s
Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 726 – Gently Weeps
Café Brasil 726 – Gently Weeps
Olha, algumas canções são tão sagradas que eu me sinto ...

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Da urgência

Da urgência

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

Da urgência
08/01/2016 00:00:00

Há alguns artigos que venho versando sobre o aspecto de como o cenário mundial foi redesenhado pelo fenômeno da transparência. Como por meio de redes sociais o fenômeno do controle social intenso se deflagrou gerando uma ilusão de onipresença na qual tudo e todos são visíveis. Nada mais é escondido, descrito em meu artigo sobre a transparência.

Associado a este fenômeno mundial a ideia de urgência a partir da década de 1970 toma conta da sociedade como uma marca registrada da pós modernidade. Tudo e todos são para ontem. O teor ansioso da forma de vida descrito por Raul Lopes Pedraza em ansiedade cultural, como uma forma titânica, o abissal arquetípico e o rompimento do cenário da noção de presente. O desdobramento da consciência, a dobra do tempo psíquico como cerne e alicerce de um mercado de consumo que se alastra a todas as situações que vão da religiosidade ao lazer. A tentativa ilusória da consciência pós moderna que se compraz na onipotência e onisciência tentando de forma vil e ineficaz controlar tudo e todos. Captar e devorar, todas as informações, livros, tendências, ritmos, lugares tudo ao alcance de dois toques em um aplicativo. tudo tão longe e tão perto… nas mãos o universo mas para onde mesmo é que se deve ir?

O vazio derivativo deste cenário da ansiedade cultural, nada mais é do que a força motriz do mercado de consumo, visto que um cliente satisfeito não consome e não movimenta o mercado. Insatisfação é o cenário que rege o marketing, as vendas, o consumo: do corpo, da moda; da religião; da segurança; dos imóveis; da tecnologia;… das ideologias políticas; o mercado das ilusões feitas de pseudo realidades, reencenadas na pseudo satisfação. Sorria e mostre se feliz, dentro de um status social que não lhe pertence, em uma vida que não é sua.

Um exemplo claro deste imponderável de nossa vida cotidiana atual esta na urgência programática de nossa política. De um lado uma psicose que em discurso fala de uma realidade de um país de primeiro mundo. O delírio da prosperidade, da marolinha, de bonança econômica… tudo depressa demais, sem planejamento, sem realidade, apenas discursos. Do outro lado a ansiedade, a urgência que chega atropelando tudo e todos… Cronos se manifesta e o rombo aparece gerando o tom de desespero dos últimos dias, o sentimento do pai que foi pra forca, de uma insanidade ideológica, na qual o besteirol é rearticulado discursivamente. Aliados viram inimigos de morte, e o grande capital do banco amigo vira o mote da luta que quer poder a qualquer custo. O fundador do partido o carrasco que pede sua cabeça:Helio Bicudo. O inimigo mora ao lado ou dorme consigo? Cuidado, tem veneno em seu prato de comida. Teu vizinho pode ser quem vai lhe empurrar precipício abaixo! Urgência infelizmente abre as portas da bestialidade, da falta de bom senso, da agressividade, da militância fanática que reproduz absurdos presa ao estado psicótico delineado: realidade para quem?  E esta é a marca de nossa pós modernidade. Sobreviver nestes tempos implica em temperança, prudência, planejamento, paciência senso de realidade e cautela… se quiser sobreviver neste caos instalado…

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima