s
Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 726 – Gently Weeps
Café Brasil 726 – Gently Weeps
Olha, algumas canções são tão sagradas que eu me sinto ...

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

De olhos bem fechados

De olhos bem fechados

Labi Mendonça - Iscas Anarquiscas -

VAMOS ANALISAR UMAS COISAS…

Não quero chover no molhado. Faz mais de uma semana que só se fala em manifestação, as revistas estampam capas e tecem verdadeiros teoremas para explicar a onda de indignação.

A maioria das pessoas já formou uma opinião e seu julgamento dos fatos, e muitos acreditam que o tal do gigante adormecido agora está de pé e marchando. Eu sou sempre muito frio com todas essas coisas, porque já vi muito, já aprendi como se fabricam os movimentos, e também estudei como se provocam situações para um determinado efeito.

Muito bem. Hoje convido os leitores para uma análise simples de alguns aspectos que “pesquei” no quadro geral da situação.

  • Uma semana inteira de mobilização popular – que nasceu “aparentemente” de forma espontânea (como em outras partes do mundo, não é incrível?);
  • Do nada as ruas transbordam de gente, que bota pra fora sua insatisfação. Como se fosse geração espontânea. Nada disso vem sendo articulado, dizem os analistas. Não creio;
  • Alguns baderneiros e depredadores sempre muito bem articulados, no momento oportuno, e nos locais estratégicos, provocaram vandalismo, quebradeiras e violência, justamente para dar o clima de revolta;
  • Além de “elevar” o nível de questionamento da sociedade, e criar a impressão de que o País “acordou” de fato, esses movimentos sem um “engajamento político específico”, na mão “livre” da sociedade e embalados pelas redes sociais (classe média) criaram uma “pauta” de reivindicações, que ficou no ar e no desejo das massas. A bola quicando na área e só esperando a pessoa certa para chutar em gol;
  • Depois de mais de uma semana de agito, e se for bem verificado onde os prefeitos são mais populistas, alguns Estados e Capitais recuam, reveem os preços das tarifas de transporte público, e dão a sensação de que as mobilizações das ruas deram resultado. O povo sente coragem para sair de novo e forçar mais. A semana chega ao fim com a sensação de que o Brasil Está MUDANDO;
  • Aí, entra em cena a Presidente Dilma, faz um pronunciamento muito bem articulado, se coloca como porta-voz do descontentamento, a favor de mudanças, e capitaliza para si essa imagem de coerência e de “piloto” do que parece que será uma cruzada de mudanças no País. Ela vai capitanear perante os governadores uma pauta de debates e mudanças;
  • Querem apostar no resultado? Querem apostar que se ela conseguir fazer aprovar algumas das medidas que anunciou, será reeleita em 2014?
  • Não sei de vocês, mas eu achei que ela agiu profissionalmente com perfeição, muito bem orientada, e com o marketing correto, estrategicamente vai tirar o melhor proveito de tudo que aconteceu. E o povo feliz da vida, achando que mudou o Brasil. Até pode… Mas tem muita água para passar sob essa ponte. Será que vai? Estou de OLHOS BEM ABERTOS.

Ver Todos os artigos de Labi Mendonça