s
Portal Café Brasil
Planejamento Antifrágil – Aula gratuita!
Planejamento Antifrágil – Aula gratuita!
Dia 28/05, sábado agora, 17h30, logo após o Sarau Café ...

Ver mais

Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Depois de realizar mais de 1000 palestras no Brasil e ...

Ver mais

Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Senna foi o típico exemplo de que para saber algo, só ...

Ver mais

5o. Sarau Café Brasil
5o. Sarau Café Brasil
Depois da Pandemia, está de volta o #Sarau Café Brasil, ...

Ver mais

Café Brasil 823 – Dinheiro: rico sem, pobre com
Café Brasil 823 – Dinheiro: rico sem, pobre com
Você é daqueles para quem dinheiro é tudo? Por causa ...

Ver mais

Café Brasil 822 – Café ao Quadrado
Café Brasil 822 – Café ao Quadrado
Convidei o Christian Gurtner, criador e apresentador do ...

Ver mais

Café Brasil 821 – O amor que nunca morre
Café Brasil 821 – O amor que nunca morre
A Pandemia causou prejuízos em todas as esferas de ...

Ver mais

Café Brasil 820 – My Generations
Café Brasil 820 – My Generations
O conflito de gerações está presente desde o princípio ...

Ver mais

LíderCast 235 – Gilberto Lopes
LíderCast 235 – Gilberto Lopes
Hoje a conversa é com Gilberto Lopes, o Giba, que é CEO ...

Ver mais

LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
Hoje o convidado é o Danilo Cavalcante, que se diz ...

Ver mais

LíderCast 233 – Flavia Zülzke
LíderCast 233 – Flavia Zülzke
Flavia Zülzke é Head de Marketing, Branding, ...

Ver mais

LíderCast 232 – Giovanna Mel
LíderCast 232 – Giovanna Mel
Hoje a convidada é Giovanna Mel, comunicadora e ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 7 – Silogismo Simples (parte 1)
Alexandre Gomes
Como mencionado na lição anterior, vamos agora tratar de silogismo – que é o raciocínio mais associado à lógica.   Definição: O silogismo é um ATO DE RACIOCÍNIO pelo qual a mente ...

Ver mais

Ser ou não ser criativo: eis a questão
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ser ou não ser criativo? Eis a questão  “Criatividade é a inteligência se divertindo.” Albert Einstein Nos eventos voltados ao lançamento do livro Economia + Criatividade = Economia Criativa, ...

Ver mais

Diferentes gerações, diferentes traumas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Inflação e crescimento: diferentes gerações, diferentes traumas “Vejo o Brasil como um país que viveria os ideais do crescimento sustentável. É o lugar mais bonito do mundo e integrar o mundo ...

Ver mais

Segura o Tchan
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O Carnaval de 1996 coroou o sucesso da banda de axé É o Tchan/Gera Samba, liderada por Compadre Washington, com a música-chiclete Segura o Tchan. Além da letra – digamos – exótica, a dançarina ...

Ver mais

Cafezinho 492 – Fique parado e morra.
Cafezinho 492 – Fique parado e morra.
O recado é: mexa-se! Mas pra onde? Pra qualquer lado? ...

Ver mais

Cafezinho 491 – Os malabaristas eleitorais
Cafezinho 491 – Os malabaristas eleitorais
Observando a corrida eleitoral, com os malabarismos que ...

Ver mais

Cafezinho 490 – Seja ignorante, por favor!
Cafezinho 490 – Seja ignorante, por favor!
A única certeza que podemos ter é que nas questões ...

Ver mais

Cafezinho 489 – Lucrando na crise
Cafezinho 489 – Lucrando na crise
Há muito tempo compreendi que as pessoas apreendem ...

Ver mais

Mauro Senise

Mauro Senise

Luciano Pires -

Neto de Alceu Amoroso Lima pelo lado materno e descendente de italianos pelo lado paterno.

Quando adolescente, escutava o rock de Jimmy Hendrix, The Doors e Bob Dylan, até descobrir o som do jazz do apartamento vizinho, freqüentado por Vitor Assis Brasil e Tenório Jr.

Em 1970, entrou para a Faculdade de Jornalismo da PUC -Rio. Cursou o primeiro semestre, desligando-se, em seguida, da universidade, com o objetivo de estudar música. Freqüentou o Instituto Villa-Lobos, onde recebeu as primeiras noções de teoria musical, escolhendo a gaita como instrumento de trabalho. Aprofundou seus estudos na Pró-Arte, assistindo ao curso de flauta transversa ministrado pela professora Odette Ernest Dias, através de quem descobriu a riqueza da música de Pixinguinha e das sonatas de Bach.

Em seguida, começou a estudar saxofone com Paulo Moura, inicialmente no Museu da Imagem e do Som e, depois, em aulas particulares. Através do saxofonista, conheceu Wagner Tiso, Hermeto Pascoal e Luís Eça, aprofundando informalmente seu conhecimento de teoria e harmonia através de sua própria atuação com estes músicos.

Em 2000, participou do “Projeto Bossa Nova”, realizado no Parque Garota de Ipanema (RJ), e do Projeto Aquarius, como solista da Orquestra Sinfônica Brasileira, em concerto para mais de 20 mil pessoas no Forte de Copacabana, também no Rio de Janeiro.

Em 2002, lançou o CD “Vênus”, contendo exclusivamente canções com nomes de mulher: “Marelena” e “Teresa”, ambas de Gilson Peranzzetta, “Marina” e “Dora”, ambas de Dorival Caymmi, “Mira” (Roberto Araújo), “Maria” (Ary Barroso), “A Rita” (Chico Buarque), “Ana Luiza” (Tom Jobim), “Beatriz” (Chico Buarque e Edu Lobo) e “Rosa” (Pixinguinha). O disco contou com a participação de Gilson Peranzetta (piano), Vittor Santos (trombone), Paulo Russo (baixo), Ivan Conti (bateria), Marcelo Martins (sax tenor), Jessé Sadoc (flugelhorn) e Marcos Nimrichter (piano). Também nesse ano, apresentou-se no Lincoln Center, em Nova York, no espetáculo “The Music by Pixinguinha”.

Desde 1999, vem participando, também como solista, do Rio International Cello Encounter, evento que reune instrumentistas nacionais e internacionais.
Em 2005, lançou, com o pianista Jota Moraes, o CD “Tempo caboclo”, indicado para o Grammy Latino 2006, na categoria Música Clássica.

Em 2008, lançou “Êxtase”, quarto CD do duo que mantém com Gilson Peranzzetta, e “Caixa de música”, disco gravado com o pianista Kiko Continentino e o guitarrista Leonardo Amuedo.

Lançou, em 2009, o CD “Lua cheia”, reunindo composições de Dolores Duran e Sueli Costa, com arranjos de Gilson Peranzzetta. Fez show de lançamento do disco na Sala Cecília Meireles (RJ).

Em 2010, lançou, em parceria com Gilson Peranzzetta e Silvia Braga, o CD “Melodia sentimental”, contendo as faixas “Lenda do caboclo” e “Melodia sentimental”, ambas de Villa-Lobos, “Le Petit Berger” e “Doctor Gradus ad Parnassum”, ambas de Claude Debussy, “Siciliano” (J.S. Bach), “Villa Jobim” (Gilson Peranzzetta e Ivan Lins), “Teresa” (Gilson Peranzzetta), “Amparo” (Tom Jobim), “Todo sentimento” (Cristóvão Bastos e Chico Buarque) e “No tabuleiro da baiana” (Ary Barroso).

http://www.maurosenise.com.br/


Mauro Senise

[youtube]_GqIIdUEgFk[/youtube]

[youtube]oxwxZgViVc0[/youtube]

[youtube]G7_ofx5c0M0[/youtube]