s
Portal Café Brasil
Por dentro das Big Techs
Por dentro das Big Techs
Alguma coisa está mudando na cultura do trabalho, e ...

Ver mais

Um pouquinho de história
Um pouquinho de história
Um pouquinho de história só para manter as coisas em ...

Ver mais

Não olhe para cima
Não olhe para cima
Não olhe para cima é uma comédia para ser levada a ...

Ver mais

Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Café Brasil 806 – Não recuse imitações – Revisitado
Café Brasil 806 – Não recuse imitações – Revisitado
Então... semana passada recebi uma daquelas notícias ...

Ver mais

Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Muito bem! No episódio passado, eu introduzi o conceito ...

Ver mais

Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
O termo Mass Formation Psychosis, psicose de formação ...

Ver mais

Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
E aí? Pronto pro ano novo? Tá complicado, é? Muita ...

Ver mais

Lídercast 227 – Luzia Costa
Lídercast 227 – Luzia Costa
Hoje trazemos Luzia Costa, que criou a franquia ...

Ver mais

LíderCast 226 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
LíderCast 226 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
No programa de hoje temos Leticia Zamperlini e Cristian ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

A gastrodiplomacia, a economia criativa e o Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A gastrodiplomacia, a economia criativa e o Brasil  “A gastrodiplomacia tem o envolvimento direto de governos, que procuram expor a gastronomia de um determinado país como atrativo de destino ...

Ver mais

Os novos Odoricos
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Dias Gomes (1922-1999) foi um grande autor de romances, peças teatrais e novelas. Também pertencia à Academia Brasileira de Letras, nos bons tempos em que ser escritor era pré-requisito óbvio ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Predicáveis: Classificação e Números (parte 4)
Alexandre Gomes
Os PREDICÁVEIS representam a mais completa classificação das relações que podem ser afirmadas DE UM PREDICADO. em relação a um sujeito, TANTO QUANTO as categorias (do ser) são a mais completa ...

Ver mais

Expectativas em relação à China
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Expectativas em relação à China “Embora ainda seja prematuro especular sobre os delineamentos básicos de uma nova e inevitável ordem internacional, a evolução dos acontecimentos parece apontar ...

Ver mais

Cafezinho 459 – Velhos problemas
Cafezinho 459 – Velhos problemas
O economista italiano Amilcare Puviani publicou seu ...

Ver mais

Cafezinho 458 – Pedrinha no lago
Cafezinho 458 – Pedrinha no lago
Procure gente que valoriza o pensamento, que puxa para ...

Ver mais

Cafezinho 457 – Eu não sabia
Cafezinho 457 – Eu não sabia
O jornalista, crítico da mídia e filósofo amador ...

Ver mais

Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Quando você mistura ignorância com arrogância, pitadas ...

Ver mais

Brooklyn

Brooklyn

Luciano Pires -

alt

O Brooklyn (Condado de Kings) é um dos 62 condados do estado americano de Nova Iorque, e um dos cinco distritos da cidade de Nova Yorque.

O condado tem uma área de 251 km², dos quais 183 km² estão cobertos por terra e 68 km² por água, uma população de 2 504 700 habitantes e densidade populacional de 13 655,5 hab/km² (segundo o censo nacional de 2010). É o condado mais populoso do estado e o 7º mais populoso dos Estados Unidos.

Foi cidade de 1664 a 1898, quando se tornou distrito. Apesar de fazer parte da cidade de Nova York, o Brooklyn possui sua própria personalidade, caracterizada pela ampla diversidade cultural, explícita em sua cena artística independente.

Além de abrigar uma das mais notórias comunidades judaicas do mundo, também no Brooklyn está a sede mundial das Testemunhas de Jeová.

Os holandeses foram os primeiros Europeus a se apossarem da área oriental de Long Island, até então largamente povoada pela tribo nativa americana Canarsie. O primeiro povoamento dos holandeses foi Midwout (Midwood), estabelecido em 1634. Os holandeses também compraram terras em 1630 no Mohawks, que nos dias presentes é Gowanus, Red Hook, Brooklyn Navy Yard e Bushwick. O vilarejo de Breuckelen foi autorizado a compra pela Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais em 1646 e veio a ser a primeira municipularização, que agora é o Estado de Nova Iorque.

Os holandeses deixaram Breuckelen na conquista Britanica sobre os Novos Países Baixos em 1664. Em 1683, os Britânicos reorganizaram a Província de Nova Iorque dentro dos 12 estados, sub-dividindo em cidades. Mais a frente, o nome Breukelen passou para Brockland, Brocklin, Brookline, e, enfim, Brooklyn. O Condado de Kings foi o primeiro dos 12 condados, e foi a primeira cidade de Kings. O Condado foi uma honra ao Rei Carlos II da Inglaterra.

Em Agosto e Setembro de 1776, a “Batalha de Long Island” (ocasionalmente chamada de “Batalha de Brooklyn”) começou no Condado de Kings. Ela foi a maior batalha da “América Revolucionária” seguindo a “Declaração a Independência Americana”. Após o fim da guerra, Nova Iorque e Brooklyn ganharam independência Inglesa por ordem emitida de Paris em 1783.

A partir da metade do Século XIX, as áreas urbanas ganharam espaço, fortalecendo a economia no Brooklyn, e o Rio do Oeste avançou e conseguiu seu espaço na Cidade de Nova Iorque. O condado tinha duas cidades: Brooklyn e Williamsburgh. Em 1854, Brooklyn anexou Williamsburgh.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Brooklyn

http://www.brooklyn-usa.org/ – em inglês

http://brooklyn.about.com/ – em inglês