s
Portal Café Brasil
Por dentro das Big Techs
Por dentro das Big Techs
Alguma coisa está mudando na cultura do trabalho, e ...

Ver mais

Um pouquinho de história
Um pouquinho de história
Um pouquinho de história só para manter as coisas em ...

Ver mais

Não olhe para cima
Não olhe para cima
Não olhe para cima é uma comédia para ser levada a ...

Ver mais

Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Muito bem! No episódio passado, eu introduzi o conceito ...

Ver mais

Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
O termo Mass Formation Psychosis, psicose de formação ...

Ver mais

Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
E aí? Pronto pro ano novo? Tá complicado, é? Muita ...

Ver mais

Café Brasil 802 – A Lei de Lindy
Café Brasil 802 – A Lei de Lindy
Olhe pela janela... o que restará daqui a 100 anos, de ...

Ver mais

LíderCast 227 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
LíderCast 227 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
No programa de hoje temos Leticia Zamperlini e Cristian ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Hoje bato um papo muito interessante com Leandro Bueno, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Predicáveis: Classificação e Números (parte 4)
Alexandre Gomes
Os PREDICÁVEIS representam a mais completa classificação das relações que podem ser afirmadas DE UM PREDICADO. em relação a um sujeito, TANTO QUANTO as categorias (do ser) são a mais completa ...

Ver mais

Expectativas em relação à China
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Expectativas em relação à China “Embora ainda seja prematuro especular sobre os delineamentos básicos de uma nova e inevitável ordem internacional, a evolução dos acontecimentos parece apontar ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Formas Proposicionais A E I O (parte 3)
Alexandre Gomes
As distinções apresentadas na lição anterior são as bases da CONCEITUAÇÃO e do MANEJO das proposições. Usando a qualidade, ou tanto a quantidade quanto a modalidade, como base, TODA PROPOSIÇÃO ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Características das Proposições (parte 2)
Alexandre Gomes
As PROPOSIÇÕES podem ser agrupadas por cinco características; e cada uma dessas se divide em duas classes. As cinco características são: a) referência à realidade, b) quantidade, c) qualidade, d) ...

Ver mais

Cafezinho 457 – Eu não sabia
Cafezinho 457 – Eu não sabia
O jornalista, crítico da mídia e filósofo amador ...

Ver mais

Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Quando você mistura ignorância com arrogância, pitadas ...

Ver mais

Cafezinho 455 – Para pensar direito
Cafezinho 455 – Para pensar direito
George Orwell escreveu: "Se as idéias corrompem a ...

Ver mais

Cafezinho 454 – A tecnologia mata a paciência
Cafezinho 454 – A tecnologia mata a paciência
A vida é curta demais pra gente ficar esperando. Mas ...

Ver mais

Café com Leite – Episódio piloto

Café com Leite – Episódio piloto

Luciano Pires -

CAFÉ COM LEITE 00 – EPISÓDIO PILOTO

Bom dia, boa tarde, boa noite! Sou a Bárbara Stock e estou muito feliz de chegar até você para apresentar o projeto do Café Com Leite, um podcast para ajudar você a não ser um… pocotó!

MELO DO POCOTO

Ê,ô,o domigo chegou

Não, não quero ser um pocotó

Liguei, já liguei, já, liguei, já liguei a Tv eeeeee

Não, não quero ser um pocotó

Olha já vai começar o “pograma”

Não, não quero ser um pocotó

A dança da garrafa é muito bacana

Não, não quero ser um pocotó

Vem comigo ver que é legal pra xuxu

Não, não quero ser um pocotó

Pintinho amarelinho junto com o glu glu

Não, não quero ser um pocotó

Cinco, seis, sete todos os canais

Não, não quero ser um pocotó

A dança da lacraia é demais

Não, não quero ser um pocotó

TV é tudo de bom

Não, não quero ser um pocotó

Eu, e você tudo a ver na tv

Não, não quero ser um pocotó

Essa canção chama-se Melô do Pocotó e foi lançada no ano de 2004, pelo escritor Luciano Pires. Na letra ele demonstrava sua preocupação com a baixa qualidade dos programas de televisão.

Em 2004 o Facebook estava nascendo, o Instagram e o TikTok nem existiam. O meio mais importante para as pessoas se informarem e se divertirem era a televisão. E apenas programas que não educavam nem informavam, só divertiam, estavam recebendo atenção das pessoas.

Sabe qual é o problema quando você só tem tempo para se divertir? Você perde a capacidade de lutar por aquilo que você quer. Não tem argumentos, não tem ferramentas, não tem ideias. Só tem birra.

Se eu perguntar o que você quer ser quando crescer, qualquer coisa que você disser, de jogador de futebol a Youtuber ou de professor a jogador profissional de games, vai ser facilitado se você for uma pessoa educada. E para isso você vai ter de, além de se divertir, estudar, trabalhar, desenvolver suas habilidades. Quando as pessoas são educadas, elas podem contribuir significativamente para suas famílias e para sociedade em várias frentes, criando assim uma comunidade saudável.

Mas, afinal, por que a educação é importante para a sociedade? Para explicar de uma forma divertida, vamos por fases, como se fosse um videogame.

 

Fase 1. A educação serve para viver bem em sociedade

Quem é educado, sabe como a sociedade funciona, sabe o que são leis e, principalmente, sabe respeitar as outras pessoas que vivem na mesma sociedade. É esse respeito que faz com que uns ajudem os outros e que todos cresçam juntos. Quando não existe respeito, só existe treta, briga e gente tentando levar vantagem. E eu não acho que você gostaria de viver numa sociedade assim, não é?

Lembre-se: A educação serve para viver bem em sociedade

 

Agora vem a Fase 2. A educação serve para criar mais oportunidades de trabalho

Encontrar um bom emprego não é fácil. Você precisa competir com centenas de outros candidatos por uma vaga. Além disso, quanto mais baixo for o nível de educação, maior será o número de pessoas que se candidatam ao mesmo primeiro emprego, normalmente com baixos salários.

Com a educação, as qualificações e formação educacional adequadas, você aumentará suas chances de conseguir um emprego legal.

E se você decidir, em vez de um emprego, ser um empreendedor, dono de seu próprio negócio, a educação facilitará muito sua vida.

Lembre-se: A educação serve para criar mais oportunidades de trabalho

 

E passamos para a Fase 3. A educação ajuda a ter melhor condição financeira.

Pessoas com ensino superior e experiência variada têm maior probabilidade de conseguir empregos especializados com salários mais altos. Ou de desenvolver ideias que se transformem em negócios!

Quem tem disciplina para estudar, mostra que não tem medo do trabalho e que é capaz de cumprir seus objetivos. Os empregadores veem isso como uma grande vantagem, pois querem gente responsável e bem informada.

Lembre-se: A educação ajuda a ter melhor condição financeira.

 

Agora a Fase 4. A educação serve para desenvolver habilidades de resolução de problemas

Um dos benefícios da educação é ela nos ajuda a pensar e tomar decisões independentes.

Quando as crianças se tornam adultas, elas se deparam com uma série de questões desafiadoras – conseguir um emprego, onde morar, sustentar sua própria família e pagar suas contas. Quem se educou, é mais capaz de tomar decisões acertadas sobre sua vida.

Pessoas educadas são capazes de formar suas próprias opiniões e também são boas em encontrar argumentos e evidências para apoiar e confirmar suas decisões.

Lembre-se: A educação serve para desenvolver habilidades de resolução de problemas

 

Vamos à Fase 5? A educação serve para melhorar a economia

Quanto mais você se educar e realizar, melhores opções para ganhar e vida, terá. Pessoas que cresceram pobres, mas se educaram, têm grandes chances de transformar suas vidas e as de outras pessoas, contribuindo para a diminuição das taxas de pobreza da sociedade. Assim, a educação ajuda os países a crescerem economicamente, pois se trata de adquirir conhecimento e poder aplicá-lo com sabedoria em nossas vidas e, ao mesmo tempo, melhorar a vida de outras pessoas.

Lembre-se : A educação serve para melhorar a economia

 

Chegou a Fase 6. A educação serve para proporcionar uma vida próspera e feliz

Para garantir um estilo de vida confortável, as pessoas devem se educar e obter um meio de vida bem remunerado para serem bem-sucedidas e satisfeitas. A educação ajuda a ganhar uma reputação melhor e aumenta as chances de subir na carreira com mais facilidade e rapidez. A educação ajuda a conseguir recursos financeiros para vidas estáveis – as pessoas podem morar melhor, se locomover melhor, e assim, garantir a felicidade e o sucesso de suas famílias.

Lembre-se: A educação serve para proporcionar uma vida próspera e feliz

 

E vamos pra Fase 7. A educação serve para retribuir à comunidade

Pessoas educadas entendem como é valioso viver em uma comunidade estável e segura. Elas estão mais dispostas a participar de projetos que ajudem a melhorar não apenas sua vizinhança, mas também a sociedade. Além disso, quando as pessoas podem pagar por uma casa própria, é mais provável que participem não apenas na melhoria de suas casas, mas também na solução de problemas locais. Afinal, é muito importante se envolver e ajudar os menos afortunados para construir um lugar melhor para todos nós morarmos, não é?

