s
Iscas Intelectuais
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil 753 – A sala dos professores
Café Brasil 753 – A sala dos professores
Professor...professor...professor... houve um tempo em ...

Ver mais

Café Brasil 752 – Jam Session
Café Brasil 752 – Jam Session
Uma das coisas mais fascinantes é a demonstração de ...

Ver mais

Café Brasil 751 – A hipocrisia nossa de cada dia
Café Brasil 751 – A hipocrisia nossa de cada dia
A Perfetto é patrocinadora do Café Brasil e… sabe ...

Ver mais

Café Brasil 750 – The Rocket Man
Café Brasil 750 – The Rocket Man
Algumas obras de arte são tão perfeitas, mas tão ...

Ver mais

LíderCast 216 – Denise Pitta
LíderCast 216 – Denise Pitta
Empreendedora digital, dona do site Fashion Bubbles, ...

Ver mais

LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
LíderCast 215 – Marco Antonio Villa
Historiador, professor, comentarista polêmico em rádio ...

Ver mais

LíderCast 214 – Bianca Oliveira
LíderCast 214 – Bianca Oliveira
Jornalista e apresentadora, hoje vivendo na Europa, ...

Ver mais

LíderCast 213 – Brunna Farizel e Lucas Moreira
LíderCast 213 – Brunna Farizel e Lucas Moreira
Empreendedores, criadores de uma franquia inovadora, ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Ford, polarização e “capitalismo sem riscos”
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ford, polarização e “capitalismo sem riscos”  “A desindustrialização brasileira é resultado das intervenções equivocadas que fizemos. E o pior é que o setor empresarial, as lideranças do setor ...

Ver mais

Os economistas mais influentes da atualidade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Os economistas mais influentes da atualidade  “O que são as pessoas de carne e osso? Para os mais notórios economistas, números. Para os mais poderosos banqueiros, devedores. Para os mais ...

Ver mais

A sala de professores e a deseducação
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Comecei a dar aulas no Ensino Médio em 1999, quando estava no segundo ano da graduação em Filosofia. Ou seja: há mais de vinte anos comecei a freqüentar a sala de professores. Nesse ambiente ...

Ver mais

Leituras, conexões e reminiscências
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Leituras, conexões e reminiscências “Se você tiver uma maçã e eu tiver uma maçã e trocarmos nossas frutas, continuaremos com uma maçã cada. Mas, se você tiver uma ideia e eu tiver uma ideia e ...

Ver mais

Cafezinho 353 – Confie desconfiando
Cafezinho 353 – Confie desconfiando
Uma sociedade repleta de gente com excesso de confiança ...

Ver mais

Cafezinho 352 – O drama da esquina
Cafezinho 352 – O drama da esquina
Não espere os grandes dramas nacionais para agir.

Ver mais

Cafezinho 351 – Um autoritário pra chamar de seu
Cafezinho 351 – Um autoritário pra chamar de seu
As pessoas perderam completamente o bom-senso e já há ...

Ver mais

Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo
Cafezinho 350 – Sob o domínio do medo
No mundo de hoje, caótico, competitivo e apressado, ...

Ver mais

Não estou ofendido.

Não estou ofendido.

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Por Adalberto Piotto

O advogado do ex-ministro Palocci, José Roberto Batochio, disse que lhe causou indignação o nome dado à operação da Polícia Federal que prendeu seu cliente, o ex-ministro de Lula e Dilma, Antonio Palocci, na manhã desta segunda-feira, 26. “Omertà”, proveniente do dialeto siciliano, um termo que designa a lei do silêncio. O escritor e jornalista Leonardo Sciacia, ele também um editorialista da Sicília, define a “Omertà” como a “solidariedade pelo medo”. Conta-me Walter Fanganiello Maierovitch, de longa experiência e conhecimento local, o termo é largamente empregado no cotidiano italiano e a mídia o emprega largamente.

Fato é que “Omertà” é mais uma daqueles termos da PF para nomear operações que atraem a atenção da mídia e do público nesse esforço imenso pelo qual passamos para desbaratar o mega esquema de corrupção que assombra o país.
Segundo o advogado, um dos figurões mais caros da advocacia brasileira, isso se deve, nas palavras dele “…Só porque ele (Palocci) tem um nome descendente de italiano, como eu tenho também (Batochio), além de ser absolutamente preconceituoso com os descendentes de italianos. Essa designação é perigosa” – finalizou no desabafo sem eco e sem conhecimento.

Aos fatos:
– Primeiramente, o nome da ação da Polícia Federal, “Omertà”, se deveu ao fato de que haveria um código de silêncio entre os diretores graduados da empreiteira Odebrecht para não revelarem os repasses milionários a partidos e políticos, numa corrupção estrondosa que pune o Brasil.
– Em segundo plano, qualquer comparação com organização criminosa nestes casos de perniciosa relação entre público e privado, autoridades e empreiteiros, em escândalos de desvio bilionário como o Petrolão, com ou sem um dos acusados com ou sem sobrenome de origem italiana, não é exagero retórico.
– Por fim, eu, como um brasileiro descendente de italianos e com isso expresso em meu sobrenome, não me senti nem um pouco ofendido com o fato. Aliás, não senti no meu sangue nenhuma relação.

A Máfia, doutor Batochio, não envergonha os italianos, indigna-os.

E lá, como cá, aplaudem o Estado quando ele a combate incansavelmente.

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto