s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
O Café Brasil anterior, o 786 – O Cuzão, rendeu, viu? ...

Ver mais

Café Brasil 786 – O cuzão.
Café Brasil 786 – O cuzão.
Cara, como é complicada a vida de podcaster, bicho! A ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Menos Marx, mais Mises
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Menos Marx, mais Mises  “Apesar de ainda ser muito pouco conhecido entre os jovens brasileiros em comparação com Karl Marx, o nome do economista austríaco Ludwig von Mises se tornou um dos ...

Ver mais

Você ‘tem fé’ no Estado democrático de direito?
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Hoje, num grupo de professores, um velho colega me escreveu que “tem fé” no “Estado democrático de direito” e na “separação dos poderes”. Mas com uma ressalva: ...

Ver mais

Percepções diferentes na macro e na microeconomia
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Percepções diferentes na macro e na microeconomia “Na economia, esperança e fé coexistem com grande pretensão científica e também um desejo profundo de respeitabilidade.” John Kenneth Galbraith ...

Ver mais

Cafezinho 424 – Desimportância
Cafezinho 424 – Desimportância
Hoje, com todas as facilidades na mão, estamos fugindo ...

Ver mais

Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Estamos perdendo aquilo que o cientista político e ...

Ver mais

Cafezinho 422 – A política do ódio
Cafezinho 422 – A política do ódio
Não siga a maioria só porque é maioria. Não siga a moda ...

Ver mais

Cafezinho 421 – A normose
Cafezinho 421 – A normose
É confortante saber que somos normais, não é? Pois é. ...

Ver mais

André e Adriano

André e Adriano

Luciano Pires -

alt

A dupla sertaneja André e Adriano é formada por dois amigos que começaram à cantar em Goiânia em 1992. André e Adriano completam, em 2009, 17 anos de carreira. Ao longo dos anos, tiveram muitas músicas de sucesso.

Em 1999, veio o maior sucesso, com a música A Jiripoca Vai Piá, composição do próprio Adriano. O CD contendo esse sucesso vendeu mais de 100 mil cópias.

Como outros grandes nomes da música sertaneja, “André e Adriano” são goianos, porém não são irmãos.

Ambos de formação humilde começaram na música logo na adolescência. Adriano começou a tocar nas noites goianas em 1989, aos 19 anos, e André participava de festivais de música desde a infância no Interior do Estado.

Em 1993 se conheceram e começaram a cantar juntos, dando início a uma luta conjunta por um sonho comum: gravar seu primeiro disco e conquistar espaço no cenário nacional. Desde então passaram a tocar na noite goiana em bares, restaurantes e boates.

Gravaram o primeiro trabalho em 1994 (ainda em vinil) o primeiro CD(LP) “Toque de Mágica”, em 1994. Com produção independente e distribuição da San Francisco Discos. Destacou-se neste disco a música “Toque de Mágica”.

Com o que ganhavam tocando na noite começaram a divulgar seu trabalho em Minas e São Paulo, viajando de ônibus de cidade em cidade e visitando cada rádio.

Em 1996 veio o convite da gravadora BMG para gravação do segundo trabalho. Este (já em CD) teve duas músicas com excelente aceitação: “Te Amo” e “Talvez seja Amor”.

No início de 1999, com novos empresários, conseguiram gravar um novo CD. A gravadora Velas se interessou pelo trabalho e deu-se início à divulgação da dupla. Com este CD veio os sucessos “Dose de Paixão”, regravada por “Rick & Renner”; “Água de Coco”, regravada por “Leonardo”; “A Jiripóca Vai Piá”, regravada por “Daniel”. Todas com ritmo dançante. Veio também neste trabalho o sucesso na forma de músicas românticas como “Ter de Volta seu Amor” e “Me dê uma Chance”.

O quinto trabalho de “André & Adriano” teve o tema: “Nosso Amor é um Show”. Além da faixa tema o CD trouxe outras faixas que conquistaram o público: “Tá Legal” “Mordida de Amor” (regravação do grupo Yahoo) “Onde tem fumaça tem fogo” (com participação do grupo Falamansa) o arrasta pé “Vou gastar meus 10 reais” (trilha sonora do seriado da Rede Globo “Carga Pesada”).

André e Adriano iniciavam um novo momento na carreira. Residindo em São Paulo, com um novo escritório e um trabalho para “Sacramentar” sua carreira nacional. O sexto disco da dupla teve como faixa tema a música “Sacramentado”, além dos sucessos: “Vem me namorar”, “Rapadura”, “Vai”,
“Perdoa”, entre outros.

Em comemoração aos 15 anos de carreira, a dupla gravou seu primeiro DVD + CD Ao Vivo. Emplacaram no rádio as músicas “Amei”, “O Fora”, românticas bem ao estilo universitário, além das dançantes “Rei da Balada” e “Tá Sobrando Mulher”.

Em 2008 deram um grande salto na sua carreira com o lançamento do primeiro CD + DVD “Ter de Volta o Seu Amor” ao vivo pela gravadora Som Livre. As músicas que cativaram o público foram “Rapadura” “Sertanejo ou Pancadão”, em parceria com o cantor Latino, e a mais recente “Você Não Vale Nada”, e é claro o grande sucesso que esta na boca da galera, “Beber Cair e Levantar”. “Beber, Cair e Levantar”, alcançou o primeiro lugar em todas as rádios do Brasil. Emplacaram também os sucessos.

A dupla teve várias músicas gravadas por outros interpretes como “A Fila Anda” de Leonardo e “a Jiripóca vai Piᔠpor Daniel.

O mais novo sucesso da dupla é a música “VOCÊ NÃO VALE NADA” que está entre as 10 mais tocadas de todo o país.

André e Adriano realizam por ano mais de 120 shows, sempre com casa lotada. Recentemente gravaram outro grande sucesso com o cantor Latino, “Pancadão ou Sertanejo”.

Agora a dupla acaba de lançar uma nova música, “Buzão de Mulher”, canção do novo CD que será lançado nesse mês e que promete arrebentar nas paradas de sucesso.

André
Rodrigo Dióz Simmonds (Goiânia, 14 de Abril de 1972), o André. Criado em Aragarças, cidade às margens do rio Araguaia, na divisa de Goiás e Mato Grosso. Voltando para Goiânia, continuou seus estudos e ingressou na Faculdade de Direito, mas abandonou tudo por sua maior paixão: a música. Já foi caixa de uma Casa Lotérica.

Adriano
Geovanny Bernardes de Sousa (Goiânia, 30 de Julho de 1967), o Adriano. Começou a cantar logo aos 19 anos, nas noites goianas. Além de intérprete, Adriano também é compositor. Fez diversas músicas, dentre as de mais sucesso estão A Jiripoca Vai Piá, cantada por Daniel, e A Fila Anda, interpretada por Leonardo. Antes de entrar no mundo da música, Adriano era bancário.

http://www.letras.com.br/#!biografia/andre-e-adriano

http://www.garagemmp3.com.br/andre-e-adriano

[youtube]z4A3RERi_nM[/youtube]
[youtube]AiAO5ENkvc8[/youtube]
[youtube]gqrMbgJ6EWU[/youtube]