s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Tenho feito uma série de lives que chamei de ‘Bora pra ...

Ver mais

Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Outro daqueles acidentes estúpidos vitimou mais uma ...

Ver mais

Café Brasil 795 – A Black Friday
Café Brasil 795 – A Black Friday
Uma vez ouvi que a origem do apelido Black Friday seria ...

Ver mais

Café Brasil 794 – O Paradoxo da Tolerância
Café Brasil 794 – O Paradoxo da Tolerância
Eu acho que você concorda que para ter uma sociedade ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Quadrinhos em alta
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Quadrinhos em alta Apesar do início com publicações periódicas impressas para públicos específicos, as HQs não se limitam a atender às crianças. Há quadrinhos para adultos, de muita qualidade, em ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Tipos e Regras de Divisão Lógica (parte 7)
Alexandre Gomes
Antes de tratar das regras da divisão lógica – pois pode parecer mais importante saber as regras de divisão que os tipos de divisão – será útil revisar alguns tópicos já tratados para ...

Ver mais

Simplificar é confundir
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Alexis de Tocqueville escreveu que “uma idéia falsa, mas clara e precisa, tem mais poder no mundo do que uma idéia verdadeira, mas complexa”.   Tocqueville estava certo. Em todos os ...

Ver mais

País de traficantes?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não é segredo que o consumo de drogas é problema endêmico no País, bem como o tráfico delas. O Brasil não apenas recebe toneladas de lixo aspirável ou injetável para consumo interno, como ainda ...

Ver mais

Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
A baixa cultura faz crescer a bunda, melhorar o ...

Ver mais

Cafezinho 440 – Alta e baixa cultura
Cafezinho 440 – Alta e baixa cultura
Baixa cultura é aquela que me faz bater o pé, mexer a ...

Ver mais

Cafezinho 439 – O melhor investimento da Black Friday
Cafezinho 439 – O melhor investimento da Black Friday
Uma coisa é comprar um televisor. Outra é adquirir cultura!

Ver mais

Cafezinho 438 – O homem cordial
Cafezinho 438 – O homem cordial
Brasileiro Cordial é aquele que age conforme a emoção, ...

Ver mais

Joubert de Carvalho

Joubert de Carvalho

Luciano Pires -

Segundo dos 10 filhos do fazendeiro e comerciante de gado Tobias de Carvalho e de Francisca Gontijo de Carvalho. Quando tinha nove anos de idade, seu pai comprou um piano, no qual passou a tocar de ouvido os dobrados que ouvia na banda local.

Aos 13 anos de idade, transferiu-se com a família para São Paulo, ingressando no Ginásio São Bento. Neste ano, compõe sua primeira obra, a valsa “Cruz vermelha”, inspirada no hospital infantil do mesmo nome, que havia na cidade. Seu pai mandou imprimir 500 exemplares da melodia, para serem vendidos em benefício do hospital. O sucesso alcançado pela música, fez com que compusesse outras peças, que entregava à Casa Editora Compassi e Camim – de onde saíram os Irmãos Vitale. O editor passou a lhe encomendar músicas e ele as entregava em troca de 200 exemplares para distribuir aos amigos. Dessa maneira, foram publicadas, entre 1914 e 1918, umas 20 composições, na maioria tangos.

Concluiu, em 1919, o curso secundário, transferindo-se em 1920 para o Rio de Janeiro, onde cursou a Faculdade de Medicina.

De férias em Avaré, após o primeiro ano de faculdade, conheceu o famoso violonista Canhoto (Américo Jacomino), convidando-o a vir para a fazenda onde estava hospedado. Compunha, e Canhoto executava as novas peças ao violão. Na volta a São Paulo, o editor lhe pediu novas composições, dispondo-se a pagar por cada nova música. Comprometeu-se a entregar duas músicas por mês, para uma tiragem de 100 exemplares, o que lhe possibilitou uma vida de estudante bastante confortável.

Na faculdade tinha como colega o sanitarista Osvaldo Cruz, cuja casa freqüentava. Formou-se em 1925, defendendo a tese “Sopros musicais do coração”, em que analisava as vibrações das válvulas cardíacas, produzindo sons, na passagem do sangue.

Em 1927, casou-se com Elza de Faria Carvalho, com quem teve um filho. Em 1932, foi nomeado médico do Instituto dos Marítimos no Rio de Janeiro, onde foi chefe dos ambulatórios, chefe de clínica médica, e chefe de relações públicas, prosseguindo sempre com sua carreira de compositor.

Foi fundador da Sbacem, tendo sido tesoureiro e, posteriormente, conselheiro. Participou do Conselho Federal da Ordem dos Músicos, exercendo uma atividade ininterrupta nessa área.