Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Olha, os dias andam um saco! Todo mundo nervoso, ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

5 ações de marketing para ajudar a superar a crise do coronavírus
Michel Torres
Negócios em todo o mundo estão sentindo os efeitos da pandemia: menos clientes, menor receita e o medo de não ter condições de aguentar esse tempo de prejuízo. Precisamos salvaguardar a saúde e o ...

Ver mais

Brasis
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Brasis  “Quanto tempo um homem deve virar a cabeça, fingindo não ver o que está vendo?” Bob Dylan Minha primeira lembrança pra valer do que vou focalizar neste artigo é de quando li Os dos ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Qual janela você escolheu para ver o mundo?

Ver mais

Cafezinho 291 – Indignite
Cafezinho 291 – Indignite
- Tão pagando bem! Faz o seu e fica quieto!

Ver mais

Gente Vinil

Gente Vinil

Chiquinho Rodrigues -

Usando a lente e a analogia do Veríssimo percebi que exite gente Long Playing, gente Compacto Simples, gente Cd, gente Vídeo laser e até gente Dvd.

Não tem nada a ver com caráter! Também não tem nada a ver com a tecnologia empregada ou o tamanho de cada uma dessas mídias.

Pois há pessoas pequenas como um Dvd que você sabe, só de olhar, que dentro têm uma grande história com um grande elenco e um menu repleto de opções: trailer, extras, making of e até comentários do diretor.

E pessoas grandes tipo um enorme vídeo laser que se revelam chatas, pesadas, sem conteúdo, ultrapassadas e que a gente precisa ficar trocando de lado para aguentá-las ou sabe-las por inteiro.

Embora tamanho não queira dizer nada… gente vídeo laser não é necessariamente melhor que gente compacto  simples.

Algumas pessoas se apresentam como grandes álbuns Long Playing!

Possuem linda capa e contra capa, são estéreos, Hi-Fi, têm doze faixas, plástico protetor, mas podem estar lhe escondendo algo… Seus sulcos interiores podem estar gastos e intocáveis.

O conteúdo pode ser duvidoso, de mau gosto e ela terá sempre dois lados para se mostrar e confundi-lo.

Já uma pessoa que seja do tipo gente compacto simples de vinil, pode sim ter seu lado B, porém se apresenta em uma modesta embalagem e seu conteúdo simples será sempre, sem surpresas, aquele sucesso contido em sua única faixa.

É muito melhor conviver com alguém do tipo gente-CD, que traga dentro de si um repertório de tudo aquilo que a gente gosta e esteja sempre em nossa cabeceira pronto para ser tocado, do que conviver com alguém que se pareça com o DVD duplo do show ao vivo do Fagner!

Existem pessoas que não se contentam em ser apenas um vinil chato tomando poeira e espaço na prateleira de nossas vidas.

Elas são autênticas coleções em DVD da obra do porra do Oswaldo Montenegro tocado bem alto por um maldito vizinho filho da puta!

Seis horas de Oswaldo Montenegro com direito a convidados especiais como: Ministro Gil, anazalado Belchior, Mauricio Mattar, Fabio Junior, Neuzinha Brizola, Belo, (que salada!), Sérgio Reis, Reginaldo Rossi, Sidney Magal, Wando e o Tiririca!

É fascinante quando alguém que você não imaginava ser mais do que uma simples canção em um 45 RPM, de repente se revela uma sinfonia em digital regida por Von Karajan!

É sempre arriscado prejulgar.

As capas dos discos, como a aparência das pessoas, também nos enganam.

Um álbum pode ter uma capa interessante e dentro conter a banda Calypso!

Um álbum pode ser branco e conter Beatles.

Algumas pessoas se sentem como discos que existem apenas para fazer parte de uma coleção. E não para ser tocados!

Como aquela camisa que você comprou por impulso e jamais usou. E que de vez em quando você experimenta novamente, se olha no espelho e logo desconsidera. Não empresta, não dá essa camisa para ninguém e acaba colocando-a de volta no guarda-roupa para rescender a naftalina o resto da vida.

No fundo somos todos gente vinil.

Sempre espremidos em uma prateleira a espera de sermos descobertos ou revisitados. Somos como canções que marcaram a vida de alguém e que precisamos, para nossa própria subsistência, ser ouvidos novamente.

Aí um dia o telefone toca e é o chamado da saudade.

Você reconhece a voz e ambos tentam reviver antigos sucessos. Porém você percebe então com tristeza que durante esse tempo todo você foi para ela apenas a quarta faixa do Lado B.

No entanto, para você ela foi sempre a primeira do Lado A.

Ver Todos os artigos de Chiquinho Rodrigues