Isso mesmo. Depois de vários dias, o menino disse ao pai que tinha removido todos os pregos.

Babica: Aí ele ficou curado da raiva?

Bárbara: Aí o pai levou o menino para fora e mostrou-lhe os buracos dos pregos na cerca.

Babica: Ué? Por quê?

Bárbara: O pai explicou que dizer coisas maldosas com raiva é como pregar pregos na cerca. Mesmo que o menino retirasse todos os pregos, os buracos ainda estavam lá. Ele queria ensinar que palavras ditas com raiva podem ferir as pessoas e deixar cicatrizes profundas e eternas.

Babica: Como assim?

Bárbara: As palavras têm força, Babica. Eles podem ferir as pessoas. Quando dizemos palavras duras, estamos machucando o outro. As palavras podem ser como pregos.

Babica: Nossa, eu nunca pensei nisso!

Bárbara: Pois é, Babica. Mesmo que a gente se arrependa e peça desculpas pelas palavras duras que dissemos com raiva, elas já fizeram um buraco no coração das pessoas. E o buraco vai ficar lá, como ficaram os buracos dos pregos na cerca. Vai demorar para que eles fechem…

Babica: Nossa. Essa história nos mostra como é importante pensar antes de falar e como nossas palavras podem ter um impacto duradouro.

Bárbara: Isso mesmo. A história do menino bravo e os pregos na cerca nos ensina algumas lições importantes. O que você aprendeu?

Babica: Primeiro, aprendi como é importante controlar a raiva e escolher nossas palavras com cuidado.

Bárbara: Muito bem. O que mais?

Babica: Ah, que as palavras podem ser como pregos, deixando buracos mesmo depois de retiradas.

Bárbara: Exato! Outra lição é que a raiva não só afeta a pessoa que está com raiva, mas também deixa marcas nas outras pessoas, como os buracos na cerca.

Babica: Entendi. Devemos sempre pensar antes de falar para não machucar os outros.

Bárbara: Isso mesmo, Babica. Além disso, a história mostra que nossas ações têm consequências duradouras. O menino teve a chance de tirar os pregos, mas os buracos ficaram. Devemos ser responsáveis pelo que fazemos e dizemos, pois deixamos uma impressão, assim como os buracos na cerca.

Babica: É como se as palavras fossem pregos, né?

Bárbara: Sim, Babica, exatamente! Podemos moldar o mundo ao nosso redor com nossas palavras e ações, então é importante escolher moldar algo positivo.

Barulho de tirar pregos

https://www.youtube.com/watch?v=aJs6uvuNJcw

Bárbara: O que é isso, Babica?

Babica: Ué, to tirando os pregos…

As duas: ahahahahhahahaha

____________________________

Bárbara: Olha, de onde veio esta história, tem muito mais! De quando em quando vamos contar outras. E você que está nos ouvindo, precisa conhecer o Podcast Café Com Leite!

Babica: Isso mesmo! Em podcastcafecomleite.com.br

Bárbara: Café Com Leite! O podcast para famílias com crianças inteligentes…

Babica: … e pais que se importam!

As duas: tchaaaaaaaaauuuuu!