Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Depende de você

Depende de você

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Manifestação

Por Adalberto Piotto

Será que os brasileiros irão às ruas no domingo?

Você tem a resposta. Se for, fomos milhões que estivemos lá. Se não for, não fomos.

Na verdade, nós, os outros, que não você que não for, diremos que fomos. Mas seria melhor que você também fosse e fizesse parte desse “fomos” coletivo e comprometido com o Brasil.

Não há mais razão para alguém terceirizar seus anseios e desejos de fazer deste país uma nação ao esperar que outros façam por ele o que ele deveria fazer. De ir às ruas dar um basta definitivo às mazelas, aos absurdos e aos reinados da hipocrisia e corrupção que pretensos líderes se dão ao se imaginarem salvadores da pátria. Porque não existem, não salvam, não protegem nada além de seus escusos interesses em detrimento do bem-estar social de milhões.

Por isso, vá.

Eles precisam do seu imobilismo e da sua ignorância para se perpetuarem no poder ou se acharem acima da lei, mesmo quando convocados a dar simples depoimentos.

Eles querem morar em sítios cinematográficos, coberturas e triplex de frente ao mar, mas não gostam de trabalhar para conquistar. Para eles, favores de amigos são sempre bem-vindos, até porque estes amigos foram beneficiados por outros favores ilícitos antes de se aventurarem na “bondade” ao patriarca da “gentileza” com o alheio.

Esses pretensos líderes de pelotões de sindicalizados e de movimentos sociais de manipulados precisam que você, um cidadão do bem e honesto, fique em casa, ignore seus compatriotas e se mantenha reclamando sem nada fazer.

É o que eles precisam: do seu nada para que eles possam tudo…contra você e seu país.

Já mostraram que podem e conseguem.

Por isso, temem algo que os tire da liderança do atraso que pune você e do avanço da riqueza inescrupulosa que os privilegia. Só a  eles.

Querem que você seja eternamente alguém que de tudo reclame, porque lhes dá argumentos para promessas irresponsáveis, e nada faça, porque não lhes tira o poder de sempre prometer e enganar sob e sobre tudo.

Então vá às ruas no domingo, dia 13.

Se outros irão também e seremos milhões?

A resposta você tem.

Se for você for, seremos.

Ps.: Eu, Adalberto Piotto, brasileiro, irei à avenida Paulista no dia 13, domingo. Como fui nos outros. Não consigo imaginar um privilégio maior de poder dar meu apoio ao meu país.

 

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto