s
Iscas Intelectuais
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
É improvável – embora não impossível – que os ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
O convidado de hoje é Bruno Gonçalves, um profissional ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Rubens Ricupero
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Memórias de um grande protagonista   “Sem as cartas, não seríamos capazes de imaginar o fervor com que sentíamos e pensávamos aos vinte anos. Já quase não se escrevem mais cartas de amor, ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Cafezinho 633 – O Debate
Cafezinho 633 – O Debate
A partir do primeiro debate entre Trump e Biden em ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

Carreira em Crise: Entre Escolhas e Consequências

Carreira em Crise: Entre Escolhas e Consequências

Waleska Farias - Iscas Liderança -

Carreira em Crise: Entre Escolhas e Consequências

Em tempos de crise a impressão é que tudo para e entra em modo de espera, ou, se não para, foge ao controle. Crenças são questionadas e a fé, até então inabalável, muitas vezes não é suficiente para sustentar o bom ânimo.

A grande maioria, influenciada por um senso coletivo, sofre a emoção do que se imagina não ter saída e entrega-se à agonia paralisante, distanciando-se da ação produtiva.

Mas, toda dinâmica apresenta prós e contras e é necessário o entendimento de que nem tudo pode ser controlado. Aliás, o que, de fato, pode ser controlado são as próprias reações diante dos eventos.

Osho dizia que “tempos de crise são perigosos para aqueles que não têm coragem de explorar novas dimensões da vida”.

Gerenciar uma crise não é fácil, mas, o modo como a situação é percebida faz toda a diferença. Na condição de que tudo responde ao apelo da ressonância, se a decisão é encarar a realidade pelo viés negativo, a resposta virá na mesma condição.

Questionamentos vitimados somados a justificativas cabalísticas induzem a comportamentos passivos e tornam o indivíduo refém ao invés de protagonista da sua história. Se o foco é o problema como enxergar a solução?

É certo que numa crise os recursos tornam-se escassos e muitas vezes mudam de mãos, mas, não significa que desapareçam. E enquanto alguns escolhem vivenciar o peso do momento, outros se recusam a ceder ao desânimo, esforçando-se para driblar as dificuldades e tirar vantagem da situação.

Momentos difíceis requerem um nível de consciência diferenciado para que as situações sejam avaliadas sob outras perspectivas e revelem novas direções. Mas, também oferecem grandes possibilidades de aprendizado, permitindo que os mais determinados desenvolvam a autogestão e habilidades valorosas de superação.

Mudar pensamentos e o modo de agir é difícil, pois existe uma resistência natural à mudança. Contudo, parte do sucesso baseia-se na forma de rever estratégias e nutrir atitudes positivas que ajudem a encontrar saídas alternativas, através de uma percepção mais apurada de si mesmos e de como conduzir suas carreiras.

Em tempos de crise é essencial ter um critério objetivo alinhado ao propósito, pois, o objetivo apenas não motiva, mas, a fidelidade ao propósito, sim.  A motivação para superar as dificuldades quando o objetivo a ser conquistado tem a medida do sonho de realização de cada um. É preciso haver um sentido que justifique o empenho e legitime a direção.

E, claro, ter o entendimento de que todas as ações levam um tempo para maturar e render frutos, mas se o melhor de si for dado o retorno virá como consequência. Aqueles que têm clareza da direção e jogo de cintura para ousar novos caminhos e souberem aguardar o momento certo de agir levarão vantagem.

Portanto, o melhor a ser feito é: no entendimento que toda escolha traz consequências, parar de jogar contra, arregaçar as mangas, e mostrar ao que veio, pois a natureza comprova que não são os mais fortes, mas, sim, os mais determinados e resilientes que sobrevivem em tempos inóspitos.

 

Waleska Farias

Coaching, Carreira e Imagem

Entre Escolhas e Consequências

Entre Escolhas e Consequências

Ver Todos os artigos de Waleska Farias