s
Iscas Intelectuais
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Cafezinho 426 – Quem tem pressa?
Hoje as narrativas familiares perderam espaço para uma ...

Ver mais

Expectativas

Expectativas

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

O início de um novo ano chegou e no período de festas vivenciamos uma legião de expectativas que nos consomem. Quem não sonha com um futuro melhor e diferente? Do presente de natal, como vai ser a ceia, se vamos ter um momento animado, como vai ser o amigo secreto e a abertura dos presente, o que cada um vai ganhar. Na sequência em menos de uma semana vem a virada de ano, a retrospectiva do mal vivido, e a previsão do que vai ser a nova vida; criamos metas, planos, promessas; prometemos parar com vícios; que vamos cuidar melhor da saúde, da educação, que vamos viver melhor de formas alternativas. Tudo isto é muito bonito, mas como qualquer outro tipo de promessa perdura no máximo dois dias. A famosa amnésia dos políticos…

Expectativas e promessas andam juntas. A expectativa é o futurismo, o amanhã, o querer entender o depois pra imaginar se existe uma leve segurança, é prever, tentar aprisionar a intuição, é olhar no horizonte atrás de nuvens de chuva ou perceber se o dia vai ser ensolarado. A promessa é irmã inseparável da expectativa. Como o não sei que anuncia o inconsciente, as defesas da psique, prometer é apenas a verborragia que cobre um vazio. É o patético ato de falar para não ter de agir. Prometer não é um contrato, tampouco uma jura. Prometer não chega a ser a mentira deslavada, em alguns casos, mas a promessa muitas vezes recorre a amnésia de curto prazo, por não ser estrutural, recai nos descartes e o próprio individuo não a leva a sério. Um bom exemplo foram as promessas de campanha feitas na corrida eleitoral há dois meses… o que mesmo é que foi prometido? Que trabalhadores não teriam direitos revogados, que o atual governo não iria promover ajustes com o arrocho para a população, que não teríamos aumento de impostos… tudo que foi criticado no discurso da oposição agora é aplicado pela esquerda neo liberal. Os discursos foram promessas vazias, mentiras e omissão. Que tal a falta de reajuste na Receita Federal?

Quem vive de expectativas é frustrado, se torna melancólico, naturalmente triste, inseguro e sem fé. Viver de futuro é não encarar o dia a dia, o trabalho, é manter acesa a chama de uma ilusão que não se constitui. Várias pessoas com imensa imaturidade que não conseguem produzir vivem de futurologia, de previsão e pouca ou rara ação. Não fazem hoje por que seu amanhã é incerto, um traço de Senex em uma estrutura Pueril. E isto é vivenciado coletivamente neste período de fim de ano. Algumas pessoas estendendo isto por toda a vida. Pra que o esforço se amanhã posso ganhar na loteria? É um marcante traço de uma personalidade imatura.  Igualzinho a educação e o pré sal da Petrobras. Senta e espera! Para não necessitar prometer e ou viver de expectativas faça um planejamento pra sua vida para curto, médio e longo prazo. Faça isto com coisas palpáveis, claras objetivas, reais com pé no chão. Funciona bem se você for maleável e sincero com sua própria vida, se tiver um pouco de dedicação e persistência. Que tal levar sua própria vida a sério?

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima