s
Portal Café Brasil
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Encontro Roberto Motta e Luciano Pires
Roberto Motta e Luciano Pires numa manhã de conversas ...

Ver mais

Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Café Brasil 930 – A Escolha de Sofia
Tomar decisões é uma parte essencial do dia a dia, ...

Ver mais

Café Brasil 929 – Desobediência Civil
Café Brasil 929 – Desobediência Civil
O livro "Desobediência Civil" de Henry David Thoreau é ...

Ver mais

Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Café Brasil 928 – Preguiça Intelectual
Láááááááá em 2004 eu lancei meu livro Brasileiros ...

Ver mais

Café Brasil 927 – Quando a água baixar
Café Brasil 927 – Quando a água baixar
A história de Frodo Bolseiro em "O Senhor dos Anéis" ...

Ver mais

LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
LíderCast 324 – Cristiano Corrêa
Hoje trazemos Cristiano Corrêa, um especialista no ...

Ver mais

LíderCast 323 – Sérgio Molina
LíderCast 323 – Sérgio Molina
O convidado de hoje é Sérgio Molina, – atual CEO do ...

Ver mais

LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
LíderCast 322 – Rodrigo Rezende
Rodrigo Rezende, carioca, empreendedor raiz, um dos ...

Ver mais

LíderCast 321 – Rafael Cortez
LíderCast 321 – Rafael Cortez
Tá no ar o #LC321 O convidado de hoje é Rafael Cortez, ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Criatividade, destruição criativa e inteligência artificial   “O capitalismo é, essencialmente, um processo de mudança econômica (endógena). O capitalismo só pode sobreviver na ...

Ver mais

Inteligência de mercado (Business intelligence)
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A importância da inteligência de mercado[1] Considerações iniciais Este artigo tem por objetivo ressaltar a importância da inteligência de mercado no competitivo mundo contemporâneo, por se ...

Ver mais

Americanah
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Americanah   “O identitarismo tem duas dimensões, uma dimensão intelectual e uma dimensão política, que estão profundamente articuladas, integradas. A dimensão intelectual é resultado ...

Ver mais

Cafezinho 328 – Crimes de Honra
Cafezinho 328 – Crimes de Honra
A Corte Constitucional da França recentemente declarou ...

Ver mais

Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
Cafezinho 627 – O Pum da Vaca
O físico Richard Feynman tem uma frase ótima: "A ...

Ver mais

Cafezinho 626 – A Globo já era?
Cafezinho 626 – A Globo já era?
A internet mudou tudo. Ela acabou com os ...

Ver mais

Cafezinho 625 – Fake news que matam
Cafezinho 625 – Fake news que matam
Há tempos eu digo que saímos da Sociedade da Informação ...

Ver mais

Cafezinho 196 – O sequestro do belo

Cafezinho 196 – O sequestro do belo

Luciano Pires -

Cara, essa diabólica estratégia implementada ao longo dos últimos 30/40 anos, de separar o país em grupos e colocar uns contra os outros parece que chegou perto do limite. A questão é política, mas já contaminou a cultura e o comportamento. A consequência mais visível e óbvia é o estrago nos relacionamentos, com interrupção de amizades, rompimento entre familiares e coisas absurdas que temos ouvido e vivido. Mas tem mais.
 
Num final de tarde, ao colocar o computador em modo de suspensão para ir embora, o Windows automaticamente jogou um protetor de tela ao fundo. Era uma foto maravilhosa de um tucano, com cores vibrantes, um enquadramento instigante, aquele bico amarelo tomando quase toda a tela. Maravilhoso! Num monitor de 43 polegadas, foi de tirar o fôlego. Fiquei tão impactado que tirei uma foto do monitor e publiquei nas mídias sociais, dizendo que o Windows tinha me dado um presente. Eu só vi a beleza do tucano. Pronto. E aí começaram a chegar comentários de quem viu o Aécio, de gente fazendo ironia sobre minha preferência política. Afinal, o tucano pertence ao PSDB.
Eu tenho peças de roupa vermelhas. Cada vez que apareço com uma delas, tenho de ouvir piadinhas ou ironias. O vermelho pertence ao PT, à esquerda, e se eu o uso, estou do lado deles.
 
Usei músicas de Chico Buarque num podcast. E chegaram comentários do tipo “uma pena você estragar o programa com esse simpatizante de ditaduras e amigo de bandidos.”
 
Cara, você acha que eu vou dar a meus adversários e detratores o gostinho de impedir que eu poste uma foto que gostei, use uma cor que me agrada, ouça uma música que fez a trilha sonora da minha vida? Mas não mesmo! Não deixarei que esses caras sequestrem o belo, patrulhando para que eu meça o mundo pela régua deles. Não mesmo.
Isso já aconteceu na história, e começou da mesma forma. Alguém sequestrou o bem, e decidiu sumir com quem achava que era do mal. O resultado foram morticínios.
 
Bem, eu comecei este texto dizendo que chegamos perto do limite, não é? Mas por que perto? Porque ainda não começamos a matar em série quem pensa diferente de nós.
 
O lindo tucano é uma ave maravilhosa. O vermelho é uma cor que inspira, dá energia e motiva. Chico Buarque tem músicas que me enchem os olhos d´água, me inspiram e trazem lembranças que não têm preço.
Reduzir tudo isso à uma questão de simpatia por partidos políticos ou ideologias é ser um verdadeiro trouxa.
 
É ser um sequestrador do belo.
 
Pronto. Viu o que você pensou?
 
A palavra “belo” foi sequestrada por um pagodeiro.

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br