s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
Café Brasil 787 – Reações ao Cuzão
O Café Brasil anterior, o 786 – O Cuzão, rendeu, viu? ...

Ver mais

Café Brasil 786 – O cuzão.
Café Brasil 786 – O cuzão.
Cara, como é complicada a vida de podcaster, bicho! A ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Menos Marx, mais Mises
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Menos Marx, mais Mises  “Apesar de ainda ser muito pouco conhecido entre os jovens brasileiros em comparação com Karl Marx, o nome do economista austríaco Ludwig von Mises se tornou um dos ...

Ver mais

Você ‘tem fé’ no Estado democrático de direito?
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Hoje, num grupo de professores, um velho colega me escreveu que “tem fé” no “Estado democrático de direito” e na “separação dos poderes”. Mas com uma ressalva: ...

Ver mais

Percepções diferentes na macro e na microeconomia
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Percepções diferentes na macro e na microeconomia “Na economia, esperança e fé coexistem com grande pretensão científica e também um desejo profundo de respeitabilidade.” John Kenneth Galbraith ...

Ver mais

Cafezinho 424 – Desimportância
Cafezinho 424 – Desimportância
Hoje, com todas as facilidades na mão, estamos fugindo ...

Ver mais

Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Cafezinho 423 – Capital social? Só se der lucro.
Estamos perdendo aquilo que o cientista político e ...

Ver mais

Cafezinho 422 – A política do ódio
Cafezinho 422 – A política do ódio
Não siga a maioria só porque é maioria. Não siga a moda ...

Ver mais

Cafezinho 421 – A normose
Cafezinho 421 – A normose
É confortante saber que somos normais, não é? Pois é. ...

Ver mais

Rhaissa Bittar

Rhaissa Bittar

Luciano Pires -

Rhaissa Bittar (por ela mesma)

Comecei batendo a boca no chão toda vez que pulava do berço. Depois de aprimorar os graves e agudos com o meu microfone de plástico, cresci e tomei aulas de violão e canto. Também tive minha fase teatral, aos 16 anos, quando participei de montagens musicais e ganhei dois prêmios de melhor atriz do Estado de São Paulo em festivais estudantis.

Aos 17, me juntei a outros músicos e saímos porão afora tocando samba e choro com o grupo “Coisa linda de Deus”, mas a turnê acabou com um baita calote do dono do bar. Quando atingi a maioridade penal, tomei um avião para a China e fui chorar minha mágoa do samba lá em Taiwan, onde fiquei durante um ano estudando música erudita e popular taiwanesa.

De volta ao Brasil, aos 20, misturei referências chinesas às raízes tupiniquins para gravar meu primeiro disco, Voilà, com arranjos e produção da sagaz Panela Produtora.

O álbum reúne belas crônicas do cotidiano e para passear por diversas referências da música brasileira contou com a participação do gogó e pena de Maurício Pereira, do clarinete do músico Proveta, dos violinos de Ricardo Herz, do acordeon de Lula Alencar, dos graves do baixista Lucas Espósito, do piano de Daniel Szafran, dos sopros da Banda Paralela, dos ouvidos de Janjão Vasconcelos e de mais um pessoal da pesada.

http://www.myspace.com/rhaissabittar


Rhaissa Bittar fotografada por Gui Castoldi

[youtube]k0m8gm3KmjI[youtube]                                                                                                                                                                                                                                                 [youtube]vNu_o3tK3Ss[/youtube]
[youtube]ZPEK_9AKoxk[/youtube]
[youtube]dnoqmB99uD8[/youtube]
[youtube]oSSKD-mrFck[/youtube]                                                                                                                                                                                                                                                             [youtube]oSSKD-mrFck[/youtube]