s
Portal Café Brasil
Pacto brutal
Pacto brutal
Terminei de assistir a Pacto Brutal, a mini série da ...

Ver mais

Isca Intelectual – O paraquedas de Da Vinci
Isca Intelectual – O paraquedas de Da Vinci
Cerca de 500 anos atrás, Leonardo da Vinci teve a ideia ...

Ver mais

Isca Intelectual – Música na cabeça e no corpo
Isca Intelectual – Música na cabeça e no corpo
Na isca de hoje, você verá Anna-Maria Helefe fazendo ...

Ver mais

Isca Intelectual – O mago Steve Ray Vaughn
Isca Intelectual – O mago Steve Ray Vaughn
Quando você domina sua técnica, tem repertório e ...

Ver mais

Café Brasil 834 – A Lei de Gresham
Café Brasil 834 – A Lei de Gresham
Quando lancei meu livro Brasileiros Pocotó em 2004, e ...

Ver mais

Café Brasil 833 – Rio, beleza e caos
Café Brasil 833 – Rio, beleza e caos
Um cantinho e um violão / Este amor, uma canção Pra ...

Ver mais

Café Brasil 832 – Carta Aberta Ao Brasil – Revisitado
Café Brasil 832 – Carta Aberta Ao Brasil – Revisitado
Em 2016 viralizou uma carta aberta ao Brasil, que um ...

Ver mais

Café Brasil 831 – Nossos problemas
Café Brasil 831 – Nossos problemas
Problemas, problemas, problemas.... todo mundo tem ...

Ver mais

LíderCast 237 – Marcus Kanieski
LíderCast 237 – Marcus Kanieski
No programa de hoje temos Markus Kanieski, advogado de ...

Ver mais

LíderCast 236 – Paulo Ganime
LíderCast 236 – Paulo Ganime
No programa de hoje temos Paulo Ganime, Deputado ...

Ver mais

LíderCast 235 – Gilberto Lopes
LíderCast 235 – Gilberto Lopes
Hoje a conversa é com Gilberto Lopes, o Giba, que é CEO ...

Ver mais

LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
Hoje o convidado é o Danilo Cavalcante, que se diz ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

A boa e velha realidade
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Frases que começam com as expressões “Então…” ou “Veja bem…” não têm como dar certo. Caso o cidadão receba resposta principiando com essas pérolas, pode esperar: Vem chumbo. Você ...

Ver mais

A visão pornográfica de mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A minha família está passeando no Brasil. Eles estão aproveitando as férias escolares do nosso filho mais velho. Ontem uma menina de treze anos conversou com a Bruna, minha esposa. A menina lhe ...

Ver mais

Encontro de Cidades Criativas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Encontro de Cidades Criativas  “As cidades surgem como espaço de encontro; uma cidade é um conjunto de pessoas com oportunidades distintas.” Ana Carla Fonseca A XIV Conferência da Rede de Cidades ...

Ver mais

Nós do Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nós do Brasil  Nossas heranças e nossas escolhas “No Brasil, o futuro de uma criança está em grande parte determinado pelas condições socioeconômicas de sua família no momento do nascimento. ...

Ver mais

Cafezinho 516 – Pra quem decidiu não escolher
Cafezinho 516 – Pra quem decidiu não escolher
Tem uma frase de Willian James, que diz: “Quando você ...

Ver mais

Cafezinho 515 – Você nunca foi tão hipócrita
Cafezinho 515 – Você nunca foi tão hipócrita
O convívio civilizado entre interesses conflitantes é ...

Ver mais

Cafezinho 514 – Saia da Zona da Indiferença
Cafezinho 514 – Saia da Zona da Indiferença
Zona da Indiferença é uma área onde quando forçados a ...

Ver mais

Cafezinho 513 – A lei de Gresham cultural
Cafezinho 513 – A lei de Gresham cultural
Existe um princípio econômico chamado Lei de Gresham, ...

Ver mais

Jayme Florence

Jayme Florence

Luciano Pires -

alt
Jayme Florence

Nascido em Paudalho, no interior de Pernambuco, James Tomás Florence, que assinava Jayme Florence mas ficou conhecido apenas como Meira, aprendeu a tocar violão no instrumento de seu irmão e integrou na década de 20 em Recife o conjunto regional Voz do Sertão, de Luperce Miranda.

Em 1928 Meira e Luperce foram para o Rio de Janeiro, onde o violonista conheceu Noel Rosa, com quem se apresentou algumas vezes.

Em 1935 Augusto Calheiros, o Patativa do Norte, gravou sua composição “Falando ao Teu Retrato” (com letra de De Chocolat). Dois anos depois Meira entrou no conjunto regional mais famoso da época, liderado pelo flautista Benedito Lacerda, substituindo o violonista Carlos Lentine. Lá conheceu o violonista de 7 cordas Horondino Silva, o Dino 7 Cordas, e juntos formaram uma das maiores duplas de violão da música brasileira.

Depois da saída de Benedito Lacerda, continuou no que então se transformou em Regional do Canhoto, com o qual participou de inúmeras gravações. No entanto, nunca lançou um disco solo. Mesmo depois de desfeito o conjunto, tornou-se presença constante em gravações de samba e choro, como em discos de Cartola e no Rosa de Ouro.

Compositor fluente, escreveu peças instrumentais — notadamente choros —, mas encontrou seus maiores sucessos ao lado do letrista Augusto Mesquita: “Deixa pra Lá”, “Amar Foi Minha Ruína”, “Aperto de Mão” e seu maior êxito, o samba-canção “Molambo”, que teve diversas gravações, entre elas as realizadas por Cauby Peixoto, Danilo Caymmi, Elizeth Cardoso, Jair Rodrigues, Jamelão, Ney Matogrosso, Roberto Luna, Leo Gandelman e Maysa.

Foi também professor de dois dos maiores gênios do violão brasileiro, em gerações diferentes: Baden Powell e Raphael Rabello.

http://cifrantiga2.blogspot.com/2007/01/meira.html

http://blogln.ning.com/profiles/blogs/centenario-de-jayme-florence