s
Portal Café Brasil
Pacto brutal
Pacto brutal
Terminei de assistir a Pacto Brutal, a mini série da ...

Ver mais

Isca Intelectual – O paraquedas de Da Vinci
Isca Intelectual – O paraquedas de Da Vinci
Cerca de 500 anos atrás, Leonardo da Vinci teve a ideia ...

Ver mais

Isca Intelectual – Música na cabeça e no corpo
Isca Intelectual – Música na cabeça e no corpo
Na isca de hoje, você verá Anna-Maria Helefe fazendo ...

Ver mais

Isca Intelectual – O mago Steve Ray Vaughn
Isca Intelectual – O mago Steve Ray Vaughn
Quando você domina sua técnica, tem repertório e ...

Ver mais

Café Brasil 834 – A Lei de Gresham
Café Brasil 834 – A Lei de Gresham
Quando lancei meu livro Brasileiros Pocotó em 2004, e ...

Ver mais

Café Brasil 833 – Rio, beleza e caos
Café Brasil 833 – Rio, beleza e caos
Um cantinho e um violão / Este amor, uma canção Pra ...

Ver mais

Café Brasil 832 – Carta Aberta Ao Brasil – Revisitado
Café Brasil 832 – Carta Aberta Ao Brasil – Revisitado
Em 2016 viralizou uma carta aberta ao Brasil, que um ...

Ver mais

Café Brasil 831 – Nossos problemas
Café Brasil 831 – Nossos problemas
Problemas, problemas, problemas.... todo mundo tem ...

Ver mais

LíderCast 237 – Marcus Kanieski
LíderCast 237 – Marcus Kanieski
No programa de hoje temos Markus Kanieski, advogado de ...

Ver mais

LíderCast 236 – Paulo Ganime
LíderCast 236 – Paulo Ganime
No programa de hoje temos Paulo Ganime, Deputado ...

Ver mais

LíderCast 235 – Gilberto Lopes
LíderCast 235 – Gilberto Lopes
Hoje a conversa é com Gilberto Lopes, o Giba, que é CEO ...

Ver mais

LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
Hoje o convidado é o Danilo Cavalcante, que se diz ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

A boa e velha realidade
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Frases que começam com as expressões “Então…” ou “Veja bem…” não têm como dar certo. Caso o cidadão receba resposta principiando com essas pérolas, pode esperar: Vem chumbo. Você ...

Ver mais

A visão pornográfica de mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A minha família está passeando no Brasil. Eles estão aproveitando as férias escolares do nosso filho mais velho. Ontem uma menina de treze anos conversou com a Bruna, minha esposa. A menina lhe ...

Ver mais

Encontro de Cidades Criativas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Encontro de Cidades Criativas  “As cidades surgem como espaço de encontro; uma cidade é um conjunto de pessoas com oportunidades distintas.” Ana Carla Fonseca A XIV Conferência da Rede de Cidades ...

Ver mais

Nós do Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nós do Brasil  Nossas heranças e nossas escolhas “No Brasil, o futuro de uma criança está em grande parte determinado pelas condições socioeconômicas de sua família no momento do nascimento. ...

Ver mais

Cafezinho 516 – Pra quem decidiu não escolher
Cafezinho 516 – Pra quem decidiu não escolher
Tem uma frase de Willian James, que diz: “Quando você ...

Ver mais

Cafezinho 515 – Você nunca foi tão hipócrita
Cafezinho 515 – Você nunca foi tão hipócrita
O convívio civilizado entre interesses conflitantes é ...

Ver mais

Cafezinho 514 – Saia da Zona da Indiferença
Cafezinho 514 – Saia da Zona da Indiferença
Zona da Indiferença é uma área onde quando forçados a ...

Ver mais

Cafezinho 513 – A lei de Gresham cultural
Cafezinho 513 – A lei de Gresham cultural
Existe um princípio econômico chamado Lei de Gresham, ...

Ver mais

Papo de Anjo

Papo de Anjo

Luciano Pires -

Seis músicos tão talentosos quanto experientes e um repertório de clássicos apresentados com nova roupagem é a receita que vem fazendo o sucesso do “Papo de Anjo”, um dos grupos mais importantes do país quando o assunto é choro.

O gênero, redescoberto pelas novas gerações de músicos e admiradores da boa música, é a base do trabalho do sexteto formado em 1998 em São Paulo, com nítida influência de grupos veteranos como o Época de Ouro, formação instrumental clássica – com violão de 7 e 6 cordas, cavaquinho, pandeiro, flauta e clarinete – e uma linguagem própria, atual, que reinterpreta as criações do passado sem jamais descaracterizá-las.

Os integrantes são velhos conhecidos de quem acompanha o cenário instrumental brasileiro: além de trabalhos solo de qualidade, todos têm sólida carreira ao lado de grandes nomes da nossa música.

Edmilson Capelupi é o talento por trás do violão sete cordas, além de criar os arranjos. Lula Gama é responsável pelo violão de seis cordas; Haroldo Capelupi, pelo cavaquinho; Betinho Sodré, pela percussão. Os sopros se dividem entre Daniel Alain, na flauta e no sax tenor, e Zezinho Pitoco, que toca clarinete, sax alto e tenor e também assina parte dos arranjos.

O grupo presta uma homenagem a um dos maiores nomes do choro – o maestro, compositor, arranjador e pianista Radamés Gnattali, que em 2006 completaria cem anos de idade.

É ele o autor de Papo de Anjo, a música que dá nome ao grupo e que faz parte de uma série de composições batizadas com nomes de doces brasileiros, como Bolacha Queimada, Pé-de-moleque e Puxa-Puxa. Do maestro, o grupo apresenta o choro Remexendo e o segundo movimento da suíte Retratos. O primeiro CD do sexteto, Papo de Anjo – Choro, lançado em 2003 pela Paulinas-COMEP reúne choros, polcas, valsas e maxixes de compositores clássicos, além de criações dos próprios integrantes.

Entre os destaques, Nostalgia e Bola Preta, de Jacob do Bandolim, Queira-me Bem, de Waldir Azevedo, Tenebroso, de Ernesto Nazareth e Dominante, do mestre Pixinguinha, o artista que deu forma, estrutura e vida ao gênero.

A proposta do grupo é a mais simples possível: divulgar um dos gêneros mais ricos da música brasileira e tocar o coração de cada vez mais “chorões” e fãs da boa música. Uma tarefa que não exige grandes estruturas ou investimentos – mas que é da maior importância para a cultura brasileira como um todo. Além de ser um grande prazer.

http://www.myspace.com/papodeanjo


Papo de anjo