s
Portal Café Brasil
Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Como se proteger da manipulação das mídias
Como se proteger da manipulação das mídias
Descubra o passo a passo para se proteger das mentiras, ...

Ver mais

O Lado Cheio
O Lado Cheio
Aqui é o lugar onde você encontrará análises sobre o ...

Ver mais

Pelé e os parasitas.
Pelé e os parasitas.
Meu herói está lá, a Copa de 1970 está lá, o futebol ...

Ver mais

Café Brasil 768 – A Expedição Franklin
Café Brasil 768 – A Expedição Franklin
Como é que a gente age diante do desconhecido, hein? ...

Ver mais

Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado
Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado
Uma revisita a um programa de 2013 com um ponto de ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 765 – Foxes and Fossils
Café Brasil 765 – Foxes and Fossils
 Você já sabe que a Perfetto patrocina o Café Brasil ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Há muito tempo tínhamos a ideia de trazer para o ...

Ver mais

LíderCast 217 – Amyr Klink
LíderCast 217 – Amyr Klink
Meu nome é Amyr Klink, tenho 65 anos e eu construo viagens.

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Fôlego novo para a equipe econômica?
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Fôlego novo para a equipe econômica? Em março, ficamos sabendo que o crescimento negativo de 4,1% registrado em 2020 havia colocado o Brasil no 21° lugar num ranking de 50 países, segundo ...

Ver mais

Qual é o problema mais grave do Brasil?
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Qual é o problema mais grave do nosso país?   Vão dizer que é a corrupção. Vão dizer que é a criminalidade. Que é a desigualdade social, a qualidade dos nossos políticos, a ignorância da nossa ...

Ver mais

Externalidades
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Externalidades negativas ou positivas na economia mundial[1] O termo econômico “externalidade” tem origem no trabalho do economista britânico Alfred Marshall (1842-1924), professor de Economia ...

Ver mais

O nosso Olimpo
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Brasileiro em geral não gosta muito de ler, infelizmente. Com a chegada do smartphone então… O celular faz-tudo é primeirão em qualquer aspecto, do prazer ao ócio total. Se os clássicos não ...

Ver mais

Cafezinho 383 – Dicas do tio Lu
Cafezinho 383 – Dicas do tio Lu
Não sei quantos anos você tem, mas garanto que perdeu ...

Ver mais

Cafezinho 382 – Fazer o quê?
Cafezinho 382 – Fazer o quê?
“Fazer o quê?” é a marca registrada do fatalismo brasileiro.

Ver mais

Cafezinho 381 – País-pererê
Cafezinho 381 – País-pererê
Esse é um trecho de um poema de Affonso Romano de ...

Ver mais

Cafezinho 380 – Minha vida naquela rua
Cafezinho 380 – Minha vida naquela rua
Não existe para mim essa história de “encerrar as ...

Ver mais

Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo

Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo

Luciano Pires -

Quando estive no Museu Aeroespacial do Smithsonian em Washington, a coisa que mais me impressionou foi a minúscula cápsula espacial do Projeto Mercury, que colocou o primeiro astronauta norte americano em órbita em 1962. Que coragem de John Glenn de entrar ali e ser lançado para o incerto, sem saber se retornaria. Impressionante.
Aquela era uma época de gente que fazia acontecer, de lideranças que assumiam riscos. Aquela era uma época em que os planos eram levados a sério, de gente responsável e compromissada com a ação.
Hoje vejo estruturas complexas, gente superficial e planos. Planos, planos e mais planos. Todo mundo apresentando planos com nomes pomposos e depois esperando que se transformem em ação. Como mágica. São raras as lideranças que sentam a bunda no foguete e partem para a ação. Todo mundo quer livrar o seu. Decisão? Só se for num comitê, com a responsabilidade compartilhada com muita gente. Fazer acontecer? Só depois que outros fizerem.
Sabe o que que é isso? É resultado de um processo de ampliação do medo. O mundo nunca esteve tão bem, por qualquer indicador que você pesquise, mas nunca tivemos tanta certeza de que o futuro será terrível. Portanto, evite riscos, não saia do rebanho, não invente moda, não tente provar seu ponto, especialmente se ele estiver fora da convenção social… Se ele não concordar com a patota.
Enquanto isso os chineses, disciplinados, comprometidos, focados num objetivo comum, traçado em planos que já têm 30 ou 50 anos, dominam o planeta. Sem medo.
No mundo de hoje, caótico, competitivo e apressado, não vence mais só quem tem o melhor plano, a melhor tecnologia, mais velocidade ou se adapta com facilidade.
Vence quem não é cagão.

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, conteúdo extraforte para seu
crescimento profissional.

Versão do Youtube: https://youtu.be/wgDM8OcBytk