s
Portal Café Brasil
Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Depois de realizar mais de 1000 palestras no Brasil e ...

Ver mais

Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Senna foi o típico exemplo de que para saber algo, só ...

Ver mais

5o. Sarau Café Brasil
5o. Sarau Café Brasil
Depois da Pandemia, está de volta o #Sarau Café Brasil, ...

Ver mais

Isca Intelectual: o poder da autenticidade
Isca Intelectual: o poder da autenticidade
Coisas que só acontecem quando somos autênticos, quando ...

Ver mais

Café Brasil 822 – Café ao Quadrado
Café Brasil 822 – Café ao Quadrado
Convidei o Christian Gurtner, criador e apresentador do ...

Ver mais

Café Brasil 821 – O amor que nunca morre
Café Brasil 821 – O amor que nunca morre
A Pandemia causou prejuízos em todas as esferas de ...

Ver mais

Café Brasil 820 – My Generations
Café Brasil 820 – My Generations
O conflito de gerações está presente desde o princípio ...

Ver mais

Café Brasil 819 – Num sei por que tô tão feliz
Café Brasil 819 – Num sei por que tô tão feliz
E aí? Como é que você tá, hein? Apanhando da vida? Ela ...

Ver mais

LíderCast 235 – Gilberto Lopes
LíderCast 235 – Gilberto Lopes
Hoje a conversa é com Gilberto Lopes, o Giba, que é CEO ...

Ver mais

LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
Hoje o convidado é o Danilo Cavalcante, que se diz ...

Ver mais

LíderCast 233 – Flavia Zülzke
LíderCast 233 – Flavia Zülzke
Flavia Zülzke é Head de Marketing, Branding, ...

Ver mais

LíderCast 232 – Giovanna Mel
LíderCast 232 – Giovanna Mel
Hoje a convidada é Giovanna Mel, comunicadora e ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 7 – Silogismo Simples (parte 1)
Alexandre Gomes
Como mencionado na lição anterior, vamos agora tratar de silogismo – que é o raciocínio mais associado à lógica.   Definição: O silogismo é um ATO DE RACIOCÍNIO pelo qual a mente ...

Ver mais

Ser ou não ser criativo: eis a questão
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ser ou não ser criativo? Eis a questão  “Criatividade é a inteligência se divertindo.” Albert Einstein Nos eventos voltados ao lançamento do livro Economia + Criatividade = Economia Criativa, ...

Ver mais

Diferentes gerações, diferentes traumas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Inflação e crescimento: diferentes gerações, diferentes traumas “Vejo o Brasil como um país que viveria os ideais do crescimento sustentável. É o lugar mais bonito do mundo e integrar o mundo ...

Ver mais

Segura o Tchan
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O Carnaval de 1996 coroou o sucesso da banda de axé É o Tchan/Gera Samba, liderada por Compadre Washington, com a música-chiclete Segura o Tchan. Além da letra – digamos – exótica, a dançarina ...

Ver mais

Cafezinho 490 – Seja ignorante, por favor!
Cafezinho 490 – Seja ignorante, por favor!
A única certeza que podemos ter é que nas questões ...

Ver mais

Cafezinho 489 – Lucrando na crise
Cafezinho 489 – Lucrando na crise
Há muito tempo compreendi que as pessoas apreendem ...

Ver mais

Cafezinho 488 – Quanta porcaria.
Cafezinho 488 – Quanta porcaria.
Parece que estamos sob um surto psicótico planetário, ...

Ver mais

Cafezinho 487 – A ditadura de precisão
Cafezinho 487 – A ditadura de precisão
Foi-se o tempo da truculência, do tiro, porrada e ...

Ver mais

Hermanos Irmãos

Hermanos Irmãos

Luciano Pires -

alt
Hermanos Irmãos

Hermanos Irmãos  é formado por Jerry Espíndola, Márcio de Camillo e Rodrigo Teixeira. Em 2010, o trio fez mais de 20 shows, lançou o primeiro disco e foi um dos grupos que mais se destacou na cena musical de Mato Grosso do Sul.

A performance no MS Canta Brasil, projeto em que fizeram dobradinha com Rita Lee -, foi histórica e o trio saiu ovacionado por um público de 70 mil pessoas. O grupo integrou o projeto  ’Música do Brasil Central’ no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro e foi destaque do ‘Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães’.

Os três músicos já haviam realizado em 2005 o show ‘Terceiras Intenções’, com repertório 100% autoral. Desta vez, além de mostrar novas composições, o trio reinterpreta parcerias feitas entre eles e cria versões para pérolas dos compositores Almir Sater, Paulo Simões, Geraldo Roca e Geraldo Espíndola. Jerry, Márcio e Rodrigo dão continuidade à tradição da Moderna Música de Mato Grosso do Sul e enfatizam a influência sul-americana na música do Estado.

A canção Hermanos Irmãos, que batiza o trio, foi composta por Jerry, Márcio, Rodrigo com Rodrigo Sater, Paulo Simões e Geraldo Roca; marcando e comemorando a tradição das parcerias musicais em Mato Grosso do Sul.

JERRY ESPÍNDOLA

Nos anos 80, esteve ligado à vanguarda paulistana como vocalista da banda Incontroláveis. De volta a Campo Grande na década de 90, tornou-se um dos principais nomes da cena pop musical do estado. O disco Polca-rock, que segue a estética do ¾, mescla a polca, o chamamé e a guarânia com o rock, jazz e reggae e acrescenta uma sonoridade inédita à música brasileira.

MÁRCIO DE CAMILLO

O compositor foi criado em MS, onde compôs a base inicial do seu estilo. Recentemente musicou as poesias de Manoel de Barros para o público infantil no CD ‘Crianceiras’. Márcio possui canções gravadas por Renato Teixeira, Zé Geraldo, Sérgio Reis e outros. Ele também atua como produtor cultural e realizou importantes projetos que destacam a música regional brasileira, como os shows ‘Violas do Brasil’ (2004) e ‘Música do Brasil Central’ (2011) e o disco CD ‘GerAções MS’ (2006).

RODRIGO TEIXEIRA

Nasceu no RS. Aos 10 anos mudou-se para Campo Grande. Em 1988 deixou a cidade para ir cursar a faculdade de Jornalismo em São Paulo, onde permaneceu até 1996, quando se transferiu para o Rio de Janeiro. Rodrigo voltou à capital em 2004. Foi vocalista do Olho de Gato no final dos anos 80. Já teve composições gravadas por Olho de Gato, Rodrigo Sater e Sérgio Espíndola. Integra o grupo de polca rock Mandioca Loca. É fundador do coletivo cultural Overmundo e atuou por 3 anos como editor de cultura do jornal O Estado de MS. Em fevereiro de 2010, lançou o livro ‘Os Pioneiros – A Origem da Música Sertaneja de MS’.

http://matulacultural.wordpress.com/2010/09/13/hermanos-irmaos

http://www.myspace.com/hermanosirmaos

http://www.melodybox.com.br/hermanosirmaos

[youtube]jTFxH_ONTaQ[/youtube]
[youtube]e2DDCvxTUeI[/youtube]
[youtube]Icy6idZnS2E[/youtube]
[youtube]e6lEkDZ-4LI[/youtube]