Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Empreender é preciso

Empreender é preciso

Tom Coelho - Sete Vidas -

“A sorte é imprevisível. Que o teu anzol esteja, pois, sempre atirado às águas.
Num açude onde menos o esperas, aparecerá um peixe.”
(Ovídio)

 

Em abril do ano de 2002 fui convidado a integrar o quadro de colunistas de um importante site educacional. Decerto, foi com grande alegria que aceitei a tarefa, passando a redigir artigos com foco num tema que permeia não apenas minha carreira, mas minha vida: o empreendedorismo.

O assunto sempre me fascinou porque tenho presente que o emprego, em sua concepção tradicional, caracterizado por um mix de formação acadêmica, trajetória profissional e rede de contatos, simplesmente acabou. Não há empregos para os profissionais mais experientes e não há empregos suficientes para os mais jovens. Assim, a mão invisível do mercado de trabalho, altamente concorrencial como todos os demais, age premiando aqueles que conseguem destacar-se. A palavra de ordem é diferenciação.

Creio no empreendedorismo como estratégia competitiva e como única alternativa viável no combate ao desemprego e às desigualdades socioeconômicas, pois os aspectos reais de uma Economia devem ser produção, emprego e crescimento. O desemprego do homem, disse João Paulo II, deve ser tratado como tragédia e não como estatística econômica. Por isso, estimular a prática empreendedora tornou-se, antes de tudo, uma profissão de fé.

Alguns empreendedores são natos, de fato nascem prontos. Uns, desenvolvem esta habilidade. Outros, sequer se apercebem de tão precioso dom. Mas, assim como não se nasce “empregado” – nosso sistema educacional é que nos conduz a sermos “funcionários” –, o empreendedorismo pode ser ensinado. Mas que fique claro uma coisa: empreendedorismo é um jeito de ser e não de saber. Está vinculado mais à atitude do que ao conhecimento. Assim, deve ser não apenas aprendido, mas apreendido. Não apenas compreendido, mas vivenciado.

Não sou um teórico do empreendedorismo. E admiro expoentes como Fernando Dolabela e José Dornelas que muito têm contribuído para a inserção deste tema no cenário acadêmico. Mas falo sobre o assunto com a propriedade de quem desde os 14 anos de idade educou o olhar para enxergar oportunidades de negócio. Uma daquelas pessoas que olham para um vaga-lume imaginando uma usina hidrelétrica ecologicamente correta.

Assim, atuei em empresas de pequeno e médio porte, em cargos de direção, tanto como colaborador quanto como associado. Ou seja, já estive dos dois lados do balcão. E continuo a empreender, seja em meu próprio negócio, como empresário; seja no negócio de outros, como consultor.

Por conta deste perfil, já colecionei sucessos, transformando empresas inexpressivas em líderes de mercado. Entretanto, também estive à frente de empresas que quebraram. E entenda-se que quebrar, no mundo corporativo, não precisa ser tomado como uma condição jurídica falimentar, mas como uma situação na qual o investimento feito não retorna ou um projeto desenvolvido deixa de ser concluído. É o correspondente direto do perder o emprego. Pessoas são demitidas, empresas fecham. Nisso reside uma grande lição: é preciso discernimento para reconhecer o fracasso, coragem para assumi-lo e divulgá-lo e sabedoria para com ele aprender.

Escrever, por sua vez, é uma de minhas paixões. Um hobby solitário de postar-se diante da tela do computador e conversar com o teclado. É quando encontro comigo mesmo e com todos os que me cercam e me inspiram. Assim, de colunista de um único site, conforme descrito no início deste texto, centenas de veículos da mídia digital e impressa em países dos quatro cantos do mundo difundem meus artigos e ideias, proporcionando-me novos contatos profissionais e novas amizades nunca antes imaginadas.

Ser empreendedor significa isso: estar com o anzol atirado às águas. Adotar uma postura que envolve iniciativa e acabativa, comprometimento e persistência, autoconfiança e persuasão, entre tantas outras competências. Significa adotar estas práticas para si e para os outros, na vida pessoal e na carreira, deixando de ser um mero empregado e tornando-se um profissional empreendedor.

 

* Tom Coelho é educador, palestrante em gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de nove livros. E-mail: tomcoelho@tomcoelho.com.br. Visite: www.tomcoelho.com.br e www.setevidas.com.br.

Ver Todos os artigos de Tom Coelho