s
Portal Café Brasil
Arremessando Alto (Hustle) na NetFlix.
Arremessando Alto (Hustle) na NetFlix.
Um filme para cima, focado na busca pelo sucesso mesmo ...

Ver mais

Planejamento Antifrágil – Aula gratuita!
Planejamento Antifrágil – Aula gratuita!
Planejamento Antifrágil é a capacidade de incorporar o ...

Ver mais

Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Ensaio sobre Palestras e Palestrantes
Depois de realizar mais de 1000 palestras no Brasil e ...

Ver mais

Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Isca Intelectual – O Tema da Vitória
Senna foi o típico exemplo de que para saber algo, só ...

Ver mais

Café Brasil 827 – A complicada arte de ver – Revisitado
Café Brasil 827 – A complicada arte de ver – Revisitado
A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o tolo ...

Ver mais

Café Brasil 826 – Os fatos? Ora, os fatos…
Café Brasil 826 – Os fatos? Ora, os fatos…
O mundo anda mesmo louco. Vira e mexe eu encontro ...

Ver mais

Café Brasil 825 – Precisamos falar sobre o medo
Café Brasil 825 – Precisamos falar sobre o medo
Coragem não é atributo apenas dos heróis. O medo é uma ...

Ver mais

Café Brasil 824 – Choque de gerações
Café Brasil 824 – Choque de gerações
Acabamos de realizar o V Sarau Café Brasil, a reunião ...

Ver mais

LíderCast 235 – Gilberto Lopes
LíderCast 235 – Gilberto Lopes
Hoje a conversa é com Gilberto Lopes, o Giba, que é CEO ...

Ver mais

LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
LíderCast 234 – Danilo Cavalcante
Hoje o convidado é o Danilo Cavalcante, que se diz ...

Ver mais

LíderCast 233 – Flavia Zülzke
LíderCast 233 – Flavia Zülzke
Flavia Zülzke é Head de Marketing, Branding, ...

Ver mais

LíderCast 232 – Giovanna Mel
LíderCast 232 – Giovanna Mel
Hoje a convidada é Giovanna Mel, comunicadora e ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Tentação perigosa
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Tentação perigosa   “O tabelamento de preços é como o segundo casamento: é a vitória da esperança sobre a experiência.” John Kenneth Galbraith   Depois de quase trinta anos de relativa ...

Ver mais

A ignorância como motor do conhecimento e da ciência
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A ignorância como motor do conhecimento e da ciência “Para quem busca o conhecimento, surpresas são achados valiosos. A descoberta de um fato surpreendente leva à procura de novos fatos e suscita ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 7 – Silogismo Simples (parte 1)
Alexandre Gomes
Como mencionado na lição anterior, vamos agora tratar de silogismo – que é o raciocínio mais associado à lógica.   Definição: O silogismo é um ATO DE RACIOCÍNIO pelo qual a mente ...

Ver mais

Ser ou não ser criativo: eis a questão
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ser ou não ser criativo? Eis a questão  “Criatividade é a inteligência se divertindo.” Albert Einstein Nos eventos voltados ao lançamento do livro Economia + Criatividade = Economia Criativa, ...

Ver mais

Cafezinho 501 – Libere o elefante!
Cafezinho 501 – Libere o elefante!
Na sociedade, o ginete são as minorias militantes que ...

Ver mais

Cafezinho 500 – Os mortos-vivos
Cafezinho 500 – Os mortos-vivos
Esse é o preço da liberdade: conviver com gente com ...

Ver mais

Cafezinho 499 – Por favor, diga-me não!
Cafezinho 499 – Por favor, diga-me não!
Quando o “não” não vem, é substituído por um silêncio ...

Ver mais

Cafezinho 498 – Cuidado comigo. Sou de direita.
Cafezinho 498 – Cuidado comigo. Sou de direita.
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Cafezinho 481 – Caçando Mamãe Falei

Cafezinho 481 – Caçando Mamãe Falei

Luciano Pires -

Café Brasil 817 – Exibicionismo Moral – https://portalcafebrasil.com.br/podcasts/cafe-brasil-817-exibicionismo-moral/

 

A esta altura, todos sabem o que aconteceu com o deputado Arthur do Val, não é? Fez uma viagem para a Ucrânia com o objetivo de ganhar uns likes que reforçariam sua campanha para o governo de São Paulo. E de lá, mandou uns áudios medonhos falando de certos atributos das refugiadas ucranianas. Arthur foi sumariamente caçado com cedilha nas redes sociais e terá seu mandato cassado com dois esses.

Bem, qualquer um que ouviu os áudios sabe que a carreira do deputado estaria acabada. Mas não quero hoje fazer nenhum julgamento moral do Arthur. Ele sabe o tamanho da besteira que fez e está arcando com as consequências. E logo mais retorna como um Youtuber de sucesso.

Quero falar do processo. O sujeito grava áudios medonhos, e manda para um grupo de “amigos”, sem considerar que aquilo poderia vazar? É isso mesmo? Quanta ingenuidade. Coisa de adolescente.

Você reparou a sucessão de acontecimentos nos últimos meses? Além do Arthur, o canal do Youtube Flow, quase foi cancelado pela fala de um dos apresentadores, Monark, que caiu em desgraça. E quase leva junto o deputado Kim Kataguiri. Coisa parecida aconteceu com o Youtuber Felipe Castanhari, por conta de declarações sobre a Ucrânia e a União Soviética de Stálin. E aí tem o Gabriel Monteiro, vereador no Rio de Janeiro, prestes a ser preso por acusações de pedofilia.

As pessoas que construíram as redes sociais, e isso pode ser visto naquele documentário O Dilema das Redes, que está na Netflix, não sabiam que sua tecnologia maravilhosa viria a parir um monstro faminto, que caçaria todos que se manifestassem fora da pauta do momento. Inclusive seus criadores.

Arthur, Monark, Kim, Gabriel. Isso só nas últimas semanas. Todos com idades variando entre 26 e 36 anos. Jovens impetuosos, expostos ao escrutínio público, tratando de temas polêmicos e crescendo nas mídias sociais, que alcançam o sucesso exatamente pelas tretas, usando a virulência verbal, atacando, acuando e cancelando seus adversários.

Jovens impetuosos. Alguns com esqueletos no armário, sem casca grossa, sem manha, sem experiência política, achando que, no grito, levam o que querem. Pois é.

Quando dá merda, eles fazem o quê? Como um adolescente de 30 anos, choram.

Do Castanhari eu falarei na sequência deste vídeo.

 

 

Esta reflexão continua no vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=b_x1cMpk3Vg

 

Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com