s
Portal Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Regras de Definição (parte 5)
Alexandre Gomes
  Para cumprir a função de DEFINIÇÃO, esta deve atender alguns requisitos. Do contrário, será apenas enrolação ou retórica vazia. Os requisitos são: 1. CONVERSÍVEL em relação ao sujeito, à ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Descobri o que acontece com aquela gente enfática, que ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3

Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3

Luciano Pires -

Fiz alguns cafezinhos um tempo atrás falando dos monstros da negatividade, aquela gente com pensamento negativo, que acusa qualquer um que se diga esperançoso de ter motivações e intenções obscuras, do mal. A negatividade tem suas raízes no medo de ser desrespeitado pelos outros; no medo de não ser amado pelos outros e no medo de que coisas ruins possam acontecer. Esses três medos, conectados e se auto alimentando, ampliam a percepção de que está tudo errado e que vamos invariavelmente nos dar mal. Quem vive sob a influência desses medos, reagirá mal a qualquer um que tente mostrar que existe algo bom em perspectiva. Para o monstro da negatividade, a única garantia é o fracasso, e pedir que ele confie em qualquer outra pessoa, lei, instituição ou até em você mesmo, é perda de tempo. O raciocínio dele está preso numa eterna noite sem luar.

Dá pra reconhecer essas pessoas observando alguns sinais:

– A tendência de ver motivações negativas nas ações de outras pessoas. Tudo que alguém faz tem segundas – e más – intenções.

– A tendência a acreditar que o futuro é tenebroso. O que está bom agora, dará errado logo mais. Sempre foi assim, por que mudaria agora?

– Aversão a risco, especialmente ao risco de confiar nos outros. Suas relações serão, necessariamente, superficiais.

– Necessidade de controlar o comportamento dos outros. O monstro da negatividade quer controle. Seu controle.

Sabe o que existe em comum nesses sinais? A tendência a sempre jogar a culpa em algo externo, noutra pessoa, numa instituição, no sistema, na história. Ou então na má sorte. Nunca a culpa e da própria pessoa, de suas escolhas e atitudes. A felicidade está lá fora, mas algo ou alguém do mal a impede de chegar lá. Então ela vai reclamar desse algo ou alguém. E se aparecer um ingênuo tentando mudar a realidade, ela reclamará dele, pois tem certeza que nada dará certo.

Você conhece gente que pensa assim?  O quê? Você pensa assim?

Putz… Cara, procure ajuda. Você deve ser insuportável.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br