s
Portal Café Brasil
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil 753 – A sala dos professores
Café Brasil 753 – A sala dos professores
Professor...professor...professor... houve um tempo em ...

Ver mais

Café Brasil 752 – Jam Session
Café Brasil 752 – Jam Session
Uma das coisas mais fascinantes é a demonstração de ...

Ver mais

Café Brasil 751 – A hipocrisia nossa de cada dia
Café Brasil 751 – A hipocrisia nossa de cada dia
A Perfetto é patrocinadora do Café Brasil e… sabe ...

Ver mais

Café Brasil 750 – The Rocket Man
Café Brasil 750 – The Rocket Man
Algumas obras de arte são tão perfeitas, mas tão ...

Ver mais

LíderCast 216 – Denise Pitta
LíderCast 216 – Denise Pitta
Empreendedora digital, dona do site Fashion Bubbles, ...

Ver mais

LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
Historiador, professor, comentarista polêmico em rádio ...

Ver mais

LíderCast 214 – Bianca Oliveira
LíderCast 214 – Bianca Oliveira
Jornalista e apresentadora, hoje vivendo na Europa, ...

Ver mais

LíderCast 213 – Brunna Farizel e Lucas Moreira
LíderCast 213 – Brunna Farizel e Lucas Moreira
Empreendedores, criadores de uma franquia inovadora, ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Ford, polarização e “capitalismo sem riscos”
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ford, polarização e “capitalismo sem riscos”  “A desindustrialização brasileira é resultado das intervenções equivocadas que fizemos. E o pior é que o setor empresarial, as lideranças do setor ...

Ver mais

Os economistas mais influentes da atualidade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Os economistas mais influentes da atualidade  “O que são as pessoas de carne e osso? Para os mais notórios economistas, números. Para os mais poderosos banqueiros, devedores. Para os mais ...

Ver mais

A sala de professores e a deseducação
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Comecei a dar aulas no Ensino Médio em 1999, quando estava no segundo ano da graduação em Filosofia. Ou seja: há mais de vinte anos comecei a freqüentar a sala de professores. Nesse ambiente ...

Ver mais

Leituras, conexões e reminiscências
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Leituras, conexões e reminiscências “Se você tiver uma maçã e eu tiver uma maçã e trocarmos nossas frutas, continuaremos com uma maçã cada. Mas, se você tiver uma ideia e eu tiver uma ideia e ...

Ver mais

Cafezinho 353 – Confie desconfiando
Cafezinho 353 – Confie desconfiando
Uma sociedade repleta de gente com excesso de confiança ...

Ver mais

Cafezinho 352 – O drama da esquina
Cafezinho 352 – O drama da esquina
Não espere os grandes dramas nacionais para agir.

Ver mais

Cafezinho 351 – Um autoritário pra chamar de seu
Cafezinho 351 – Um autoritário pra chamar de seu
As pessoas perderam completamente o bom-senso e já há ...

Ver mais

Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo
Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo
No mundo de hoje, caótico, competitivo e apressado, ...

Ver mais

Cafezinho 340 – Sobre valores e convicções

Cafezinho 340 – Sobre valores e convicções

Luciano Pires -

Bom dia boa tarde boa noite, mais um cafezinho diferenciado. Eu estou em cima da edição do módulo de liderança do meu curso CAMP, e esse processo todo me obriga a voltar atrás do tempo e capturar muitos conteúdos que eu fui acumulando ao longo do tempo sobre liderança.
A internet não tem conteúdo velho, existe o conteúdo que está depositado em algum lugar, e que a gente pega e traz para diante, dá uma revisada e coloca para funcionar outra vez.

Então não é como aquele livro antigo que já foi lido e fica colocado lá na prateleira para um dia alguém se lembrar dele. A internet está viva! Então, cada vez que eu começo a puxar conteúdos antigos, encontro coisas que se aplicam perfeitamente ao nosso dia a dia.
Olha essa reflexão que é muito antiga, sobre como é que você faz a fundação para seu processo de julgamento e tomada de decisão.
Valores e convicções são o que formam um solo compacto. Não pode ser um solo flácido, solto, temos que usar nossos valores e convicções, que estão baseados em princípios.

Por exemplo, se tenho como princípio “não faça aos outros aquilo que você não quer que faça um para você”, em cima dele eu vou criar valores como integridade, honestidade e respeito.

E esse solo é o solo que tem que ser muito bem preparado para ser compacto, pois em cima dele eu vou sustentar as colunas da minha vidas: minha educação, as experiências que eu tive, ética, cultura… Todas apoiadas no solo compacto de meus valores e convicções. Em cima dessas colunas eu consigo construir uma repertório que será tão maior quanto mais curioso eu for, quanto mais tempo eu dedicar a ele. Esse repertório está apoiado em cima de colunas firmes apoiadas num solo firme. Em cima desse repertório é que eu vou colocar minha capacidade de julgamento e tomada de decisão.
Se o solo não for firme, for um solo fofo, eu não consigo manter as colunas firmes. E se elas estão bambeando, tudo vai bambear. E aí, de repente, nem o repertório que eu consegui criar se sustenta, porque ele não está apoiado em valores e convicções sólidas.
O seu trabalho como liderança tem a ver com a capacidade que você tem de mostrar claramente para as pessoas que você é íntegro, que se apega a valores, que tem convicções. E você não é burro a ponto de não muda-las, porque se o contexto muda, se o mundo muda, se o ambiente muda, eu posso mudar uma convicção. Eu posso até mudar um valor. Mas princípios, é complicado. Princípios são a minha alma e se eu me apego a eles, consigo ter a construção de uma credibilidade. Consigo que as pessoas me enxerguem como alguém que tem coerência.

Mas parece que tem muita gente que não está dando muita bola para isso, não. Largou fora os valores, largou fora os princípios. Me faz lembrar de uma frase de Groucho Marx que diz assim: “Estes são os meus valores. Se você não gostar, eu tenho outros”.
Estamos vivendo um mundo assim.

Mas o mais legal é entender que todo esse conhecimento passa pelo processo de julgamento e tomada de decisão de onde é que você vai bater o dedo, qual o clique que você dará. Em que lugar você vai entrar para aplicar o seu tempo de vida. Se vão ser aqueles 15 minutos assistindo o youtuber de cabelo colorido comendo uma barata ao vivo ou se vão ser 15 minutos com uma discussão profunda. Ou então entrar num site que traga valor para seu tempo de vida. Há uma escolha no meio do caminho, que funciona para todo mundo.

Você tomará uma decisão de onde aplicar o seu tempo de vida. Se for baseado em princípios, valores e convicções, você tem uma grande chance de acertar. Se for baseado só na gritaria, nessa coisa superficial na modinha que está por aí, você tem grande chance de errar. E o prejuízo é grande, é seu tempo de vida que vai embora.
Pense bem.

Onde é que você apoia a sua decisão, o seu julgamento?
E venha junto!

Se você curtir este conteúdo, já sabe: clica aqui embaixo, faça um comentário, manda para os outros. Vamos enganar o YouTube, fazê-lo pensar que o conteúdo que existe aqui tem alguma pertinência. Se você me ajudar, a gente faz o canal crescer!