s
Iscas Intelectuais
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Hoje as narrativas familiares perderam espaço para uma ...

Ver mais

Entre Tabata e Ciro

Entre Tabata e Ciro

Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas -

Tabata Amaral é deputada federal por São Paulo, filiada ao PDT, partido de esquerda que já abrigou, entre outros, Leonel Brizola e Dilma Rousseff, só para mencionar a que ponto baixo pode chegar um partido. Mas Tabata provou que há vida inteligente na esquerda; inteligente, honesta e patriota. Com apenas 25 anos, formada em Harvard, pode ensinar muito aos políticos profissionais que ostentam um enorme nada como currículo. Mostrou que qualquer partido, mesmo de esquerda, pode ter princípios e apoiar o governo quando isso serve bem ao País. Oposição, bem diferente do que pensa e age o podre movimento lulista, não é arma para destruir o Brasil, surfando no quanto-pior-melhor. Para essa gente, o fracasso de Bolsonaro e, consequentemente, de todos os brasileiros, é motivo de festa. Tabata discorda, Graças ao bom Deus. E há vários outros como ela.

Há poucos dias, votou em plenário a favor da reforma da previdência, essa mudança necessária para os aposentados, tanto atuais quanto futuros. A reforma é essencial e urgente, sob pena de falência do Estado como fonte de recursos para quem dele depende. São muitos milhões de aposentados e pensionistas, com previsão de relevante elevação de seu número num futuro próximo, em razão do aumento da expectativa de vida e da redução gradativa na natalidade – ao menos entre os brasileiros de melhor renda neste último item.

Mesmo filiada à esquerda, Tabata demonstrou compreender aritmética básica, e que palavras apaixonadas não enchem os cofres públicos com dinheiro para Saúde e aposentadorias. Simples.

Ciro Gomes discorda. Xingando, como sempre. Por ser um dos chefões desse partido carcomido, se crê dono de corações & mentes de todos os colegas. O boquirroto “coroné” do século XXI é homem de poucas luzes; xinga, agride e ofende quem (ousa) pensar diferente dele. Já fez turismo político em quase todos os partidos do Brasil, da esquerda à direita do militares. Sempre afirmando ser o senhor da razão terrena. Porém, xinga, agride, ofende, menospreza, denigre todos os seus ex-companheiros de partido ou de governo, e mais ainda seus numerosíssimos inimigos. Chegou a ser ministro de Lula. À época, seu partido, o PPS, ordenou que ele deixasse o comando do ministério em razão dos escândalos e da roubalheira. Ciro negou, xingando e esbravejando como sempre. Passados tantos anos, continua xingando seus ex-colegas, incluindo Lula; nesse último caso ele até tem razão, mas xinga só quando lhe é conveniente. Enfim, para Ciro, só Ciro presta. Uma espécie de Narciso (feio pra caramba) que se acha cultíssimo, inteligentíssimo, um sábio que só não foi eleito presidente porque o povo é burro. Palavras dele próprio. Triste ouvi-lo falando. Em inglês, então (sim ele acredita que fala inglês), é de doer. Parece um índio de filme: https://www.youtube.com/watch?v=OIlV-AqDxWs

Tabata é diferente: Em sua humildade, mostrou que oposição também constrói. Parabéns a ela. Pensar diferente, à esquerda ou à direita, não é feio, não é errado, não é pecado, não é crime. Vários outros deputados ditos socialistas do PSB e do PDT fizeram exatamente como ela, pensando no País, e não em si ou nas ordens ditatoriais-marxistas de seus partidos. Discordar é sadio numa democracia. Gera o bom debate. Mas Ciro Gomes não gosta de debate – a não ser para gritar, humilhando seu oponente. Gosta de ofender e dar ordens. Julga-se um caudilho iluminado. Ofende os paulistas regularmente, com laivos de ódio insano. Deu pra xingar os judeus em geral. Coisa de maluco. Ou pior.

Ver Todos os artigos de Fernando Lopes