Lembre-se: A educação serve para retribuir à comunidade

 

Agora atingimos a Fase 8. A educação serve para criar uma sociedade moderna

A educação transforma as pessoas em líderes não apenas com conhecimento sobre assuntos gerais, mas também sobre como lidar com emoções e valores verdadeiros. Quem estuda consegue facilmente diferenciar entre o certo e o errado. Portanto, a educação ajuda a reduzir a taxa de criminalidade! Coisas ruins estão acontecendo em todo o mundo – apenas líderes competentes e bem educados podem ajudar a nos guiar por um caminho bom e certo.

Lembre-se: A educação serve para criar uma sociedade moderna

 

Depois vem a Fase 9. A educação serve para construir pontes

A educação digital ajuda a conectar pessoas e organizações em todo o mundo. As fronteiras não estão mais lá. Você joga League Of Legends com jogadores de vários países, não é? Ser capaz de se comunicar e compartilhar opiniões com pessoas de outros países e culturas, amplia os horizontes e nos ajuda a entender e valorizar uns aos outros. Por exemplo, estudar inglês ajudará você a jogar melhor, com gente de todo o mundo!

Lembre-se: A educação serve para construir pontes

 

E estamos quase lá! Chegamos à Fase 10. A educação serve para criação de oportunidades iguais

A importância da educação na sociedade sempre foi grande, pois ela independe de posição social, raça, gênero ou religião. Pessoas educadas são tratadas como iguais com base em seu conhecimento e competência. Além disso, pessoas educadas têm a mente aberta e são capazes de ouvir e aceitar as opiniões das outras pessoas, independente do fato de serem diferentes. A educação oferece a possibilidade de viver de forma independente e, portanto, de ser livre. É o nosso abrigo contra tempestades financeiras e decisões erradas.

Lembre-se: A educação serve para criação de oportunidades iguais

 

E pronto. Chegamos à Fase 11. A educação serve para nos dar poder

A educação é a chave para transformar uma fraqueza em uma força. Ela oferece diferentes ferramentas e maneiras de entender os problemas que estão à nossa frente e ajuda a resolvê-los. Mais importante ainda, a educação nos fornece uma agilidade mental considerável para tomar as decisões certas e entrar em ação quando necessário.

Lembre-se: A educação serve para nos dar poder

 

Viu só? Dei a você onze razões porque a educação é importante. Tenho certeza que se você perguntar para seus pais, avós e amigos, mais razões vão surgir.

Muto bem. A Melô do Pocotó foi só o começo do trabalho que o Luciano Pires começou lá atrás, em defesa da educação. Hoje ele produz o podcast Café Brasil, um dos mais tradicionais do Brasil, tratando de assuntos diversos, que têm a ver com comportamento e vida em sociedade.

Por muito tempo, pensamos que esses assuntos necessários deveriam ser abordados do ponto de vista dos jovens. E assim nasceu este Café com Leite. Sabe por que? Porque assim você começa a tomar contato com temas importantes que vão ajudar você a tomar melhores decisões sobre sua vida, seu futuro.

E assim você não fica sendo um pocotó.

 

Temos a força (We Gotta Power)

Posso pressentir o perigo e o caos

E ninguém agora vai me amedrontar

Com a minha mente vou a mil lugares

E a imaginação me dá forças pra voar

 

Sonhos desejamos alcançar

Ser alguém com um poder maior

Que você já tem

 

Liberdade é correr pelo céu

Sempre unidos vamos triunfar

E se a nossa luta é pra valer

Vou mostrar meu valor

Dragon Ball Z

Meu compromisso é sempre vencer

 

Quando eu surgir entre as nuvens do céu

A eletricidade das coisas vai mudar

Entre a vida e a morte, aventuras vou viver

Na escuridão mistérios posso ver

O futuro todo eu vou mudar

Nova estrada com a luz do sol

Vamos te trazer

 

Liberdade, nova era vai chegar

Energia tenho para usar

E com alegria de viver ninguém vai me deter

Dragon Ball Z

Meu compromisso é sempre vencer

 

Sonhos desejamos alcançar

Ser alguém com um poder maior

Que você já tem

 

Liberdade é correr pelo céu

Sempre unidos vamos triunfar

E com alegria de viver ninguém vai me deter

Dragon Ball Z

Meu compromisso é sempre vencer

 

Viu só? Até Dragon Ball fala de liberdade, de poder, de força, união, valor, sucesso… e o caminho para isso sabe onde começa? Na educação.

Gostou? Então mande um recado em áudio pelo whatsapp 11 93723-7711. Se seu recado for escolhido, vamos publicá-lo no podcast e você ainda vai ganhar uma camiseta de presente. Que tal?

Meu nome é Bárbara Stock, sou sua companheira neste Café Com Leite, que é feito com muito carinho pela turma do Podcast Café Brasil. A edição é do Senhor A e a direção é do Luciano Pires.

Para terminar, repita comigo:

Não! Não quero ser um Pocotó.