s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Tenho feito uma série de lives que chamei de ‘Bora pra ...

Ver mais

Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Outro daqueles acidentes estúpidos vitimou mais uma ...

Ver mais

Café Brasil 795 – A Black Friday
Café Brasil 795 – A Black Friday
Uma vez ouvi que a origem do apelido Black Friday seria ...

Ver mais

Café Brasil 794 – O Paradoxo da Tolerância
Café Brasil 794 – O Paradoxo da Tolerância
Eu acho que você concorda que para ter uma sociedade ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Quadrinhos em alta
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Quadrinhos em alta Apesar do início com publicações periódicas impressas para públicos específicos, as HQs não se limitam a atender às crianças. Há quadrinhos para adultos, de muita qualidade, em ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Tipos e Regras de Divisão Lógica (parte 7)
Alexandre Gomes
Antes de tratar das regras da divisão lógica – pois pode parecer mais importante saber as regras de divisão que os tipos de divisão – será útil revisar alguns tópicos já tratados para ...

Ver mais

Simplificar é confundir
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Alexis de Tocqueville escreveu que “uma idéia falsa, mas clara e precisa, tem mais poder no mundo do que uma idéia verdadeira, mas complexa”.   Tocqueville estava certo. Em todos os ...

Ver mais

País de traficantes?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não é segredo que o consumo de drogas é problema endêmico no País, bem como o tráfico delas. O Brasil não apenas recebe toneladas de lixo aspirável ou injetável para consumo interno, como ainda ...

Ver mais

Cafezinho 442 – Por que cultura é boa?
Cafezinho 442 – Por que cultura é boa?
A cultura é boa porque influencia diretamente a forma ...

Ver mais

Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
A baixa cultura faz crescer a bunda, melhorar o ...

Ver mais

Cafezinho 440 – Alta e baixa cultura
Cafezinho 440 – Alta e baixa cultura
Baixa cultura é aquela que me faz bater o pé, mexer a ...

Ver mais

Cafezinho 439 – O melhor investimento da Black Friday
Cafezinho 439 – O melhor investimento da Black Friday
Uma coisa é comprar um televisor. Outra é adquirir cultura!

Ver mais

Rodrigo Delage

Rodrigo Delage

Luciano Pires -

alt
Rodrigo Delage

Nascido em Belo Horizonte, porém tendo morado em algumas cidades do interior, dentre elas Pirapora, surge das barrancas do Velho Chico, onde desde pequeno navegava por entre peixes, lendas e estórias, a paixão pela viola caipira.

Sempre viajando pelos rios São Francisco, Das Velhas, Urucúia, ele ouve ‘causos’, grava paisagens, escuta e observa os bichos, e traz tudo isso para o universo da viola.

No ano de 1999, juntamente com os violeiros Claúdio Araújo, Dimas Soares e Noel Andrade, gravou participação especial no terceiro cd, de nome Reinado, do violeiro Chico Lobo, gravando também no cd “Viola Caipira – Tradição, Causos e Crenças”, seu toque “Na Ponta da Zagaia”, inspirado na “Pegada da Onça”, recolhida por Dimas Soares do violeiro Sebastião Rodrigues, natural do vale do rio Mucuri.

Em outubro de 2000, participou da gravação de cd do projeto “Zás”, realizado pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, juntamente com o escritor mineiro Olavo Romano.

Em 2003, gravou o seu primeiro disco, “Viola Caipira Instrumental”, mostrando suas composições, além de algumas adaptações de temas de Domínio Público, contando com a participação de Pena Branca e do violeiro Chico Lobo, além dos músicos Rogério Delayon e Carlinhos Ferreira.

Seu primeiro disco solo foi premiado em 2004, como melhor disco de viola do ano, pelo “Prêmio Nacional de Excelência da Viola Caipira”, de iniciativa da “Revista Viola Caipira”, no qual foi vencedor também na categoria melhor violeiro. Teve seus toques de viola utilizados em reportagens da TV Globo/Globo News, nos programas “Globo Rural” e “Mais Você”. Cedeu também composições para vinhetas de arte e programação da Rede Minas de Televisão. Compôs trilhas para vídeos do documentarista Dêniston Diamantino, responsável pela Opará Vídeos, exibidos em Festivais Nacionais e Internacionais de Cinema, como o “Cineport – 2004, Festival Internacional de Cinema da Língua Portuguesa” e o Festival de Cinema de Gramado/2004.

Em 2006, participou do “Dossiê Guimarães Rosa”, lançado pelo Instituto de Estudos Avançados da USP em comemoração ao cinqüentenário do romance “Grande Sertão: Veredas”, publicação que veio encartada com um cd recheado de músicas que abordam o universo sertanejo que inspirou o escritor. De curadoria do violeiro Ivan Vilela, o cd contou com a participação dos violeiros Renato Andrade, Paulo Freire, Tavinho Moura, Ivan Vilela, Rodrigo Delage, além do grupo Inhambuzim, Estúrido Quarteto, e declamações de sertanejos e dos literários Antônio Cândido e José Mindlim.

Vem das barrancas do Velho Chico, a inspiração para seu segundo álbum “Águas de uma Saudade – Viola Caipira”.

O disco foi gravado em 2007, no estúdio Bemol (BH / MG) e também na Associação Cultural Cachuera! (São Paulo / SP), e teve direção musical de André Siqueira, que atuou também como músico (violão, baixo e flauta), juntamente com Ricardo Cheib (percussão), Thomas Rorher (rabeca), Gabriel Levy (acordeom e piano), Max Rosa (vozes), Rafa Duarte (vozes) e Antônio Viola (cello), contando com a participação especial do violeiro e cantador Cláudio Lacerda. O álbum retrata suas composições, além de duas adaptações de domínio público e duas parcerias com o escritor mineiro Jorge Fernando dos Santos.

http://br.myspace.com/rodrigodelage

http://www.rodrigodelage.com.br/

[youtube]J9Wk9eYejss[/youtube]
[youtube]JgSDz66jBQU[/youtube]
[youtube]9Fr4m99fPdE[/youtube]