Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Olha, os dias andam um saco! Todo mundo nervoso, ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

5 ações de marketing para ajudar a superar a crise do coronavírus
Michel Torres
Negócios em todo o mundo estão sentindo os efeitos da pandemia: menos clientes, menor receita e o medo de não ter condições de aguentar esse tempo de prejuízo. Precisamos salvaguardar a saúde e o ...

Ver mais

Brasis
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Brasis  “Quanto tempo um homem deve virar a cabeça, fingindo não ver o que está vendo?” Bob Dylan Minha primeira lembrança pra valer do que vou focalizar neste artigo é de quando li Os dos ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Qual janela você escolheu para ver o mundo?

Ver mais

Teste de memória

Teste de memória

Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas -

Teste de memória

Coisas de um país chamado Brasil

“No Brasil até o passado é incerto.”

Pedro Malan

Peço a você, amigo internauta, que leia atentamente os dois textos que se seguem e procure lembrar onde foi que os viu:

Primeiro texto

“… o sistema de previdência social volta a enfrentar uma nova crise financeira. Renovam-se, então, as versões pessimistas acerca da provável falência da previdência social, decorrente de um plano de benefícios incompatível com as efetivas possibilidades de financiamento. Os críticos da intervenção estatal assentam novamente as suas baterias contra os princípios do welfare state. Os adversários da política oficial preferem destacar os efeitos corrosivos da crise econômica sobre as receitas do sistema. Os adeptos do sensacionalismo apontam a corrupção, a fraude e o desperdício.

Segundo texto

“Uma estratégia de ação econômica para o Brasil envolveria o estabelecimento de um arcabouço institucional adequado ao funcionamento da economia competitiva de mercado. Isso requer uma drástica redução da participação do estado na vida econômica do País, através da privatização ampla, geral e irrestrita das empresas e monopólios estatais; da desregulamentação cuidadosa, calcada na rica experiência internacional; da redução dos subsídios ao setor privado e da gradual suspensão das medidas protecionistas que tornam a economia brasileira uma das mais fechadas do mundo. É imprescindível também restabelecer um clima de confiança mútua e cooperação entre o Estado e a sociedade civil, com a diminuição da corrupção, do favorecimento de interesses privados e da sonegação fiscal.”

Se está pensando onde foi que leu estes dois textos e está prestes a procurar jornais e revistas recentes, ou mesmo a dar um google para se certificar, esqueça. Ficará decepcionado. Ou, talvez, estupefato ao saber que o primeiro, de autoria de Fernando Rezende, foi publicado em 1984 na Revista de Economia Política, e o segundo, de autoria de Eduardo Giannetti, é parte do livro Liberalismo X Pobreza, publicado em 1989.

Impressionante não é?

Em alguns artigos reproduzidos no seu livro Uma certa ideia de Brasil, o ex-ministro Pedro Malan recorre a uma frase de Ivan Lessa, que me parece bastante oportuna: “A cada quinze anos, o Brasil esquece os últimos quinze anos”.

Talvez ainda mais oportuna seja uma frase que ouvi ou li recentemente, embora não saiba exatamente onde: “Quando você viaja por quinze dias, ao voltar ao Brasil pensa que mudou tudo; quando você fica fora por quinze anos, ao voltar tem a sensação de que não mudou nada”.

Coisas de um país chamado Brasil!

 

Iscas para ir mais fundo no assunto

Referências bibliográficas

GIANNETTI, Eduardo. Liberalismo X Pobreza. São Paulo: Inconfidentes, 1989.

MALAN, Pedro. Uma certa ideia de Brasil. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2018.

REZENDE, Fernando. A imprevidência da previdência. Revista de Economia Política, Vol. 4, nº 2, abril-junho/1984, pp. 51-68.

Ver Todos os artigos de Luiz Alberto Machado