s
Iscas Intelectuais
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Regras de Definição (parte 5)
Alexandre Gomes
  Para cumprir a função de DEFINIÇÃO, esta deve atender alguns requisitos. Do contrário, será apenas enrolação ou retórica vazia. Os requisitos são: 1. CONVERSÍVEL em relação ao sujeito, à ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Descobri o que acontece com aquela gente enfática, que ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Resumos das aulas do COF e temas diversos

Resumos das aulas do COF e temas diversos

Eduardo Ferrari - Resumos e Artigos -

Bom dia, Boa Tarde, Boa noite! Vida longa ao Café Brasil e à Confraria!

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Luciano Pires pelo espaço e a oportunidade de publicar alguns dos meus resumos. Meu nome é Eduardo Ferrari, trabalho no Banco Central do Brasil há 21 anos, formado em administração de empresas, com pós-graduação em economia. Há uns 4 anos conheci o Café Brasil ouvindo o podcast Radiofobia do Leo Lopes e nunca mais larguei. Vivenciei inúmeras histórias e participei de diversas ações na Confraria Café Brasil do Telegram, onde fiz muitos amigos virtuais e reais. Coisas incríveis como ajudar nas campanhas humanitárias de um pastor confrade, participar de força-tarefa para encontrar confrade que se acidentou e ninguém sabia para qual hospital fora levado, ajudar em grupo de orações para confrades e parentes de confrades enfermos, ver um confrade ajudando o outro a arrumar emprego e outras dezenas de situações que se contar ninguém acredita.

Quanto aos meus resumos, eu percebi que poucas pessoas tem tempo ou paciência para assistir um vídeo, uma aula, ou um podcast de duas, três, quatro horas. Então comecei a tentar extrair desses longos vídeos ou áudios o máximo de conteúdo no menor tempo possível de leitura. Há resumos de aulas de quase 4 horas, por exemplo, em que os principais pontos na minha visão foram condensados em apenas 5 ou 6 minutos de leitura.

O objetivo nunca foi esgotar os assuntos, mas dar a oportunidade ao leitor interessado no tema, de ter uma ideia do que tratam os longos vídeos ou áudios sem investir tanto tempo, para, em seguida, aprofundar-se no material original.

No momento estou trabalhando em resumos das aulas do Curso On-line de Filosofia (COF) do professor Olavo de Carvalho. Já adianto que não sou fanático nem pelo Café Brasil, nem pelo Olavo, mas confesso que ambos fizeram e estão fazendo um bem enorme para a minha vida. Tem muitas iscas dando sopa nesse mar de conteúdos para pescarmos conhecimento mais aprofundado.

Vou começar disponibilizando o resumo da primeira aula do COF. Espero que gostem:

Resumo da Aula 1 do COF

O Curso de autoria do Professor Olavo de Carvalho vem sendo oferecido desde 14 de março de 2009, data em que foi ministrada a primeira aula. Mais de 10 anos depois, acreditem, o curso ainda continua ativo. As aulas ao vivo vão ao ar às noites de sábado e podem ser assistidas por alunos por meio da internet, com interação via chat.

Por 60 reais mensais, pode se ter acesso a quase 500 aulas em vídeo ou áudio, com conteúdo de valor inestimável. Também estão disponíveis exclusivamente aos alunos dezenas de apostilas com textos de apoio, estudos e transcrições de 224 aulas.

O Professor do COF é tranquilo e quase não fala palavrões. Pelo contrário, ao longo do curso de filosofia tem como pano de fundo uma visão profundamente religiosa, construída não a partir puramente da fé, mas da razão, da realidade e de décadas de estudos intelectuais de alto nível sobre as mais diversas áreas do conhecimento humano.

Considero ser muito difícil ter disponibilidade de tempo para fazer um curso como o COF. A minha experiência tem sido de baixar os áudios no celular para ouvir durante as caminhadas diárias que faço de casa para o trabalho. Por enquanto estou me permitindo apenas ouvir, sem anotar, simplesmente tentando identificar e assimilar as principais mensagens transmitidas, como se fosse uma leitura diagonal de um livro com mais de 10 mil páginas.

A primeira aula do COF apenas descreve as linhas gerais do curso e menciona que o ideal seria assistir a aula ao vivo, depois ouvir a gravação e em seguida ler a transcrição. Ele recomenda que os alunos tenham um caderno do curso para anotar o conteúdo resumido e as próprias ideias dos alunos.

Depois de várias recomendações, como a de que os alunos assumam a responsabilidade de fazer todo o curso, com duração prevista, à época, de 4 ou 5 anos, o Professor elogia a iniciativa de pessoas que se dispõem a estudar filosofia sem a expectativa de obter diploma ou emprego na área, mas por genuíno amor ao conhecimento.

Em seguida, o professor passa o primeiro exercício obrigatório, o Necrológio: o aluno deve supor que morreu e assumir o papel de um amigo que o conheceu em vida para descrever uma breve narrativa de toda a sua vida, supondo que fora atingido integralmente o sonho de ser o que gostaria de ter sido.

Ao avisar que o curso todo seria inspirado na pessoa de Sócrates, o Professor define a filosofia como “a busca da unidade do conhecimento na unidade da consciência, e vice-versa”. Olavo comenta que a primeira filosofia (a de Sócrates) consistia na análise da sociedade em geral sem deixar de considerar a própria posição social dos filósofos nessa sociedade, como uma espécie de coerência entre a filosofia e a vida real.

O professor cita com admiração o trabalho do filósofo alemão radicado nos EUA Eric Voegelin (1901–1985), que analisava a situação política de sua época a partir da experiência real dos seres humanos. Essa capacidade de considerar a experiência real nas interpretações filosóficas e científicas infelizmente teria sido totalmente abandonada pela academia atualmente.

Nesse contexto, Olavo também cita o filósofo alemão Eugen Rosenstock-Huessy (1888–1973) igualmente radicado nos EUA, que teria sido incompreendido naquele País por sua multidisciplinariedade e capacidade de analisar a sociedade a partir da posição social dele mesmo e dos seus alunos.

Nessa esteira, Olavo menciona conversa dele com um amigo sobre Nietzsche, filósofo que, apesar do inegável talento, não teria dominado a técnica filosófica, que consiste em converter conceitos gerais em experiência existencial efetiva, e vice-versa.

São citados positivamente nessa primeira aula o livro Confissões de Santo Agostinho, os filósofos brasileiros Mário Ferreira dos Santos e Vicente Ferreira da Silva, Stanislavs Ladusans, o professor Miguel Reale, José Mário Pereira, Herberto Sales e o embaixador José Osvaldo de Meira Penna.

Na contramão da boa prática científica e filosófica, Olavo declara que nos últimos vinte ou trinta anos a cultura superior no Brasil teria sido destruída.

De maneira bastante enfática o professor atribui a responsabilidade para a retomada da Alta Cultura aos alunos do COF!

Enfim, o foco aqui é passar uma ideia geral do COF e um pequeno resumo da primeira aula para que fique o gostinho de quero mais. Acredito que todos devemos buscar aprimoramento pessoal e espiritual e o COF é uma fonte inesgotável.

Ver Todos os artigos de Eduardo Ferrari