s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
O Café Brasil anterior, o 786 – O Cuzão, rendeu, viu? ...

Ver mais

Café Brasil 786 – O cuzão.
Café Brasil 786 – O cuzão.
Cara, como é complicada a vida de podcaster, bicho! A ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Menos Marx, mais Mises
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Menos Marx, mais Mises  “Apesar de ainda ser muito pouco conhecido entre os jovens brasileiros em comparação com Karl Marx, o nome do economista austríaco Ludwig von Mises se tornou um dos ...

Ver mais

Você ‘tem fé’ no Estado democrático de direito?
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Hoje, num grupo de professores, um velho colega me escreveu que “tem fé” no “Estado democrático de direito” e na “separação dos poderes”. Mas com uma ressalva: ...

Ver mais

Percepções diferentes na macro e na microeconomia
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Percepções diferentes na macro e na microeconomia “Na economia, esperança e fé coexistem com grande pretensão científica e também um desejo profundo de respeitabilidade.” John Kenneth Galbraith ...

Ver mais

Cafezinho 424 – Desimportância
Cafezinho 424 – Desimportância
Hoje, com todas as facilidades na mão, estamos fugindo ...

Ver mais

Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Estamos perdendo aquilo que o cientista político e ...

Ver mais

Cafezinho 422 – A política do ódio
Cafezinho 422 – A política do ódio
Não siga a maioria só porque é maioria. Não siga a moda ...

Ver mais

Cafezinho 421 – A normose
Cafezinho 421 – A normose
É confortante saber que somos normais, não é? Pois é. ...

Ver mais

Carlinhos Brown

Carlinhos Brown

Luciano Pires -

Primogênito dos nove filhos de uma lavadeira, aprende a ler e escrever com uma vizinha e vive de biscates na infância. Começa a tocar bongô aos 11 anos, ensinado por outro vizinho, Osvaldo Alves da Silva, o Mestre Pintado do Bongô, que participa de rodas freqüentadas por Paulinho da Viola e Martinho da Vila. Na adolescência, trabalha como office-boy e faxineiro no Departamento de Estradas de Rodagem da Bahia.

Estréia como músico em 1985, tocando pandeiro na abertura de um show de Caetano Veloso. No início dos anos 90 cria o grupo de percussão Timbalada e tem cinco músicas incluídas no disco Brasileiro, de Sérgio Mendes.

Na década de 90 projetou-se nacional e internacionalmente como líder do grupo Timbalada. Este grupo reuniu mais de 100 percussionistas e cantores, chamados de “timbaleiros”, a maioria jovens pobres do bairro do Candeal, onde nasceu o compositor. Atualmente não toca mais regularmente com esta banda, mas Brown continua a ser o mentor e produtor do grupo, em todos os 14 álbuns que a banda lançou até hoje. Em 1993 o álbum homônimo na banda foi indicado pela Revista Billboard como “o melhor CD produzido na América Latina”.

Em 2001 teve uma participação muito polêmica no Rock in Rio , quando foi alvo de garrafadas , pedradas , e chingamentos , o acidente aconteceu pelo fato dele ter ido justamente no dia do Rock , que reuniu Guns N’ Roses , Ultraje a Rigor , Oasis , entre outras bandas , mesmo depois de levantar uma bandeira que achou no chão , escrita ” Paz ” , e falado várias palavras a chuva de garrafas e o apredejamento não cessou e continuou até o artista e sua banda serem expulsos do palco .

Após o sucesso da Timbalada começou sua carreira solo oficial em 1996, com o lançamento do disco “Alfagamabetizado”. Recentemente o álbum entrou para a lista do livro “1001 discos para ouvir antes de morrer”, que reúne opiniões de 90 críticos reconhecidos internacionalmente.

Neste álbum já ocorreram participações de músicos renomados como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Marisa Monte. Com esta cantora e compositora carioca e com Arnaldo Antunes lançou em 2002 o projeto Tribalistas. O trabalho coletivo lançou CD e DVD que arrebatou prêmios e alcançou a marca de mais de 1 milhão de discos vendidos.

Desde o lançamento de seu primeiro CD solo, Brown contabiliza cinco trabalhos, sendo o mais recente lançado em 2007. Intitulado “A Gente Ainda Não Sonhou”, o disco é totalmente produzido e quase todo tocado por Brown. Atualmente, o músico se divide entre a carreira internacional que tem uma base sólida principalmente na Europa, seus projetos sociais no bairro do Candeal Pequeno, em Salvador, além dos projetos culturais, shows, produção de discos e trilhas para espetáculos de dança, filmes, dentre outras produções.

Recentemente lançou o single Earth Mother Water, um apelo pela preservação do planeta, que responde aos mal-tratos com mudanças climáticas. O videoclipe da música foi dirigido por Gualter Pupo e Valter Kubrusly e faz parte de manifestações contra o consumo irresponsável.

http://www.carlinhosbrown.com.br/musicas/


Carlinhos Brown

[youtube]wgiwf9GNz84[/youtube]
[youtube]peZUICX_CTM[/youtube]
[youtube]c1-qHjRp-_o[/youtube]