s
Iscas Intelectuais
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 788 – Love, Janis
Café Brasil 788 – Love, Janis
Janis Joplin era uma garota incompreendida, saiu da ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Enquanto isso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Em setembro do ano passado o STF julgou um processo muito interessante, sobre a propriedade do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi decidido que o palácio pertence ...

Ver mais

Agronegócio, indústria e mudança de mindset
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Agronegócio, indústria e mudança de mindset “Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num dos mundos – o das características fixas –, o sucesso consiste em provar que você é ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
Cafezinho 428 – A cultura da reclamação
O ser humano, naturalmente, só confia em membros de sua ...

Ver mais

Cafezinho 427 – Política e histeria
Cafezinho 427 – Política e histeria
A histeria política é sintoma da perda total do ...

Ver mais

Sua Santidade, o papa humano

Sua Santidade, o papa humano

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Por Adalberto Piotto

Francisco, o papa, não faz revoluções.

Estas costumam ser idiossincráticas, personalistas, contraditórias e com efeitos desastrosos porque, não raro, se baseiam em emoções exacerbadas e autoindulgências dos revolucionários. Dão errado.

Sua Santidade olha ao redor e faz, sim, concessões ao contemporâneo sem perder as sagradas referências antropológicas de quem somos e como chegamos até aqui.

Sensato que é, tem plena consciência que não há vida sem o presente. Corajoso que é, sabe perfeitamente que sem tradições não há humanidade.

A liberdade absoluta é o reino antagônico do castelo do preconceito. Ambos se orientam pela estupidez e arrogância.

O bom senso continua sendo a alma da inteligência.

Por isso, o papa recomenda uma vida de aceitação ao outro quando se abre à comunhão aos divorciados – ou casados novamente – ou abre a igreja aos homossexuais.

Não dá aceitação absoluta a ninguém nem autoriza o absolutismo de que grupo for. A vida em comunidade é um exercício de respeito recíproco e intenso.

As ponderações, com citações a contemporâneos como o ativista americano Martin Luther King, o escritor conterrâneo Jorge Luis Borges e ao filme dinamarquês “Festa de Babette”, de Gabriel Axel, estão no documento divulgado hoje “Amoris Laetitia” (a Alegria do Amor), de 260 páginas.

Ao conceder direitos aos católicos “imperfeitos”, Francisco desconstrói a lógica da suposta perfeição que exclui, sem diminuir deveres de ninguém, mas inclui outros aos direitos.

O papa não é craque. Craque quer fama e nenhuma contestação.

O papa é só humano.

E ele faz questão de se bastar só com isso.

 

http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/papa-pede-que-igreja-acolha-divorciados-e-homossexuais

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto