s
Portal Café Brasil
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil – A chamada
Café Brasil – A chamada
Meu conteúdo vale muito desde que seja de graça.

Ver mais

Café Brasil 745 – Superhomem
Café Brasil 745 – Superhomem
O programa de hoje passa por igualdade de gêneros. E ...

Ver mais

Café Brasil 744 – Sinalização de virtude
Café Brasil 744 – Sinalização de virtude
Você já ouviu alguns ditados como “faça o que digo, não ...

Ver mais

Café Brasil 743 – A inveja
Café Brasil 743 – A inveja
Olha, tá pesado, viu? A cizânia plantada na sociedade ...

Ver mais

LíderCast 210 – Sarah Rosa
LíderCast 210 – Sarah Rosa
“Atriz pornô e acompanhante” como ela mesma se define. ...

Ver mais

LíderCast 209 – Gabriel Lima
LíderCast 209 – Gabriel Lima
CEO da Enext e uma das mais jovens referências nos ...

Ver mais

LíderCast 208 – Alon Lavi
LíderCast 208 – Alon Lavi
Bacharel em Engenharia Biotecnológica na Universidade ...

Ver mais

LíderCast 207 – Danilo Balu
LíderCast 207 – Danilo Balu
escritor, formado em educação física, corredor, que ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Vacinas para quem precisa
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não, o assunto não é a vacina contra a Covid-19. Por dois motivos: Primeiro, tem gente demais dando opinião sobre isso, e a maioria totalmente leiga no assunto. A coisa virou briga política, e ...

Ver mais

A montanha-russa peruana
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A montanha-russa peruana Peru em flashes  “Desde a década de 1970, a democracia na América Latina cresceu num clima internacional favorável, mas suas vantagens são prejudicadas pela fraqueza de ...

Ver mais

A nova esquerda e a ideologia ultraliberal
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Amigos, a nossa alienação nunca está onde nós acreditamos que ela esteja: a nossa alienação está justamente onde temos certeza de que enxergamos a realidade.   Digo isso porque percebo, em boa ...

Ver mais

A gangorra da concentração no setor bancário
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A gangorra da concentração no setor bancário  “Concorrência é como um jogo de tênis. Não tem contato físico. Não podemos impedir que ela crie jogadas e produza. Temos que ser eficientes em nosso ...

Ver mais

Cafezinho 338 – Cobertor de casal
Cafezinho 338 – Cobertor de casal
Ir de um post ao outro foi como sair de uma sauna e ...

Ver mais

Cafezinho 337 – Erebus e Terror
Cafezinho 337 – Erebus e Terror
A Expedição Franklin, no final do século 19, apesar de ...

Ver mais

Cafezinho 336 – Dê uma chance pra sorte
Cafezinho 336 – Dê uma chance pra sorte
Não dá pra provocar a sorte. Mas dá pra dar uma chance ...

Ver mais

Cafezinho 335 – Identidade
Cafezinho 335 – Identidade
Não me reconheço mais neste povo incompleto e perdido, ...

Ver mais

Cafezinho 326 – O atalho

Cafezinho 326 – O atalho

Luciano Pires -

 

Cara, é ligar a televisão para ter certeza que o mundo vai acabar amanhã. Queimado, infectado, envenenado, asfixiado, olha, eu não sei como, mas acaba amanhã. Somos afogados em muitos dados, poucas informações e nenhum conhecimento.

E como fazer quanto temos de tomar decisões tendo pouca informação, hein? Usamos um sistema chamado heurístico, que é composto por regras simples e eficientes que usamos para fazer nossos julgamentos e tomar decisões. Essas regras são atalhos que simplificam a análise e tomada de decisão, e na maioria das vezes dão certo. Por exemplo, você vai numa pizzaria com oito amigos. Como é que você faz para pedir as pizzas na quantidade certa? Tem o jeito complexo, que é perguntar para cada um quantos pedaços de pizza vai comer e calcular o pedido. E tem o atalho: da última vez vocês pediram seis pizzas, é só pedir a mesma quantidade de novo e tá tudo resolvido.

O risco dos atalhos é que eles nos deixam vulneráveis para o viés cognitivo, a tendência que a gente tem de acreditar em determinadas coisas, independente dos fatos, né?

Isso provoca desvios da lógica, da probabilidade e das escolhas racionais. Escolhemos aquilo que gostamos, e não aquilo que é certo ou que precisamos.

E aí é isso que estamos vendo: torcidas pra todo lado. Torcida de time de futebol, torcida de gosto, torcida de políticos, torcida de remédios, cara.

É surreal.

O que fazer então? Bem, não acho que vale a pena abandonar os atalhos, o que eu tenho tentado fazer é enriquecer meu processo de julgamento e tomada de decisão. Faço isso me expondo a ideias, experiências, pessoas e situações múltiplas. Cada vez mais. Exercendo minha curiosidade genuína, sem me prender às modinhas da hora.

Olha, nada disso garante que pegarei o atalho preciso, mas com certeza garante que estarei na direção certa.

O que, neste mundo maluco, cara, é uma baita vantagem.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, conteúdo extra-forte para seu crescimento profissional www.cafebrasilpremium.com.br.

 

Versão do Youtube em